"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sexta-feira, 23 de Setembro de 2022
Fernando Araújo é o primeiro Diretor Executivo do SNS

308818756_6284670724882578_6239540787668378181_n.j

Focado, exigente e metódico. Teimoso, cauteloso e forreta. Ou o gestor metódico que gosta de açúcar e alcunhou um “imposto do pecado”. Perfil de Fernando Araújo, o médico de 56 anos nomeado Diretor Executivo do Serviço Nacional de Saúde, homem com quem é “impossível ter um choque”. Até agora.

Como reiterou Manuel Pizarro na conferência de imprensa de hoje na sede do Ministério da Saúde, em Lisboa, a nova estrutura para a gestão do SNS “estará em plenitude de funções a partir do dia 1 de janeiro”. “Foi-nos proposto pelo diretor executivo [Fernando Araújo] que a sede da nova instituição seja localizada no Porto e nós entendemos que essa é uma proposta consentânea com a intenção descentralizadora do Governo”, afirmou Pizarro, na mesma conferência de imprensa.

  Leia este texto de Daniela Costa Teixeira e Pedro Santos Guerreiro [CNN Portugal - 23set2022]: Fernando Araújo, 56 anos, foi o desejado do governo (e de meio mundo) para esse cargo nascituro chamado “diretor-executivo do SNS”.



Publicado por Tovi às 12:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 13 de Setembro de 2022
Até o António Costa o diz

306634237_10221885255508410_13256880891198234_n.jp

Paulo NevesVerdade. Mas ele também sabe muito bem porque e como perdeu Lisboa
David AlmeidaÉ por isso que vem buscar os seus ministros ao Porto, só para os 'alfacinhar'... e entrar na 'rotina'...😱
Albertino Amaral
Nunca é tarde para aprender......... 
José Lachado
Estava a falar em matéria de saúde.
Rui RochaJosé Lachado sim em matéria de saude, mas em outras matérias também podiam aprender, mas a corte sera sempre corte!!
Diogo CouceiroAdianta me muito Farto de alimentar 🦠 parasita
Raul Paula SantosDesfaçatez.
 
 
  JN de hoje às 13h26

Captura de ecrã 2022-09-13 150935.jpg
O presidente do Hospital de S. João, no Porto, foi convidado para assumir o cargo de diretor executivo do Serviço Nacional de Saúde. Já houve conversações com o Governo sobre o tema, mas Fernando Araújo ainda não aceitou.
  Seria bom para o SNS que aceitasse... mas só ele é que sabe o que deve fazer.



Publicado por Tovi às 08:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Terça-feira, 6 de Setembro de 2022
Medidas de apoio às famílias e ao combate à inflação

Captura de ecrã 2022-09-05 211645.jpg

As oito medidas de apoio ao rendimento das famílias e que visa responder ao contexto atual de inflação e aumento do custo de vida:

1. Cada cidadão não pensionista com rendimento bruto mensal até 2700 euros vai receber um apoio de 125 euros pago em outubro na conta bancária indicada ao fisco.
 2. O Estado vai pagar 50 euros em outubro por cada criança/jovem dependente até aos 24 anos.
3. Pensão extraordinária de 50% para todos os pensionistas com atualização de pensões. Pago em outubro. As pensões até 886 euros vão ter um aumento de 4,43%; pensões entre 886 e 2659 euros vão ter um aumento de 4,07%; outras pensões sujeitas a atualização vão receber um aumento 3,53%.
4. O IVA da eletricidade vai descer de 13% para 6% a partir de outubro de 2022 até dezembro de 2023.
5. Casal com 2 filhos (consumidor-tipo) vai ter uma poupança mínima de 10% com a transição para o mercado regulado do gás.
6. Limitação da atualização das rendas das casas fixada nos 2%, com compensação no IRS e IRC dos senhorios.
7. Congelamento de todos os aumentos do preço dos passes de transportes públicos e viagens da CP em 2023.
8. Poupança de 16 euros e 14 euros num depósito de 50 litros de gasolina e gasóleo, respetivamente. Medida mantém-se até ao final de 2022.

 

  Comentários dos partidos políticos
Medidas de "caráter histórico", aplaude o PS.
PCP fala em “autêntica fraude” e “verdadeiro embuste”.
BE alerta para "truque" sobre as pensões. "Não há um aumento de pensões, há uma revisão em baixa do aumento legalmente previsto".
"A montanha pariu um rato", diz Rodrigo Saraiva da IL.
“São migalhas” e “uma fraude política”, critica Chega.
“Tarde é melhor que nunca e pouco é melhor que nada”, diz Rui Tavares, do Livre.
Medidas são de "curto prazo" e "não resolvem as necessidades reais", diz o PAN.
Pacto de medidas é “uma ilusão” e “não é pôr as famílias primeiro”, acusa PSD.

 

  Capas dos jornais de hoje
Captura de ecrã 2022-09-06 112112.jpg

 

  Conferência de imprensa do plano anti-inflação do Governo
Medina: "Este é um programa eficaz nas respostas às famílias". 
Governo mantém inalterados objetivos para o défice e dívida pública. Cheque de 125 euros custará um total de 730 milhões de euros. Pagamento de meia pensão em outubro vale 1000 milhões de euros. Limitação do aumento das rendas custa 45 milhões.
Medina: "Portugal ultrapassará o crescimento da zona euro este ano".
Ministra do Trabalho explica que meia pensão extra estará sujeita a "tributação normal".
Ana Mendes Godinho explicou: Bónus de meia pensão é pago por pensão (velhice, invalidez, etc) e não por pensionista.
Valor dos apoios às famílias e trabalhadores é líquido, frisa Medina.
Ministro do Ambiente, Duarte Cordeiro, esclarece: regressar às tarifas reguladas de gás permite poupança maior do que descida do IVA.
Ministra do Trabalho esclarece: Apoio 'one shot' de 125 euros abrange "todos os trabalhadores", mesmo quem não está sujeito a declaração de IRS e desempregados. 
Ministro da Habitação, Pedro Nuno Santos: Governo a “pensar medidas” para quem tem crédito à habitação.
Ministra Ana Mendes Godinho diz que medidas 'one shot' são mais abrangentes e complementam as "medidas estruturais" já tomadas para famílias desfavorecidas.
Medina diz que pacote pode vir a ser atualizado mas dentro "das contas certas". "Contas certas não é nenhum fetiche nem medalha".
Energia: "Importa que a Europa aprenda que não pode estar virada apenas para Leste", diz Duarte Cordeiro.
Medina não comenta Marcelo. E afasta Orçamento retificativo.

 

  Júlio GouveiaEu acho bem, todas as ajudas a quem menos pode, terão de ser sempre, mas sempre muito bem vindas e sujeitas a palmas. Contudo há duas medidas que são mentira; são apenas engodo ou seja as medidas para as pensões são mentirosas, os pensionistas não vão ser aumentados em 4 e 4 e pouco com o governo apregoa, pois para o ano o valor a que o governo se obriga a aumentar os reformados e que é indexado a valores de inflação será deduzido deste valor agora aumentado. Por outra lado tb é mentiroso que IVA da eletricidade vá baixar de 13 para 6 porque 13 são pequenas os primeiros 100 ka todos os restantes continuam não a 13 não a 6, mas a 23. Ou seja pagaremos menos 60 ou 70 centimos. Resumo: Parece-me que todas as medidas são bem acolhidas e o governo esteve bem, mas escusava de mentir e fazer propaganda daquilo que não existe. Enganar os ignorantes. De qualquer modo nota positiva.



Publicado por Tovi às 08:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 3 de Setembro de 2022
Gazprom mantém off gasoduto para a Alemanha

Captura de ecrã 2022-09-03 102455.jpg

A gigante de energia russa Gazprom adiou o restaurar de fluxos através de uma rota crucial de fornecimento de gás para a Europa, alegando um vazamento de óleo no gasoduto Nord Stream 1 descoberto durante a manutenção. A empresa de energia havia fechado o gasoduto na quarta-feira para o que disse que seriam três dias de manutenção, mas agora acrescentou, na noite de sexta-feira num post de uma rede social, que identificou “maus funcionamentos” de uma turbina. 
Na manhã de hoje a Gazprom anunciou que irá enviar já neste sábado 42,7 milhões de metros cúbicos de gás para a Europa através da Ucrânia, perante o encerramento do Nord Stream 1, que transporta gás da Rússia até à Alemanha. O fluxo no ponto de entrada de Sudzha foi ligeiramente superior quando comparado com o enviado na sexta-feira, mas não o suficiente para compensar pelo gás que deveria ser enviado este sábado pelo Nord Stream 1.
A Siemens Energy, empresa que mantém regularmente as turbinas Nord Stream 1, informou que o vazamento que a Gazprom disse ter sido encontrado normalmente não era motivo para interromper o fluxo de gás, já que seu reparo estava dentro dos propósitos do trabalho de manutenção. 

 

  Danos colaterais do conflito Rússia - Ucrânia
302506749_5494028130646175_1922897449916177989_n.j

 

  Ponto da situação na linha da frente
Ucrânia quem controla o quê 02set2022 dia 191.jp
A contra-ofensiva da Ucrânia para recapturar a primeira grande cidade a cair para a Rússia, Kherson, continua com as suas forças a atacarem postos de comando e as tropas de Moscovo a retaliarem com um ataque terrestre para impedir a operação. A porta-voz do comando do sul da Ucrânia, Natalia Humeniuk, disse que as tropas ucranianas destruíram depósitos de munição e pontes flutuantes para dificultar o movimento das reservas russas. Tiros podem ser ouvidos perto do centro da cidade de Kherson, de acordo com relatos da mídia local. “Nossos sucessos são convincentes e em breve poderemos divulgar mais informações”, disse Humeniuk. Moscovo negou relatos de progresso militar ucraniano e disse que suas tropas derrotaram as forças de Kiev. O exército ucraniano está a divulgar poucas notícias sobre o andamento da contra-ofensiva lançada no início da semana na região de Kherson.

 

  Se isto não é CRISE o que será uma crise?
Captura de ecrã 2022-09-03 114930.jpg
Com as temperaturas a começar a baixar, aumentam entre os alemães as preocupações com a falta de gás na maior economia europeia e a subida dos preços da energia. As mudanças começam a notar-se a partir do início do mês, com o governo a garantir que tudo fará para ajudar a população. Para aliviar os consumidores, o governo decidiu juntar à folha de vencimento de todos os trabalhadores, mesmo os que trabalham a tempo parcial, um incentivo de 300 euros sujeitos a impostos.

 

  E por cá a coisa começa a ficar negra
Captura de ecrã 2022-09-03 140844.jpg 
A siderúrgica Megasa voltou a suspender a produção, desta vez no período noturno, para fazer face aos preços da eletricidade e gás natural “que tornam a atividade insustentável”, tendo proposto medidas ao Governo para mitigar estes custos.

 


Captura de ecrã 2022-09-03 210410.jpgO chefe do órgão de vigilância nuclear da ONU disse que a Central Nuclear de Zaporizhzhia, controlada pela Rússia, foi desconectada de sua última linha de energia externa, mas ainda era capaz de fornecer eletricidade através de uma linha de reserva após bombardeamentos prolongados na área. O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atómica, Rafael Grossi, disse em comunicado que os especialistas da agência, que permanecem em Zaporizhzhia depois de terem chegado para uma inspeção na quinta-feira, foram informados por funcionários ucranianos de que a quarta e última linha operacional estava inoperante. As outros três foram perdidas anteriormente durante o conflito. Os especialistas da AIEA descobriram que a linha de reserva que liga a instalação a uma central termelétrica próxima estava a entregar a eletricidade que a central gera à rede externa, disse o comunicado. A mesma linha de reserva também pode fornecer energia de backup para o complexo, se necessário, acrescentou. Autoridades apoiadas pela Rússia disseram anteriormente que a central tinha sido desativada.


Albertino AmaralOxalá eu esteja enganado, mas palpita-me que isto vai dar buraco.......Pressinto isso.....
Jose Bandeira
Quanto a buracos penso que o nosso Kosta conseguirá fazer maior que o da central; felizmente não é radioactivo.
David RibeiroNão há dúvida que a qualquer momento pode acontecer um acidente grave de consequências catastróficas. Só a desmilitarização da zona poderá dar um mínimo de garantia de segurança, mas não é fácil de ver esta solução implementada por qualquer um dos dois lados da barricada.



Publicado por Tovi às 10:26
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 24 de Agosto de 2022
31º aniversário da independência da Ucrânia

60155326_605.jpg

O Dia da Independência da Ucrânia é o principal feriado na Ucrânia, atualmente celebrado no dia 24 de agosto em comemoração à Declaração da Independência de 1991. O Ato de Declaração da Independência da Ucrânia foi adotado pelo parlamento ucraniano em 24 de agosto de 1991, posteriormente referendado em 1 de dezembro de 1991, por uma maioria de 92,3% dos eleitores.

 


img_1280x720$2015_04_17_12_01_00_250787.jpg
A crise na Europa, despoletada pela invasão russa da Ucrânia, já atingiu o meio ano e à medida que nos aproximamos do inverno a situação é desoladora, com a subida dos preços dos produtos alimentares, energia limitada para aquecer as casas e a possibilidade real de recessão. O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, continua a pressionar os países do Ocidente para apoiarem o seu esforço de guerra, mas à medida que o conflito se arrasta poderá ter mais dificuldade em chamar a atenção dos seus colegas líderes europeus, pois já muitos receiam que a estratégia ocidental de armar os ucranianos esteja a tornar-se de uma solução a curto prazo para um problema a longo prazo: uma guerra sem um ponto final claro. E com isto tudo, embora a maioria gostasse de ver a Ucrânia alcançar os seus objetivos de enfrentar Putin e obrigá-lo a sair do seu país, o andar da carruagem não aponta para isso e cada vez mais parece que Putin está determinado em juntar à Crimeia, já anexada em 2014, os territórios agora “conquistados” mais a leste e a sul da Ucrânia.

 


image.jpgO ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, está, esta quarta-feira, em Kiev, para reiterar o apoio de Portugal à Ucrânia no dia em que o país celebra o 31.º aniversário da sua independência. O chefe da diplomacia portuguesa assinala assim "in loco esta importante e simbólica data, reiterando o apoio e a cooperação de Portugal ao país em guerra". O MNE informou que o ministro ia visitar o memorial de homenagem às vítimas do conflito, mas a visita foi cancelada por motivos de segurança. Soube-se depois que a causa foi outra: um encontro com o Presidente da Ucrânia. Segundo o ministro dos Negócios Estrangeiros, o Presidente Zelensky “transmitiu alguns pedidos de natureza militar”, que incluem a possibilidade de fornecimento de fardas ao exército ucraniano.

 

  Ana Cristina Pereira Leonardo na "Meditação na Pastelaria"
A GUERRA É ISTO E O RESTO É NADA
Quase um milhão de pessoas deslocadas compulsivamente das suas casas, das suas terras. Uma mão à frente e outra atrás e um cobertor às costas e 80 euros no bolso para despesas de Inverno, a vida toda a desaparecer na curva do caminho que não se sabe bem aonde leva.
E depois leio os Viva a guerra! Mais armas! Mais armas! Leio os Boris a vomitar loas aos sacrifícios do povo e ao santo Zelensky, leio os delírios domésticos da Ursula e as mentiras grandiloquentes que todos os dias nos impingem propaganda vitoriosa.
Leio, numa actualização tímida da certeza heróica da vitória: a guerra está empatada. Importam-se de repetir? E se fossem empatar ao jogo da forca?
Repetem ad nauseeam que o Putin invadiu a Ucrânia. Já sabemos, porra! E agora? As guerras perdem-se, essa é a verdade e o resto é nada.
«Under criticism from rights groups, Kyiv hopes to relocate 750,000 people away from the fighting.»

 

  O ministro disse aos jornalistas que foi uma "experiência nova e diferente". E não há dúvida que o "seguro morreu de velho"... e também é verdade que perante o tocar das sirenes "quem tem cu tem medo".
301197917_10159685143492949_2214621384191913730_n.
  Jorge VeigaConvém esconder-se, porque se os Russos nos matam um minstro, nós teríamos de lhes declarar guerra... Ou não?

 


Captura de ecrã 2022-08-24 203732.jpg
A esmagadora maioria dos portugueses gostaria de ver a Ucrânia alcançar os seus objetivos de enfrentar Putin e obrigá-lo a sair do seu país, mas não só o andar da carruagem não aponta para isso, como também iremos TODOS sofrer no bolso os danos colaterais deste conflito. E ainda há quem grite "Viva a guerra!"... e apoie os pedidos de "Mais armas! Mais armas!" do presidente ucraniano... poucos ouço a "exigirem" conversações que levem a uma paz minimamente duradoira.


Fernando Peres
Caro David não há negociações possíveis!!! Também negociaram com Hitler na segunda grande guerra é isso não o parou. A Europa só deve queixar de si própria , ficou dependente quase que exclusivamente do gás russo. Escolhemos mal os nossos dirigentes , agora pagamos. Também no nosso País foi assim , escolhemos mal e depois chegou a troika. Não tivessem fechado as centrais a carvão( nesta altura) , não sejam contra a energia nuclear, etc etc
David RibeiroAs negociações são difíceis, caro Fernando Peres, mas já tivemos a prova que são possíveis e úteis.
Maria RodriguesDavid Ribeiro negociar agora o quê? Depois da Rússia conquistar zonas estratégicas da Ucrânia, que tipo de negociações? Só se for para ceder....e tudo bem para a Rússia.
David RibeiroEntão a Maria Rodrigues prefere que se continue com "tiros, bombas e murros nas trombas"... é isso?
Isabel Sousa Braga
David Ribeiro quando a fome começar a apertar .... acho que ainda não caiu a ficha à maioria
Maria RodriguesDavid Ribeiro então os russos entrem pela Europa dentro e problema resolvido.
David RibeiroNão, Maria Rodrigues... por isso é que é urgente e necessário negociações.
Maria Rodrigues
Isabel Sousa Braga será talvez a maneira para repensarmos para se trabalhar os nossos campos que estão ao abandono e virmos todos para as grandes cidades viver de rsi, que é mais fácil. País completamente ao abandono e que se fosse trabalhado como deve ser não precisávamos de estar à espera do que vem de fora. Passe bem.
Isabel Sousa Braga
Maria Rodrigues concordo e alinho mas só se for nos seus campos porque eu não tenho propriedades e para já também não vivo à conta do estado. Boa noite
Maria Rodrigues
Isabel Sousa Braga vá conhecer o interior do país, os poucos que lá vivem, só cultivam para proveito próprio, se os governantes dessem condições talve não estivéssemos tão dependentes do que vem de fora. Boa noite.
Isabel Sousa Braga
Maria Rodrigues boa noite, pense na minha proposta
Isabel Sousa BragaFalo por mim, não queria que a guerra tivesse começado. Lamento profundamente que não consigam acabar com a guerra, só a alimentam. O mundo está liderado por trastes
Carlos Correia
Isabel Sousa Braga Canalhas que sabem que estão bem... até um dia.
Olga BarbosaNo fim do ano vão ver os lucros,guerra e um mote para subir tudo
Joaquim Correia
EDP, dos pior que existe, é como quem o rouba
Zulmiro Pereira
Uiiii, o Galamba vai receber horas extraordinárias a verificar facturas.
Bernardo Sá Nogueira Mergulhão - Força Ucrânia... Não conheço quem apoie a guerra... Tirando a Rússia 
João Luís Ribeiro Ferreira - Pago o que for preciso para derrotar os invasores. 
Paulo Neves - E, agora, o PM vai reagir e mandar que o Galamba pague a conta? Afinal, Ribeiro da Silva, da Endesa, não estava maluco... 



Publicado por Tovi às 08:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 23 de Agosto de 2022
Barómetro de agosto da Pitagórica

Captura de ecrã 2022-08-22 214650.jpg



Fernando Duarte
Os indecisos também votam, e por vezes decidem à ultima da hora. Uma "Jéssica" por exemplo, assassinada na véspera por uma bruxa com a cumplicidade da mãe, e o CHEGA passa de 9 para 20 !
Rui LimaO vendedor de banha da cobra a crescer é inexplicável... Idem para o PC .



Publicado por Tovi às 08:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 22 de Agosto de 2022
Coração de D. Pedro IV

300366238_10224362818276437_4957722511271017817_n.

Antes de viajar temporariamente para o Brasil, no âmbito das celebrações do bicentenário da independência brasileira, o coração de D. Pedro IV esteve pela primeira vez em exposição aberta ao público, no Salão Nobre da Irmandade da Lapa, no último fim-de-semana de 20 e 21 de agosto. Foi o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, a levar pessoalmente o coração de D. Pedro IV ao Brasil, durante a noite de ontem, com o apoio da Força Aérea brasileira. A peça viajou em ambiente pressurizado, atendendo desta forma às preocupações manifestadas pelo presidente da Câmara do Porto e ao respetivo parecer técnico. No dia de hoje [22ago2022], a relíquia chega ao Palácio do Planalto, em Brasília, para ser recebido com “honras militares” e participará nas celebrações da independência do Brasil, durante 20 dias, regressando à cidade do Porto no dia 9 de setembro.

 

  Chegada ao Brasil do coração de Dom Pedro
Captura de ecrã 2022-08-22 145609.jpg



Publicado por Tovi às 07:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 13 de Agosto de 2022
Bonnie and Clyde vs Nélida e Sidney

Captura de ecrã 2022-08-13 110055.jpg

Os tempos são outros e o "modus operandi" também não é o mesmo, mas a verdade é que a dupla Nélida Guerreiro e Sidney Martins são suspeitos de um triplo homicídio em Bragança e de vários assaltos a bombas de combustível no Algarve e também em Toledo, Badajoz e Sevilha. O último de uma longa lista de roubos ocorreu na noite de ontem [12ago2022], no Fundão. Segundo a Guardia Civil espanhola, dois dias antes, Sidney, 42 anos, e Nélida, 40, terão roubado outra estação de serviço, desta vez do outro lado da fronteira, em Torresfresno. As autoridades espanholas indicam assim que, depois de alguns dias fugidos em Espanha após uma onda de assaltos no Algarve, o casal estará de volta a Portugal, desta vez na zona centro. O já chamado "casal mais procurado do país" continua a monte mas com as polícias na sua peugada.

 

  23h38 de 13ago2022 - Zamora News
Captura de ecrã 2022-08-14 021805.jpg 
Estaban cenando tranquilamente en el Burger del Centro Comercial Valderaduey. Un ciudadano les reconoció y avisó a las Fuerzas y Cuerpos de Seguridad del Estado. Y fueron detenidos. Eran las 22.30 horas de la noche. La Policía Nacional, en colaboración con la Local, ha logrado apresar esta noche a los dos ladrones portugueses, que habían atracado el pasado 8 de agosto la gasolinera de la autovía A-5, en las inmediaciones de Talavera de la Reina y término municipal de Cazalegas. La Guardia Civil había solicitado la colaboración ciudadana para localizar a ambos prófugos, un varón de 42 años -Sidney Martins- y una mujer de 40 -Nélida Guerreiro. La Benemérita alertaba de que iban armados y Portugal les calificaba de delincuentes "muy peligrosos". Se sospechaba que entraron en España el pasado 28 de julio por la provincia de Huelva, con destino a la zona norte de la Península y la intención de atravesar la frontera para pasar a Francia. Pero su fuga acabó esta noche en Zamora. La pareja, que en 2019 fue absuelta del asesinato de un hombre y que está siendo investigada actualmente por un triple crimen en Braganza, decidió hacer parada en el Centro Comercial Valderaduey para cenar una hamburguesa. Allí, un ciudadano les reconoció y llamó a la Policía Nacional, que detuvo a los atracadores con la ayuda de la Policía Municipal. Según algunos testigos, la pareja no opuso resistencia. Tras su arresto, ambos fueron conducidos a la Comisaría hasta que sean puestos a disposición judicial.




Sexta-feira, 12 de Agosto de 2022
Gasoduto de Sines ao centro da Europa

Captura de ecrã 2022-08-11 210057.jpg
Lembram-se de eu há uns tempos ter aqui defendido esta solução para colmatar o embargo de gás russo na Europa Central?... Pois parece que o chanceler alemão, Olaf Scholz, é da mesma opinião.

 

  António Costa, em resposta a Olaf Scholz: "A Alemanha pode contar 100% com o empenho de Portugal para a construção do gasoduto. Hoje para o gás natural, amanhã para o hidrogénio verde. Até lá, o Porto de Sines poderá ser utilizado como plataforma logística para acelerar a distribuição de GNL para a Europa".


Isabel Sousa Braga - ...l
á para 2030 🙄
David Ribeiro
Vai demorar, seguramente, mas até lá, como disse e bem o António Costa, "o Porto de Sines poderá ser utilizado como plataforma logística para acelerar a distribuição de GNL para a Europa".
Jose RamalhoSe Sines fosse no Norte, acredito... assim daqui a 2 anos se calhar estará pronto...
Isabel Sousa BragaJose Ramalho, era igual

 

  Não é assim tão complicado como dizem
(E
xpresso de hoje, 12ago2022)
O primeiro-ministro garantiu esta sexta-feira, 12 de agosto, que o percurso português do gasoduto para o centro da Europa já está definido, estando os “trabalhos muito avançados”, e assegurou que a Península Ibérica pode substituir "grande parte" do gás importado da Rússia. “Nós temos os trabalhos muito avançados: são cerca de, creio, 160 quilómetros entre Celorico da Beira e o ponto da fronteira onde amarramos com a rede espanhola”, sublinhou António Costa em declarações aos jornalistas à margem de uma visita à creche Luís Madureira, na Amadora (Lisboa), após ter sido questionado sobre as declarações feitas na quinta-feira pelo chanceler alemão, Olaf Scholz, que apelou à construção de um gasoduto entre Portugal e o centro da Europa. Costa afirmou que, no que se refere ao percurso português desse gasoduto, “houve dúvidas sobre o traçado” devido ao impacto ambiental que poderia ter, designadamente a travessia do Vale do Douro, que “é uma travessia muito sensível”. “Há um traçado que agora está definido, cuidadoso, que protege os valores ambientais, que importa proteger também no Vale do Douro. Portanto, do nosso lado as coisas têm vindo a avançar, da Espanha também”, indicou. O chefe do executivo recordou que “a existência desta interconexão da Península Ibérica com o resto da Europa é uma ambição antiga” de Portugal, que tem sido confrontada “com uma dificuldade, que são as limitações ambientais que a França tem invocado sobre o impacto do gasoduto na travessia dos Pirinéus”. Costa sublinhou que essa resistência francesa tem “atrasado bastante o problema”, mas referiu que a Comissão Europeia já está a ponderar um novo trajeto que crie interconexões energéticas entre a Península Ibérica e o resto da Europa sem passar pela França. “A Comissão Europeia já colocou em cima da mesa a possibilidade de, se não for possível ultrapassar o bloqueio com a França, o ‘pipeline’ possa ter uma ligação direta de Espanha para Itália, de forma a chegar ao centro da Europa por via de Itália e não por via de França”, frisou. 



Publicado por Tovi às 08:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022
A "desflorestação" da Serra da Estrela

serra estrela.jpg

Cerca de 10.000 hectares arderam até esta quinta-feira [11ago2022] na Serra da Estrela, onde desde sábado [6ago2022] lavra o incêndio que começou na Covilhã, segundo o sistema de vigilância europeu Copernicus. De acordo com a informação disponível no Copernicusaté quarta-feira [10ago2022] tinham ardido 9.532 hectares na região da Serra da Estrela. Na terça-feira [9ago2022], o vice-presidente da Câmara da Covilhã tinha dito que o incêndio que deflagrou no sábado em Garrocho (Covilhã) já tinha consumido cerca de três mil hectares de floresta e mato no concelho. Segundo a informação provisória recolhida até esta quinta-feira [11ago2022] e disponível no site do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), já arderam este ano 74.304 hectares em espaços rurais, sendo que metade são povoamentos florestais, 41% representa área ardida de mato e 9% área agrícola. No total, segundo a mesma fonte, este ano já foram registadas 8.184 ocorrências. No início da semana, o último relatório do ICNF, que não incluía o incêndio que deflagrou no sábado na Covilhã, indicava um total de 58.354 hectares de área ardida até 31 de julho. 

 

  Ao sexto dia de combate às chamas na Serra da Estrela, o Ministério da Administração Interna (MAI) admite que "foram identificadas situações que, do ponto de vista operacional e dadas as características do incêndio, poderão necessitar de ajustamentos" que, assegura a tutela, "estão já a ser objeto de avaliação". Ainda assim, refere o Governo no comunicado enviado esta quinta-feira às redações, "a complexidade deste incêndio desencadeou uma mobilização de meios excecional, estando neste momento empenhados um total de mais de 1.500 operacionais, apoiados por 465 veículos, 14 meios aéreos e 16 máquinas de rasto, o que representa um novo reforço de meios face ao dia de ontem". O comando das operações "está a ser assegurado através do Centro Tático de Comando da ANEPC, instalado e operacionalizado no terreno", acrescenta ainda o MAI. Garantindo que está a acompanhar a evolução do incêndio, o Governo refere que a secretária de Estado da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, tem está em contacto com os autarcas da Covilhã, Gouveia, Guarda e Manteigas, com quem reuniu "ontem e hoje, por videoconferência". Nesse encontros estiveram também presentes responsáveis da ANEP), "que efetuaram um briefing detalhado sobre a situação operacional no terreno".



Publicado por Tovi às 11:03
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 10 de Agosto de 2022
Frederico Figueiredo é o novo líder da Volta a Portugal

Duríssima etapa a de hoje da Volta a Portugal em Bicicleta, entre Mealhada e Miranda do Corvo (Observatório de Vila Nova).
vp 5.jpg

  Classificações (provisórias)
vp 5 etapa.jpg



Publicado por Tovi às 17:40
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 15 de Julho de 2022
A guerra na Ucrânia e o reforço da NATO

  Sondagem da Aximage para JN, DN e TSF

Como os portugueses olham para a guerra na Ucrânia e o reforço da NATO
s 1.jpgs 2.jpg

 

  Jorge De Freitas Monteiro - Bendito seja este povo que concorda com tudo e com o seu contrário, ou os efeitos de uma blitzkrieg de propaganda numa opinião pública deliberadamente imbecilizada. Segundo a sondagem do JN os portugueses concordam com o aumento dos efectivos militares da NATO e com o correspondente aumento dos efectivos militares portugueses; concordam com a decisão da NATO de não intervir militarmente mas, no caso de essa decisão se inverter, também concordam com o envio de tropas portuguesas para combater (e morrer) na Ucrânia; concordam com a adesão da Ucrânia à UE mas consideram que o governo não faz o suficiente em relação a apoios destinados a diminuir o impacto económico da guerra e das sanções, impacto que praticamente todos dizem sentir. Que a continuação do conflito, que as sanções, que o apoio à Ucrânia, que o aumento das despesas militares, ainda agravem a situação económica dos inquiridos e diminuam a capacidade do governo de tomar as medidas de apoio que reclamam é coisa que parece não passar pela cabeça destas nossas cabecinhas tão bem lavadas. Que a adesão da Ucrânia à UE signifique o fim definitivo de qualquer apoio significativo da UE a países como Portugal também não. E cá vamos, cantando e rindo, levados, levados sim.



Publicado por Tovi às 13:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 14 de Julho de 2022
Perigo máximo para fogos no interior norte e centro

Captura de ecrã 2022-07-14 094010.jpg 

"Hoje será o dia mais grave em termos de temperaturas, com o aumento do vento de leste e uma humidade baixa", disse António Costa, sublinhando que é preciso "mais cuidado do que nunca para evitar novas ocorrências" esta quinta-feira.

 

  Ponto de situação dos incêndios rurais em Portugal às 09h44 de hoje (Fonte: site da Proteção Civíl)

Número total de incêndios rurais: 54 (15 em curso, 8 em resolução e 31 em conclusão)
Número total de operacionais mobilizados: 3.606
Número total de viaturas operacionais mobilizadas: 1.087
Número total de meios aéreos mobilizados: 30

 

  11h38 de hojeFogo que começou em Vilar de Mouros, em Caminha, em fase de resolução. O incêndio que deflagrou na quarta-feira em Vilar de Mouros, concelho de Caminha, no distrito de Viana do Castelo, está em resolução depois de uma “noite de sobressalto” devido a reacendimentos, disse esta quinta-feira o presidente da Câmara. “Passámos uma noite de sobressalto porque, apesar de haver algum controlo sobre o fogo, havia muitos fogachos que se reacendiam e isso junto a casas é igual a sobressalto”, afirmou à agência Lusa o socialista Miguel Alves. O autarca referiu que, pela manhã, a “situação estava mais controlada”, realçando ainda a mobilização de um meio aéreo (helicóptero ligeiro) que, “logo à primeira hora do dia”, foi até Lanhelas onde andou a “apagar fogo atrás das casas que estavam mais ameaçadas”. “A situação neste momento é de alguma serenidade e a sensação de controlo. As equipas vão manter-se posicionadas, algumas foram rendidas, e as equipas municipais quer de sapadores, quer de funcionários com cisterna estão também no local, porque achamos que a tarde pode ser complicada, com algum vento a entrar de sul”, explicou Miguel Alves. O incêndio teve início pelas 14h00 de quarta-feira, em Vilar de Mouros, estendeu-se a Lanhelas, obrigou ao corte durante quase cinco horas da Autoestrada 28 (A28) e foi dado como estando em resolução pelas 10h00 de hoje. Miguel Alves disse que o fogo queimou “muita floresta”, que circunda a nascente de Vilar de Mouros e de Lanhelas, e referiu que “estiveram sob ameaça não só casas, como também pequenas fábricas, carpintarias e até um armazém de pirotecnia”. “E tudo foi debelado”, frisou. O autarca apontou que durante o combate a este incêndio três bombeiros tiveram de “ser retirados”, na quarta-feira, por “alguma exaustão”, pois vinham já de outro fogo em Lindoso (Ponte da Barca), e um outro bombeiro de Vila Praia de Âncora sofreu uma fratura óssea, durante uma mudança de um pneu de um camião.

  11h45 de hojeFogo corta EN101 que liga Amarante à Régua. Há pontos de "visibilidade totalmente nula". Incêndio deflagrou às 6h28 e abrange três freguesias de dois concelhos. A densidade de fumo e a proximidade da estrada já obrigou ao corte da Estrada Nacional 101, estando a consumir uma zona de mato. No local estão 107 operacionais, apoiados por 28 veículos e 3 meios aéreos.

  12h31 de hojeUm incêndio que começou ao início da manhã de hoje em Baião, no interior do distrito do Porto, alastrou, entretanto, ao vizinho município de Amarante, com três frentes ativas, informou fonte dos bombeiros. Pelas 11h45, segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Baião, Alexandre Pinto, as chamas estavam a ser combatidas por cerca de uma centena de bombeiros, de 10 de corporações da região Norte, apoiados por 28 veículos e três meios aéreos. O incêndio deflagrou na localidade de Teixeira, em Baião, tendo o alerta sido registado às 06h28. O comandante referiu que a principal frente de fogo ativa está a dirigir-se para Carneiro e Murgido, em Amarante. Alexandre Pinto acrescentou não haver casas ou outras estruturas em perigo, sublinhando: "Os bombeiros não vão deixar que isso aconteça”.

  15h20 de hojeGNR deteve homem na Trofa que ateava fogo no mato para queimar cobre. Um homem de 50 anos foi hoje detido na Trofa por atear fogo em zona de mato para queimar cobre, o que viola a situação de contingência em que se encontra o país, revelou hoje em comunicado a GNR. A detenção ocorreu após uma denúncia de que o homem estava a atear fogo para queimar cobre, tendo o indivíduo sido apanhado quando já se encontrava em fuga e com um saco que continha no seu interior pedaços de cobre ainda quentes, descreve a Guarda. Após ter sido intercetado, o homem “confirmou a veracidade dos factos”, motivo que levou à sua detenção, tendo sido apreendido um isqueiro, acrescenta a nota de imprensa. Fonte da GNR revelou à Lusa que “não chegou a haver incêndio, tendo a fogueira sido apagada pelos militares da Guarda com o apoio da Polícia Municipal”. O detido vai ser presente hoje ao Tribunal Judicial de Santo Tirso.

  15h59 de hojeFogo de Baião com três frentes ativas. O fogo de deflagrou numa zona de mato em Baião está com três frentes ativas. Cerca das 15h43, estavam no local 129 operacionais, acompanhados por 39 meios terrestres e um meio aéreo. 

 

  Ponto de situação dos incêndios rurais em Portugal às 16h16 de hoje (Fonte: site da Proteção Civíl)

Número total de incêndios rurais: 71 (19 em curso, 9 em resolução e 43 em conclusão)
Número total de operacionais mobilizados: 3.975
Número total de viaturas operacionais mobilizadas: 1.195
Número total de meios aéreos mobilizados: 22



Publicado por Tovi às 09:40
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 3 de Julho de 2022
Marcelo no Brasil... e o "desconvite" de Bolsonaro

Captura de ecrã 2022-07-02 214747.jpg
Na manhã de sábado o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, juntamente com o ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, nadou e passeou no areal da praia Copacabana, no Rio de Janeiro, acompanhados por dois seguranças.

 

Marcelo Rebelo de Sousa está desde sexta-feira numa visita de três dias ao Brasil, para assinalar o centenário da travessia aérea do Atlântico Sul por Gago Coutinho e Sacadura Cabral, e mesmo antes de começar já havia uma polémica, porque Jair Bolsonaro decidiu desmarcar o encontro com o Presidente português - “Resolvi cancelar o almoço que ele teria comigo, bem como toda a programação” -, ao que parece porque o Presidente da República portuguesa teria uma reunião com o Lula [da Silva]”, na residência oficial do Cônsul-Geral de São Paulo, no domingo de manhã, antes da reunião com o atual chefe de Estado do Brasil, marcada para segunda-feira.
Mas Marcelo foi rápido a comentar o "incidente": "Quem convida para almoçar é que sabe em que termos. Se o senhor presidente entende que não pode, não é oportuno, entendo. Ele saberá se quer ou não manter o convite. Em Portugal dizemos 'Ninguém deve fazer-se de convidado, nem para boda nem para batizado'. Os povos é que tem de manter uma relação duradoura, perduram para além de ciclos bons e maus. Não vamos perder um segundo com um almoço quando há a importância da amizade dos povos. Os povos continuam, os almoços podem mudar"

 

  Domingo, 17h05 de 3jul2022
Captura de ecrã 2022-07-03 172040.jpg



Publicado por Tovi às 08:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 1 de Julho de 2022
Abriu oficialmente a «silly season» em Portugal

  Capas dos jornais de hoje

j.jpg

 

  O que se ouve por aí
ANA está disponível para construção do Montijo já e melhorar Portela de forma mais modesta. Alcochete logo se vê.
Líder do CDS considera que Primeiro-ministro destruiu “a sua credibilidade e a do ministro em direto perante um país inteiro“.
Costa fica com gestão política do aeroporto e dá tempo a Montenegro para negociar.
Desautorização de Costa está longe de ser a primeira polémica de mandato marcado por tensões com TAP e Ryanair e até colegas de Governo.
No terramoto político de ontem em Portugal, Pedro Nuno Santos marcou-se como seguro. Só uma visão muito ingénua da política pode admitir que o processo de decisão sobre a construção de um novo aeroporto (ou de dois, no caso em concreto), já amplamente debatida com autarquias, com a ANA e outras entidades, anunciada pelo próprio ministro em "prime time" televisivo, possa ter sido omitido a António Costa e a outros membros do Governo. É muito difícil acreditar no acto de contrição do ministro das Infraestruturas quando tudo soa a tacticismo e sobrevivência. O desconforto é evidente. (Miguel Guedes no JN)
Da noite para o dia, passamos de ter tudo para voltar a ter tudo na mesma. (...) Se o país já tem problemas suficientes para perder tempo com a realpolitik, guerrilhas pelo poder e calculismos, menos tempo tem ainda para estas trapalhadas que fariam qualquer um corar de vergonha. (Manuel Molinos no JN)

 


1024.jpgNinguém terá dúvidas das ambições políticas de Pedro Nuno Santos no Partido Socialista, mas António Costa é “puta velha” (pardon my french) e não esquece alguns episódios recentes. Nos congressos dos PS não faltam também histórias que evidenciam um certo mal-estar entre ambos. Em 2018, quando Pedro Nuno Santos apresentou uma moção própria na reunião magna do partido, Costa sentiu necessidade de deixar um aviso aos potenciais sucessores: “Não meti os papéis para a reforma”. Postura diferente teve no último congresso, em agosto do ano passado, onde o tema da sucessão marcava as conversas de bastidores. Pedro Nuno Santos chegou atrasado e não falou – algo que foi interpretado como um novo sinal de desconforto. Já na última campanha eleitoral, no seu discurso em Aveiro, Pedro Nuno Santos não fez qualquer referência ao secretário-geral do PS.

 

  Pois!...
290645366_1072031600076744_8808076294219879780_n.p
290167333_10224816248565873_9166639169635573617_n.



Publicado por Tovi às 09:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



25
26
27
28
29
30


Posts recentes

Fernando Araújo é o prime...

Até o António Costa o diz

Medidas de apoio às famíl...

Gazprom mantém off gasodu...

31º aniversário da indepe...

Barómetro de agosto da Pi...

Coração de D. Pedro IV

Bonnie and Clyde vs Nélid...

Gasoduto de Sines ao cent...

A "desflorestação" da Ser...

Frederico Figueiredo é o ...

A guerra na Ucrânia e o r...

Perigo máximo para fogos ...

Marcelo no Brasil... e o ...

Abriu oficialmente a «sil...

Já soam os tambores de gu...

Conferência dos Oceanos

Danos colaterais da invas...

O imbróglio das sanções a...

P r e o c u p a n t e ! ....

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus