"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sábado, 6 de Janeiro de 2024
Novidades na Operação Influencer... e não só

417172056_10224672111538069_4716447934425230943_n.

Os períodos das pré campanhas eleitorais são ricos em "não há fumo sem fogo", mas seja António Costa culpado ou não daquilo que o Ministério Público diz ser suspeito, só há que se investigar à exaustão tudo... tudo... mas mesmo tudo. Infelizmente a nossa Justiça é lenta, demasiado lenta e quando tudo estiver julgado e eventualmente transitado em julgado, já nem nos recordamos do(s) caso(s) nem dos seus "implicados". É o que temos... mas em boa verdade é "doença" que toca a muitos, da esquerda à direita, mais a muitos dos que se dizem apartidários... triste sorte a nossa.

  
Gilberto Santos
Interessa que seja assim. O MP, vai esperar pelo final de fevereiro, para mandar mais uns bitaites....😉
José Manuel Lourenço
Até se descobrir a verdade, tudo não passa de especulação! É triste, muito triste ver que em Portugal as pessoas são julgadas em praça pública, sejam elas quem forem, e no fim, vai-se a ver, e nada! Triste justiça!
Altino Duarte
Caro David Ribeiro : Não se percebe , dado que é manifesta essa situação, a insistência na mesma. Pelo menos ,não me parece muito oportuno nem motivo para destaque o seu comentário e a referência ao caso em questão. Ainda por cima com uma foto e a transcrição de parte de texto aparecido num qualquer órgão da C.S. . Compreendo que estes assuntos são sérios, que o que escreve não merece, no geral, contestação e até traduz o que se passa, que há uma "doença" que percorre a sociedade tanto do lado esquerdo como do direito mas... penso também que não será conveniente exagerar ! Sob pena de não contribuir para minorar o espectáculo a que assistimos todos os dias...
David Ribeiro
Mas se alguém não deve não há que temer... e siga para bingo que as eleições não tarda estão aí.

 

  Para o roto não se ficar a rir do nu
Captura de ecrã 2024-01-05 153417.pngFicamos ontem a saber que o nome do líder do PSD, Luís Montenegro, foi referenciado em quatro conversas escutadas por inspetores da Diretoria do Norte da PJ a suspeitos da Operação Vórtex. O alvo das interceções telefónicas foi o construtor Francisco Pessegueiro — acusado em julho de corrupção ativa, tráfico de influência e prevaricação nesse caso —, apanhado nesses quatro telefonemas a falar sobre Montenegro. O teor das conversas permite concluir que Pessegueiro queria cair nas boas graças daquele que seria o futuro líder do PSD e aproveitar a relação próxima com Joaquim Pinto Moreira, o deputado social-democrata também acusado de corrupção na Operação Vórtex, onde se investigam as relações entre altos funcionários da Câmara de Espinho e empresários do ramo imobiliário.

  
Albertino Amaral
Tudo bons rapazes.........
Arnaldo Andrade
Até ao término da campanha, vai ser um fartote de “contra-informações”, e por último, um deles, vai rir/levar a melhor!  👀
Gonçalo G. Moura
Mas alguém acredita em diferenças de fundo entre PS e PSDois?

 

  "Lei malandra" de Galamba foi promulgada por Marcelo
1024.jpgMarcelo Rebelo de Sousa promulgou na quinta-feira [4jan2024}, o novo diploma do Regime Jurídico de Urbanização e Edificação, aprovado no Conselho de Ministros do dia 19 de outubro de 2023, e que simplifica os licenciamentos urbanísticos. Trata-se exatamente do diploma que está a colocar o primeiro-ministro demissionário sob suspeito da alegada prática de prevaricação na Operação Influencer. O Ministério Público suspeita que esta foi uma "lei feita à medida" para que para a construção do data center da Start Campus fosse beneficiada, ficando dispensada de um processo de licenciamento.



Publicado por Tovi às 07:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2023
Constituição Portuguesa sobre Presidente da República

Ainda é demasiado extemporâneo falar numa hipotética destituição ou renúncia de Marcelo Rebelo de Sousa... e antes que se mandem "bitaites" infundados e mirabolantes sobre esta matéria, vejam o que diz a Constituição:

  Constituição da República Portuguesa - Presidente da República
20160309-prmrs-0027.jpg
Artigo 130.º - Responsabilidade criminal
1. Por crimes praticados no exercício das suas funções, o Presidente da República responde perante o Supremo Tribunal de Justiça.
2. A iniciativa do processo cabe à Assembleia da República, mediante proposta de um quinto e deliberação aprovada por maioria de dois terços dos Deputados em efetividade de funções.
3. A condenação implica a destituição do cargo e a impossibilidade de reeleição.
4. Por crimes estranhos ao exercício das suas funções o Presidente da República responde depois de findo o mandato perante os tribunais comuns.
Artigo 131.º - Renúncia ao mandato
1. O Presidente da República pode renunciar ao mandato em mensagem dirigida à Assembleia da República.
2. A renúncia torna-se efetiva com o conhecimento da mensagem pela Assembleia da República, sem prejuízo da sua ulterior publicação no Diário da República.

 
Anselmo NascimentoDignidade é apresentar a sua exoneração à AR.
Isabel Sousa Braga
Anselmo Nascimento isso
David AlmeidaEstamos perante um imbróglio porque a Assembleia da República está demissionária e só ela, com o mínimo de 2/3 dos deputados, poderá proceder para o Supremo Tribunal de Justiça, conforme a CRP.

   Opiniões
Captura de ecrã 2023-12-06 094112.png
Helena Matos"As declarações de Marcelo revelam a forte convicção de que no acesso ao serviço público os portugueses não são todos iguais".
Sérgio Sousa Pinto - "É evidente que houve uma cunha qualquer" (caso das gémeas).


Mia CoutoSenhor Presidente não dê importância às pessoas que querem é desviar a atenção de toda a porcaria que fez o PS. Não dê importância a esta gente que já ninguém vai na cantiga deles a não ser aqueles que continuam a precisar deles!!!
Bernardo Sá Nogueira MergulhãoNão faltava mais nada,ganhem juízo. "Quem se mete com PS leva"?
Mia Couto
Dignidade é correr com corruptos , ladrões ,e mentirosos ,que estás senis e já não se lembram de nada 😡
David Ribeiro - Entrevistado hoje pela TVI/CNN diretor do serviço de Neuropediatria do Hospital de Santa Maria, Levy Gomes, revelou que foi o diretor clínico do Santa Maria, Luís Pinheiro, o interlocutor das pressões externas que acabaram por levar ao tratamento preferencial das gémeas.

 

  As piadas nascem como cogumelos
Captura de ecrã 2023-12-05 221519.png
  Isabel Sousa Braga
408305209_7078091908880376_6812271251406998496_n.j



Publicado por Tovi às 07:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 4 de Dezembro de 2023
Sondagens sobre a crise política e Legislativas'24

Nestes últimos dias (6.ªfeira, sábado e domingo) foram conhecidas sondagens de opinião realizadas pela Aximage para JN, DN e TSF, cujos trabalhos de campo decorreram entre 18 e 23nov2023.


406614346_10224535163514454_2280582335978730320_n.

 


Captura de ecrã 2023-12-01 104353.png

 


image.jpg


Paulo NevesLembram-se das sondagens das ultimas legislativas? Davam empate técnico, que serviram depois para as teorias, dos entendidos, de que a maioria absoluta foi feita à custa do voto útil e do papão da extrema direita. Lembram-se?
David RibeiroE não terá sido assim, Paulo Neves?... ou para si o PS tinha em janeiro de 2022 uma tão grande popularidade?
Nuno Solla LacerdaDavid Ribeiro e as sondagens não conseguem sondar o voto útil? Então o que é uma sondagem? Ou passaram a ser só meros inquéritos?
David RibeiroO voto útil, Nuno Solla Lacerda, está nos "não sei/não responde ou indecisos"... depois temos nas sondagens a distribuição destes pelos candidatos (forma muito discutida entre quem acompanha estes estudos de opinião) ... e o resultado é uma grande margem de erro assinalada nas sondagens.
Nuno Solla LacerdaDavid Ribeiro é um guarda chuva grande que permite assim abrigar todos os erros, todas as falhas e todas as interpretações. Não li mas talvez venha a comprar este livro que tem pelo menos um título sugestivo - Como Mentem as Sondagens de Luís Paixão Martins.
David RibeiroNuno Solla Lacerda... estou a ler... e tenho colocado por aqui sublinhados e comentários meus. É uma obra interessante e não foge em nada ao que penso sobre o assunto. Até já o disse ao autor. 
Júlio GouveiaPaulo Neves foi isso mesmo
D
avid RibeiroVoltando ao tema da credibilidade (ou não credibilidade) das sondagens em que o problema do voto útil não se pode restringir à soma aritmética de intenções de voto, o que faz com que a sua interpretação possa ter efeitos potencialmente perturbadores. Luís Paixão Martins diz no seu livro "Como mentem as sondagens" que os dados das sondagens não são mais do que indicações vagas num determinado momento e eu acrescentaria que não as devemos interpretar cada uma de per si mas antes a evolução dos resultados ao longo de um determinado período. 
Captura de ecrã 2023-12-04 093645.png
Paulo NevesDavid Ribeiro, respondendo à sua resposta e a este comentário. Não coloco em causa a credibilidade das sondagens. Sou formado em jornalismo e também estudei o mundo das sondagens. Vejo logo pela ficha técnica de que forma foram feitas. Costumo dizer que as empresas jogam toda a sua credibilidade na noite das eleições. Já viram que nessa altura nenhuma erra porque as margens entre mínimas e máximas são demasiado dilatadas. Por isso, concordo, as sondagens devem ser lidas sempre como tendências. Mas há propósitos insondáveis para a sua publicação. Lembrem-se o que foram as sondagens em 2013 para as autárquicas no Porto. E, sim, muitos admitiram já que o empate técnico que davam nas últimas sondagens nas legislativas favoreceu a criação da maioria absoluta. Se isto não é "jogo" digam-me então o que influencia o sentido de voto? Por fim, este não é um mal português. Em Inglaterra, os últimos anos levaram muitas empresas a reformularem os seus métodos de investigação.
David Ribeiro
Caríssimo Paulo Neves... na minha formação académica (Gestão Hoteleira) tive umas noções de "Sondagens", não obviamente sobre eleições, mas para melhor se conhecer o cliente tipo de um determinado equipamento hoteleiro. A filosofia não é muito diferente, mas é necessário algum espaço de tempo e muito trabalho para se poder ter confiança nos dados que nos vão chegando. Foi sempre uma área que me fascinou.

 

  
image (1).jpg
Se estes resultados se replicassem nas urnas, estaríamos perante uma vitória de Pirro, porque a maioria parlamentar estaria à direita (os diferentes partidos desse bloco somam 49 pontos). Sondagem de opinião realizada pela Aximage para DN/JN/TSF; Trabalho de campo decorreu entre 18 e 23 de novembro de 2023; Margem de erro é de +/- 3,5%.



Publicado por Tovi às 07:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 9 de Novembro de 2023
António Costa demitiu-se... e agora?

JUS Constituição.jpg

Tendo em conta a demissão do Primeiro-Ministro António Costa e a consequente aceitação pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vejamos o que nos diz a Constituição da República sobre FORMAÇÃO E RESPONSABILIDADE DO GOVERNO:

Artigo 186.º - Início e cessação de funções
4. Em caso de demissão do Governo, o Primeiro-Ministro do Governo cessante é exonerado na data da nomeação e posse do novo Primeiro-Ministro.

Artigo 187.º - Formação
1. O Primeiro-Ministro é nomeado pelo Presidente da República, ouvidos os partidos representados na Assembleia da República e tendo em conta os resultados eleitorais.

Artigo 195.º - Demissão do Governo
1. Implicam a demissão do Governo: b) A aceitação pelo Presidente da República do pedido de demissão apresentado pelo Primeiro-Ministro;

Artigo 196.º - Efetivação da responsabilidade criminal dos membros do Governo
1. Nenhum membro do Governo pode ser detido ou preso sem autorização da Assembleia da República, salvo por crime doloso a que corresponda pena de prisão cujo limite máximo seja superior a três anos e em flagrante delito.
2. Movido procedimento criminal contra algum membro do Governo, e acusado este definitivamente, a Assembleia da República decidirá se o membro do Governo deve ou não ser suspenso para efeito de seguimento do processo, sendo obrigatória a decisão de suspensão quando se trate de crime do tipo referido no número anterior.

 

  Detidos e arguidos no caso que levou à demissão do PM
Detidos: Vítor Escária, chefe de gabinete de António Costa; Diogo Lacerda Machado, um dos homens mais próximos do até agora primeiro-ministro; Nuno Mascarenhaspresidente da Câmara de Sines; Afonso Salema, CEO da Start Campus de Sines; Rui Oliveira Nevesdiretor jurídico e de sustentabilidade da empresa Start Campus.
O Ministério Púbico procedeu ainda à constituição como arguidos de outros suspeitos da prática de factos investigados nos autos, designadamente do Ministro das Infraestruturas, João Galamba, e do Presidente do Conselho Diretivo da Agência Portuguesa do Ambiente, Nuno LacastaJoão Tiago Silveira, ex-secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros e ex-secretário de Estado da Justiça no Governo de Sócrates, também é arguido na investigação.
No único comunicado sobre o assunto, a Procuradoria-Geral da República (PGR) revela que analisará, no âmbito de inquérito instaurado no Supremo Tribunal de Justiça, alegações de suspeitos envolvendo o nome e a autoridade do primeiro-ministro. António Costa.

 

  É urgente e necessário que todos saibamos em pormenor o que está contido no enigmático paragrafo do comunicado da PGR que provocou a demissão de António Costa.
Captura de ecrã 2023-11-08 082909.png

 
Júlio GouveiaEu sinceramente não estou nada de acordo. Á justiça o que é da justiça. Porque razão é que a justiça tem de dar explicações ao publico do que consta das acusações seja o que for??? Na minha opinião é segredo de justiça e sera até as pessoas serem incriminadas , então aqui sim publicamente fica-se a saber. Agora o comunicado apenas e só diz que está a ser investigado , nada mais e na minha opinião muito bem. Claro que os socialistas estão sempre contra a justiça porque é o unico setor onde ainda não conseguiram totalmente meter as unhas e colocar lá todos os amigos e familiares e então controlavam tudo na sociedade e podiam fazer tudo o que quisessem nas calmas e sossegados. E a minha opinião
David RibeiroJúlio Gouveia... O comunicado da PGR é extremamente vago e embora juridicamente não tivesse de o fazer, a verdade é que poderia e devia, no meu entender. Mais uma vez ficamos a saber parte de história... e a permitir tudo e mais alguma coisa por parte dos habituais comentadores da nossa praça. Lamentável.

 

 
mw-694.jpgPresidente da República ouviu ontem [4.ª feira 8nov2023] os partidos com assento parlamentar, ao abrigo de um artigo da Constituição que prevê a dissolução da Assembleia da República. A maioria quer eleições, mas admite que sejam convocadas só depois da aprovação do Orçamento do Estado. A solução “preferencial” do PS é a nomeação de um novo primeiro-ministro sem eleições.

 

   Regra número um: Não guardar dinheiro vivo no escritório
outro.jpg
  
Nuno Solla Lacerda
Ele não tem uma mãe, irmã, prima, amiga com um cofrezinho ??
Júlio GouveiaO dinheiro tinha saido do cofre da mãe. Era para ele levar para o banco
Isabel Sousa BragaEstes trocos eram para a máquina do café, não sejam más línguas 😏

  Regra número dois: Cuidado com o que se diz ao telefone
Captura de ecrã 2023-11-09 101123.png
  Adoro como o MP batiza estas operações e/ou processos
Captura de ecrã 2023-11-09 115303.png
  Adao Fernando Batista BastosMP é muito bom a escrever argumentos para romances!

 

 
img_440x274$2023_07_05_15_42_39_456290.jpg
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou esta quinta-feira que vai dissolver a Assembleia da República e convocar eleições antecipadas para o dia 10 de março de 2024, na sequência da demissão do primeiro-ministro, António Costa, mas com “a garantia da indispensável estabilidade económica e social que é dada pela prévia votação do Orçamento do Estado".

   
Jorge Oliveira E Sousa
E desta forma quem trocou pode voltar…Já chega de lábia.
400097291_10224562351867390_38893773769538717_n.jp
David RibeiroFicamos agora a saber por António Costa que o PS apresentou no Conselho de Estado a alternativa de Mário Centeno para primeiro ministro, mas Marcelo recuso, preferindo a dissolução da Assembleia da República e marcação de eleições.
Vitor Soares
David Ribeiro não foi o Costa que reclamou das informações sairem do Conselho de Estado? Agora fez o mesmo...
Joaquim FigueiredoDavid Ribeiro o que denota que o Sr presidente da República não está interessado em estabilidade antes na proteção da sua família política
David RibeiroJoaquim Figueiredo... se António Costa tivesse corrido com Galamba em devido tempo talvez Marcelo mantivesse a "estabilidade". Mas a vingança serve-se fria.
Joaquim Figueiredo
David Ribeiro as vinganças que não servem o país...a concessão do lítio foi feita pelo governo PSD/CDS... andamos sempre a criticar que o estado demora muito a decidir e quando decide rápido é corrupção... almoços, jantares... francamente
David Ribeiro
Joaquim Figueiredo... uma cervejinha com tremoços que tivesse sido, além de que Costa, e muito bem, não teve contemplações sobre os tais 75.800 euros que Vítor Escária tinha escondidos no seu gabinete no Palácio de São Bento.
Joaquim Figueiredo
David Ribeiro vamos todos presos...
David RibeiroO Joaquim Figueiredo lá saberá... por corrupção eu nunca irei preso.
Joaquim FigueiredoDavid Ribeiro já fiz muitos favores, nunca recebi um tostão...
David RibeiroEntão o Joaquim Figueiredo não é corrupto e por isso não "vamos todos presos".
Joaquim FigueiredoDavid Ribeiro a corrupção é a destruição das sociedades...
Paulo NevesAgora reparem: para que serve o Conselho de Estado? Marcelo revela que houve empate, Costa que apresentou Centeno, Mendes tinha revelado dois dias antes, na SIC, o seu sentido de voto. Para quê, então, tanto segredo, que era apanágio dos conselheiros, se são os dois principais protagonistas a furá-lo?
David RibeiroPaulo Neves... o Conselho de Estado serve única e exclusivamente para: Pronunciar-se sobre a dissolução da Assembleia da República + Pronunciar-se sobre a demissão do Governo + Aconselhar o Presidente da República no exercício das suas funções, quando este solicitar. E nada mais, ou seja "pronunciar-se" e "aconselhar" não obriga a mais nada, nem o Presidente da República nem os Conselheiros.

 

  Testamento político de António Costa
Captura de ecrã 2023-11-10 090610.png 
  Anselmo NascimentoMas devis, pois o MP está mais ao serviço dos "jornaleiros", do que à causa pública. Viva a democracia.

 

  Galamba no Parlamento em discussão sobre OE2024
343969833_1638291489971892_357107899456892577_n.jpEstá anunciada a presença de João Galamba, ainda Ministro das Infraestruturas, numa audição no Parlamento, pelas 15h30 de amanhã [6.ª feira 10nov2023], para dar explicações sobre o Orçamento do Estado para 2024. Mas como António Costa disse hoje que vai falar com Marcelo sobre o futuro político do "enfant terrible" a audição, a realizar-se, vai ser interessante.

 


  
Isabel Sousa Braga
Vai meter atestado médico 😅
Nuno Solla Lacerda
Ele tinha essa imagem de “ enfant terrible “ mas o verniz estalou e consegue-se ver que na verdade é um “Enfant malhonnête”
Júlio Gouveia
O Costa ainda lhe vai continuar a dar # tacho # até Março, senão que vai ele fazer??? É isto o socialismo



Publicado por Tovi às 07:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 30 de Agosto de 2023
Marques Mendes na Presidência da República?

Luís Marques Mendes, antigo presidente do Partido Social Democrata (PSD), já não descarta a hipótese de se candidatar a Belém. "Se um dia achar que, com uma candidatura à Presidência da República, posso ser útil ao país, que é isso que conta, ter utilidade para o país, tomarei essa decisão", declarou no passado domingo, no seu habitual espaço de comentário na SIC.


  Sem dúvida... 
22527921_4178c.jpeg



Publicado por Tovi às 07:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 3 de Maio de 2023
E agora como é que vai ser?

transferir.jpg
Aceitam-se palpites. 


David Ribeiro - Eu cá estou como o Sérgio Sousa Pinto, que diz que o primeiro-ministro António Costa "afrontou a decisão do presidente", obrigando Marcelo Rebelo de Sousa a tomar uma de três posições: "ou a demissão do Governo ou a dissolução direta da AR ou, se tiver sangue frio, ver o que vai ser pior para o primeiro-ministro".
Altino Duarte
David Ribeiro Então foi o António Costa que "afrontou a decisão do presidente" ? Qual decisão ?!
David Ribeiro - O Altino Duarte vai ter que perguntar ao Sérgio Sousa Pinto, que foi quem o disse... mas é fácil de ver qual será a resposta, depois de tantos bitaites do Presidente da República.
João CerqueiraO Marcelo tem o Sapo entalado na garganta, Já está calado há mais de 12 horas (feito extraordinário). Acho que nos próximos dias, vai pedir ao Costa para apresentar outro Governo, enquanto demite este. Mas corre o risco do Costa apresentar o mesmo ou semelhante.
Isabel Sousa BragaSe fosse MRS engolia a Vichyssoise e preparava uma sopa de pedra em lume brando. Eu não fazia a vontade a AC.
Armando Ribeiro
De dois excelentes atores, tudo se pode esperar......até nós vamos esperar sentados, porque há compromisos publicitários a que não se podem alhear. «O Quim alcoólico parte a loiça e a espôsa (que também bebe), manda-o ir arejar por um tempo. O Zé inteligente e cumpridor, pisa na merda, vê a casa a arder, mas..... sai em serviço da Nação. Quando vier , chama os bombeiros» !!! - Compromissos, são compromissos, carago !!!!
Altino Duarte
Como diria o outro... palpites só no fim ! Entretanto, as televisões vão lucrando com esta situação que se tornou caricata e que, por isso mesmo, deu motivo às especulações e opiniões dos "especialistas" na matéria. Aguardemos...


  Conselho de Ministros descentralizado
i059272.jpgHoje e amanhã o Governo estará em Conselho de Ministros descentralizado - «Governo + Próximo» - no distrito de Braga. Com mais de 90 iniciativas em todos os concelhos bracarenses, o Governo percorrerá um distrito com uma forte dinâmica empresarial, realizando visitas e ações no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência. O programa, que privilegia os contactos com os representantes locais, inclui também uma reunião do Conselho de Ministros bem como várias iniciativas centradas nos temas da inovação, qualificações e mobilidade.

 


Captura de ecrã 2023-05-03 185701.png

Raul AlmeidaOu inteligente.
David RibeiroTambém me parece, Raul Almeida... mas de Marcelo nunca se sabe.
Paulo TeixeiraDavid Ribeiro vais ver que o próximo passo vai ser o conselho de estado ser convocado. Após regressar de Londres
David RibeiroNão será para já, Paulo Teixeira. Estou convencido que Marcelo não irá fazer cair a legislatura antes que se saiba mais sobre o inquérito parlamentar à TAP.
Paulo Teixeira
David Ribeiro falamos para a semana meu amigo
Júlio GouveiaEle agora foi para Londres. Quando vier convoca Conselho Estado e vai enviar o governo para o olho da rua. Ainda não entendi, não percebo qual a razão deste confronto para o PS, tem uma maioria absoluta e vai sujeitar-se a eleições???? Certamente sabe que não terá maioria, então qual a razão disto???? Não entendivel, pelo menos para mim. Será que ele quer ir para a Europa???? Também não, porque ele já disse que se recanditaria. Alguém que explique esta lógica
Mia CoutoMas, estejam descansados, porque ela sabe o que quer. Esperem e verão !!!

  20h25 de quarta-feira 3mai2023
O Presidente sai do restaurante onde foi jantar com vários jornalistas à porta e volta a responder a perguntas, continuando a andar por Belém: "Falarei amanhã ou assim. Não sei, talvez". Os jornalista sempre a insistir - e a cena torna-se quase cinematográfica: O silêncio é estranho? “Não, nada estranho. Quando é que falei da última vez, há três ou quatro dias, não sei”. O país mudou em três dias? "Não, o país é sempre o mesmo. Eu falo… agora vou comer um Santini e depois vou trabalhar, porque tenho imensos diplomas". Os jornalistas insistem? “São tão curiosos. É preciso ter calma, não dar o corpo pela alma, como dizia o Pedro Abrunhosa”, brincou. E seguiu para o gelado, naquele que é costuma ser o seu percurso para sentir a rua: o eixo Portugália - Santini, em Belém.
  
Mané Martins
O silêncio é a melhor arma....
Armando Ribeiro
Sejamos pacientes, mais logo saberemos de tudo !!!!

  20h00 de 4mai2023 - Comunicação do Presidente da República
Marcelo Rebelo de Sousa falou aos portugueses, foi demolidor para João Galamba, censurou o primeiro-ministro e prometeu ser muito mais vigilante face aos comportamentos e ações do Governo.

 

  Cartoonista Henrique Monteiro no seu melhor
343991293_2782481731901934_4873853345320564199_n.j

 

  JN de 5mai2023
Captura de ecrã 2023-05-05 085707.png

 

  Poderes constitucionais do Presidente da República
O presidente da República pode demitir o Governo? A demissão do Governo pode ser decidida pelo presidente da República, de acordo com o artigo 195 da Constituição da República Portuguesa. No entanto, o chefe de Estado "só pode demitir o Governo quando tal se torne necessário para assegurar o regular funcionamento das instituições democráticas". Antes de consumar a demissão, o presidente da República deve ouvir o Conselho de Estado, o órgão consultivo do presidente da República Portuguesa.
A dissolução da Assembleia da República é possível? Sim. O presidente da República pode dissolver a Assembleia da República e ir assim além da demissão do Governo. A Constituição obriga a que o chefe de Estado ouça os partidos com representação parlamentar e o Conselho de Estado, conforme diz o artigo 133 da Constituição da República. Há limitações, expressas no artigo 172, que consistem na impossibilidade de dissolver a Assembleia "nos seis meses posteriores à sua eleição, no último semestre do mandato do Presidente da República ou durante a vigência do estado de sítio ou do estado de emergência".
Pode o Presidente da República exonerar um ministro? Não. E o presidente da República fez questão de o notar, ontem, na nota publicada no site da Presidência onde revelou discordar da decisão de António Costa de manter João Galamba em funções. A Constituição da República indica que o presidente da República só pode nomear ou exonerar membros do Governo por proposta do primeiro-ministro. Em caso de conflito institucional em relação à manutenção de um ministro, o presidente terá de optar pela demissão do Governo ou dissolução da Assembleia da República.
Presidente pode enviar mensagem à Assembleia? A Constituição da República prevê que o presidente da República possa dirigir uma mensagem à Assembleia da República. É o que diz a alínea d) do artigo 133. Na página da Presidência da República, é explicado que através de mensagem pode chamar "assim a atenção para qualquer assunto que reclame, no seu entender, uma intervenção do Parlamento". O chefe de Estado pode mesmo, caso o entenda, convocar extraordinariamente a Assembleia da República.
Em caso de demissão do Governo, o que se segue? Se o presidente da República demitir o Governo e exonerar o primeiro-ministro, a Assembleia da República permanecerá em funções e poderá ser indicado um novo executivo governamental, a ser proposto ao presidente da República, com a garantia de ter apoio parlamentar maioritário. É o que se passa atualmente com o PS, que poderia propor um novo Governo a Belém dado que dispõe de maioria. Na prática, esta situação de demissão sem dissolução da Assembleia nunca se verificou em Portugal.
E se houver dissolução da Assembleia da República? Em caso de dissolução da Assembleia da República, e ouvido o Conselho de Estado, o presidente da República terá de marcar a data das novas eleições legislativas. "A dissolução corresponde, assim, essencialmente, a uma solução para uma crise ou um impasse governativo e parlamentar", diz a página oficial da Presidência.



Publicado por Tovi às 09:52
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Sexta-feira, 24 de Março de 2023
Marcelo deverá vetar lei de arrendamento coercivo

337127398_1698088453953256_5304202320598924284_n.j
O Presidente da República está preparado para vetar politicamente o arrendamento coercivo, caso o governo não o repense no âmbito do pacote de propostas para a Habitação, que Marcelo começou por chamar de “melão” e esta semana disse ser “inoperacional”. Marcelo já apontou várias vezes à “inoperacionalidade” e à “falta de eficácia” da medida, cujo período de consulta pública termina esta sexta-feira, em especial devido à falta de adesão de autarquias como Lisboa e Porto, mas colocou sempre a sua avaliação no plano político e não legal.
Esta quarta-feira [22mar2023] durante o debate sobre política geral no parlamento, António Costa invocou uma lei de 2014 – assinada por Passos Coelho e promulgada por Cavaco Silva – para responder a críticas políticas mas também para pontuar na controvérsia legal. “Há muitos anos que o regime geral de urbanização e edificação prevê a posse administrativa para efeitos de reabilitação e até o arrendamento forçado”, começou por dizer o primeiro-ministro. E depois citou a Lei de Bases Gerais da Política Pública de Solos, de Ordenamento do Território e Urbanismo, de 2014 - “que eu saiba, nunca ninguém suscitou a fiscalização da sua constitucionalidade” – que prevê o arrendamento forçado para edifícios e frações autónomas alvo de reabilitação. “Ou seja, a previsão de haver arrendamentos forçados não é, propriamente, uma novidade; é algo que já existe”, afirmou Costa.



Publicado por Tovi às 07:14
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2023
Doações de veículos de combate de última geração

Captura de ecrã 2023-02-15 133453.jpg 
Está "um pouco atrasada" ou deram um passo maior que a perna?

  Sol/Sapo em 15fev23023 às 12h55
A Alemanha está "um pouco atrasada" na entrega de tanques de guerra para a Ucrânia, confessou, esta quarta-feira, o vice-chanceler do país, Robert Habeck. "Com a decisão de enviar os tanques, estamos a fazer o que podemos. Um pouco tarde demais, mas todos esperam uma terrível ofensiva russa e o tempo urge", afirmou Habeck, em entrevista ao jornal alemão Die Zeit. Também a ministra da Defesa, Helena Carreiras, anunciou que, esta quarta-feira, ver haver uma reunião que visa aumentar o "esforço de guerra", incluindo doações de veículos de combate de última geração à Ucrânia.  Portugal prevê enviar três Leopard 2 até ao final de março. 

  CNN Portugal em 15fev2023 às 14h23
O chefe da diplomacia da União Europeia, Josep Borrell, apelou esta terça-feira aos Estados-membros para que se juntem à Alemanha no envio de tanques Leopard 2 para a Ucrânia. "Os países devem entregar tantos tanques quanto possível e o mais rápido possível. Seria muito dececionante se, depois de tanto tempo apontando o dedo para a Alemanha por não fazer nada, esses países agora não fizessem o mesmo", afirmou Borrell, em declarações à emissora alemã Phoenix. O apelo de Borrell surge depois de relatos de que a Dinamarca e os Países Baixos decidiram entregar tanques Leopard 2 a Kiev.

  Jornal de Notícias em 15fev2023 às 18h21
O analista militar britânico Ben Barry considerou, esta quarta-feira, que a Ucrânia só deverá receber 25 dos 100 tanques pedidos aos países aliados ocidentais até ao verão, condicionando uma ofensiva para recuperar território ou a capacidade de defesa de ataques russos. Segundo este brigadeiro reformado do exército britânico, atualmente analista no Instituto Internacional de Estudos Estratégicos britânico (IISS na sigla inglesa), Kiev quer ter pelo menos 10 brigadas blindadas de tanques modernos ocidentais para se defender ou atacar as forças russas, daí ter pedido 100 veículos blindados de combate modernos.

 


Captura de ecrã 2023-02-15 140943.jpg
Segundo parece está em causa uma proposta do PAN que tinha como objetivo agraciar Zelensky com a Ordem da Liberdade a proposito de um ano de guerra, data que se assinala a 24 de fevereiro.
Singh_of_order_of_liberty_of_portugal.pngA Ordem da Liberdade é uma ordem honorífica portuguesa, criada a 4 de outubro de 1976, que se destina a distinguir serviços relevantes prestados em defesa dos valores da civilização, em prol da dignificação do Homem e à causa da liberdade.


Paulo TeixeiraQue texto neutro meu amigo eheheheh
David RibeiroPaulo Teixeira, única e simplesmente constatando um facto.
Helder Ferreira  - Era a maior vergonha para os verdadeiros portugueses... Homem que vai levar o mundo à 3 guerra mundial, só por causa de querer ser presidente.
Jorge RodriguesÉ uma ordem de segunda linha…



Publicado por Tovi às 07:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Sábado, 7 de Janeiro de 2023
Quanto mais se mexe na m**** mais mal cheira

  Nesta última semana os casos sucederam-se... e o PS não ficou nada bem na fotografia.
Captura de ecrã 2023-01-06 135547.jpg
323696492_2255918067913086_4583997132131952938_n.j
323423901_728694641810661_179490927105279305_n.jpg
Captura de ecrã 2023-01-06 134923.jpg

 


323428592_923912698799221_7375466508085034830_n.jp
"O primeiro-ministro dirigiu na quinta-feira à noite uma carta ao Presidente da República a sugerir uma proposta de mecanismo de verificação a ser discutida com o chefe de Estado", informou uma fonte do gabinete do primeiro-ministro em resposta à agência Lusa sobre o desenvolvimento desta proposta avançada por António Costa na quinta-feira à tarde, durante o debate da moção de censura ao Governo apresentada pela IL. No parlamento, durante o debate da moção de censura da IL, após ser interpelado pela deputada do PAN, Inês Sousa Real, o primeiro-ministro referiu-se a um circuito para "garantir maior transparência e confiança de todos no momento da nomeação" de membros do Governo, considerando que o atual sistema pode ser melhorado. Logo nessa ocasião, frisou que falaria primeiro com Marcelo Rebelo de Sousa e que depois anunciaria o que vai propor "para que o circuito possa ser melhorado, porque pode ser melhorado". "Eu não acho que possamos e devamos normalizar situações anómalas mesmo que sejam casos e casinhos. Têm que ser levados a sério e sobretudo tem que se dar confiança de que os levamos a sério", disse. Pouco depois, ainda na tarde de quinta-feira, o Presidente da República defendeu que um eventual sistema de escrutínio de possíveis nomeados para cargos governativos deve ser feito antes de o Governo propor os governantes, e não depois. "A haver uma intervenção, e veremos de quem, como, para apurar problemas de legalidade, problemas de constitucionalidade ou problemas de impedimentos relativamente a quem vai ser nomeado para determinados cargos, como estes de que se falou, eu acho que deve ser antes de o Governo apresentar a proposta [ao Presidente da República]", declarou o chefe de Estado aos jornalistas.

 

  Meus queridos Amigos... permitam-me este desabafo
Confesso que sobre os "casos" na TAP nunca tinha ouvido falar, mas os "malabarismos" nas câmaras de Caminha e de Vinhais só quem não acompanha a vida política do Norte ou quem nunca por lá passou dias e dias em trabalho é que pode dizer que não sabia dos "coisas" que por lá aconteciam. E o mais grave é os socialistas destes municípios terem estado calados durante todos os "reinados" destes senhores que agora foram desmascarados pela comunicação social. Em Vinhais, cuja vida política acompanhei durante muitos anos, a coisa era escandalosa, com o presidente da Câmara e a sua mulher, esta agora no centro do "problema" do ministério da Agricultura, a fazerem o que queriam e mais lhes apetecia. É tempo dos socialistas de bem, que os há, acabarem com esta podridão... e que se encontre uma oposição séria e credível.

 

  Lusa/CNNPortugal 06jan2023 às 18h31
Captura de ecrã 2023-01-07 103715.jpg

 

  JN de hoje às 7h52
Captura de ecrã 2023-01-07 100205.jpg



Publicado por Tovi às 07:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 12 de Outubro de 2022
Marcelo... Quem não o conhecer que o compre

Captura de ecrã 2022-10-11 175543.jpg

Parecia impossível mas o Presidente da República tinha-o afirmado publicamente. E rapidamente a comunicação social e as redes sociais não falavam doutra coisa na tarde de ontem.
marcelo 1.jpg
Depois lá veio um "Nota da Presidência da República" que pouco ou nada acrescentou de positivo ao que Marcelo Rebelo de Sousa tinha dito.

  Nota da Presidência da República - 11 de outubro de 2022
O Presidente da República tomou conhecimento da validação de 424 testemunhos de abusos sexuais na Igreja em Portugal, hoje anunciada pela Comissão criada pela Igreja Católica.
O Presidente da República sublinha, mais uma vez, a importância dos trabalhos desta Comissão, muito embora lamente que não lhe tenham sido efetuados mais testemunhos, pois este número não parece particularmente elevado face à provável triste realidade, quer em Portugal, quer pelo Mundo.
Vários relatos falam em números muito superiores em vários países, e infelizmente terá havido também números muito superiores em Portugal.
O Presidente da República espera que os casos possam ser rapidamente traduzidos em Justiça.
Tal como fez no início de setembro, transmitindo imediatamente à PGR a denúncia que recebeu, continuará a promover e apoiar todos os esforços para que os abusadores sejam responsabilizados e afastados de qualquer situação que possa permitir a reincidência nestes comportamentos, seja no seio da Igreja Católica, ou em qualquer outra situação.

 

  Expresso - 12out2022 às 13h27
O primeiro-ministro António Costa fez questão de sair em defesa do Presidente da República na polémica sobre as declarações de Marcelo relativas ao abuso de menores por membros da Igreja Católica. Em Viseu, onde participa numa conferência da Aicep, António Costa fez uma declaração em que defende o chefe de Estado da “interpretação inaceitável que tem estado a ser feita das suas palavras”. “Todos nós na vida politica por vezes não usamos a melhor expressão”, admitiu o primeiro-ministro a propósito da primeira declaração de Marcelo na terça feira. 

 

  Quem não o conhecer que o compre
311586487_5656677954384000_4526940735675025573_n.j

  Tão amigos que eles são
310514720_5685144228175158_7259465895985696180_n.j

  Jose Pinto PaisDavid Ribeiro não há almoços grátis



Publicado por Tovi às 07:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 7 de Outubro de 2022
O discurso do Presidente da República no 5 de Outubro

Todos nós sabemos qual o estilo de Marcelo e qual a sua forma de fazer política... mas assim como um relógio avariado está certo duas vezes por dia, também o Presidente da República diz por vezes coisas acertadíssimas.

 

  Nascer do SOL - 6out2022
834215.png“Nada é eterno em democracia, nem os Governos, nem os Presidentes, nem as oposições”. Esta foi uma das mensagens deixadas pelo Presidente da República no discurso do 5 de outubro, deixando recados ao Governo e falando entrelinhas sobre os últimos casos polémicos do Executivo. Depois do episódio em torno de Ana Abrunhosa que aponta para um eventual conflito de interesses – após duas empresas detidas pelo seu marido terem beneficiado de centenas de milhares de euros em fundos comunitários, já depois de Abrunhosa tutelar as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Territorial, responsáveis pela atribuição dos fundos – o verniz estalou com Manuel Pizarro que três semanas depois de ter tomado posse continua gerente de uma empresa na área da Saúde. No seu discurso, Marcelo deixou outro alerta: “Sabemos que não é suficiente termos democracia na Constituição e nas leis, importa termos democracia nos factos, democracia com cada vez mais qualidade, melhores e mais atempadas leis, justiça, administração pública, controle dos abusos e omissões dos poderes, prevenção e combate à corrupção das pessoas e das instituições”. E ao contrário do que acontecia há 100 anos lembrou que hoje temos “uma democracia em que milhões de pessoas votam diretamente no Presidente da República e o Presidente dispõe do poder de vetar leis e de dissolver o Parlamento”

 


Rodrigo Falcão Moreira
Marcelo entra na onda da “ameaça nuclear”? 😄
Isabel Pires
Rodrigo Falcão Moreira Parece que sim !
David Almeida'Faroleiro'... é o único adjectivo que encontro para nomear semelhante figura!!!
Júlio GouveiaNão gosto do Marcelo por isso... também acho que os governos eleitos devem durar os 4 anos previstos tanto mais quando são governos maioritários, contudo se muito excepcionalmente o governo entra em completo desnorte, e em lugar de governar, desgoverne, tal como está quase a acontecer com este governo com casos e casinhos todas as semanas, ministros que menosprezam tudo e todos, ministros que se criticam uns aos outros e publicamente, ministros que anunciam decisoes em direto que depois sao revogadas pelo PM e não há consequencias, a par de tudo isto com decisões dificeis de entender como o aumento das reformas, como a diminuição abrupta do poder de compra de todos (ao fim e so cabo qual será a diferença entre cortar ordenados ou a inflação aumentar 8 e os portugueses serem aumentados 4 ???). Se tudo isto continuar, sem rumo, sem rei nem roque, continuando a arrogancia monstruosa de todos os ministros em todos os seus atos e comunicacoes, principalmente do PM com o seu riso arrogante, com o seu responder apenas ao que lhe apetece, menosprezando tudo o resto... então não será que chegará nessa altura a muito excecional situação da #bazuca#? Sinceramente acho que o governo deveria durar os 4 anos. Se tal acontecer e se calhar é isso mesmo que o PM quer, fica este livre para rumar à Europa que é o que ele pretende. Teria assim uma saida, que doutro modo não conseguiria.
Carlos RibeiroParole, parole, parole, e no final fica tudo na mesma balbúrdia. Enfim, este senhor é um logro.
Maria RodriguesSenhor David e ( desculpe o termo) tomates para o fazer? Só conversa.....



Publicado por Tovi às 07:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Sábado, 16 de Julho de 2022
Avião de combate aos incêndios caiu em Foz Côa

img_900x509$2022_07_15_22_03_28_1169072.png

Ao fim do dia de ontem tivemos a triste notícia da morte de André Serra, o piloto do avião anfíbio de combate a incêndios que caiu em Foz Côa. O piloto seguia sozinho a bordo do avião anfíbio Fire Boss quando perdeu o controlo da aeronave que tinha acabado de reabastecer de água no rio Douro. O alerta foi dado cerca das 20 horas, para a freguesia de Castelo Melhor, em Vila Nova de Foz Côa. Para o local - uma vinha da Quinta do Crasto, numa encosta entre Orgal e Castelo Melhor, junto à EN 222, a alguns metros das margens do rio Douro - seguiram de imediato 52 operacionais, 15 viaturas e três meios aéreos: um helicóptero do INEM, um meio de busca e salvamento da Força Aérea Portuguesa e um helicóptero de coordenação da Proteção Civil. O corpo do piloto português foi encontrado carbonizado dentro do aparelho.

 

  Comunidado da Presidência da República (15jul2022)
Foi com pesar que o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa recebeu a notícia do falecimento do Comandante Piloto André Serra, durante o combate a um incêndio no teatro de operações de Torre de Moncorvo, Bragança. O Comandante André Serra será recordado pela sua coragem, bravura e dedicação ao serviço. À família enlutada, amigos e camaradas da Força Aérea Portuguesa - ramo das Forças Armadas onde serviu Portugal - apresenta o Presidente da República as suas sentidas condolências, nesta hora igualmente difícil para todos os operacionais do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais.

 

  António Costa na rede social Twitter (15jul2022)
comunicado ant costa.jpg

 

  O adeus ao piloto André Serra
funeral-piloto-foto-liliana-monteiro1606302cdefaul
O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, participou no domingo [17jul2022], na capela da Força Aérea, em Lisboa, na missa de corpo presente do piloto de combate aos incêndios que morreu num acidente na sexta-feira, em Foz Coa, distrito da Guarda. O Governo esteve representado nas cerimónias fúnebres pelo ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro. Marcelo Rebelo de Sousa tinha estado presente no velório, no sábado à noite. O funeral seguiu, pelas 14 horas, para o cemitério de Barcarena, Oeiras, onde o piloto foi cremado.

 

  Dez acidentes e nove mortes com aeronaves em combate a incêndios em Portugal desde 2009 (Fontes: Agência Lusa e Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários - GPIAAF)

2022
7 julho, Foz Coa, distrito da Guarda: Um avião anfíbio "Fire Boss", de combate a incêndios, despenhou-se em Castelo Melhor, concelho de Foz Côa. O piloto morreu na queda do avião.

2020
8 agosto, Lindoso, Ponte da Barca, distrito de Viana do Castelo: Um avião anfíbio pesado (Canadair CL215) que fazia parte do dispositivo de combate a incêndios rurais despenhou-se na zona do Lindoso, Ponte da Barca, distrito de Viana do Castelo, quando combatia um incêndio na Serra do Gerês, provocando um morto e um ferido grave. Em 21 de setembro, morreu o co-piloto do avião envolvido neste acidente.

2019
5 setembro, Sobrado, Valongo, distrito do Porto: Um helicóptero AS350-B2 colidiu com linhas elétricas e despenhou-se quando combatia um incêndio em Sobrado, Valongo, distrito do Porto, causando a morte ao piloto Noel Ferreira, de 36 anos, também piloto da Força Aérea e comandante dos Bombeiros Voluntários de Cete, em Paredes, distrito do Porto.
4 setembro, Pampilhosa da Serra, distrito de Coimbra: Um helicóptero ficou parcialmente destruído depois de cair durante a descolagem na Pampilhosa da Serra para combater um incêndio no distrito de Castelo Branco. O acidente deveu-se a um erro do piloto, que pensava estar a operar um modelo diferente daquele que realmente pilotava, concluiu Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF).
3 julho, barragem de Castelo de Bode: Um avião ligeiro de combate a incêndios ficou destruído quando abastecia água na barragem de Castelo de Bode. O acidente deveu-se ao facto de o piloto não ter recolhido o trem de aterragem, concluiu o GPIAAF.

2017
20 agosto, Cabril, Castro Daire: Um helicóptero da empresa Everjets caiu, tendo provocado a morte ao piloto, em Cabril, Castro Daire, distrito de Viseu, quando combatia um incêndio florestal.

2015
8 agosto, Arcos de Valdevez: Um helicóptero ligeiro de combate a incêndios despenhou-se quando regressava de um fogo em Miranda, Arcos de Valdevez, e duas pessoas ficaram feridas.
29 junho, Paços de Ferreira: Um helicóptero ligeiro da Proteção Civil caiu na localidade de Lamoso, concelho de Paços de Ferreira, quando estava a reabastecer-se de água numa lagoa para combater um incêndio naquela localidade, causando ferimentos ao piloto.

2012
3 setembro, Ourém: A queda de um helicóptero de combate ao fogo junto ao parque de merendas de Espite, no concelho de Ourém, fez dois feridos ligeiros.
19 julho, Beja: Registada amaragem de um avião anfíbio, que participava no combate ao incêndio em Tavira na albufeira do Roxo, devido a uma falha técnica, sem causar vítimas.

2009
12 agosto, Fundão: Um avião de combate a incêndios aterrou de emergência em Ferreiras, concelho de Fundão. Os dois tripulantes saíram ilesos.



Publicado por Tovi às 08:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 31 de Março de 2022
Um novo Parlamento e um novo Governo

Parlamento 2022.jpg 

Retomou funções na passada terça-feira um novo Parlamento, saído das eleições de 30 de janeiro e dando início a uma nova legislatura, com 120 deputados do PS, 77 do PSD, 12 do Chega, oito do IL, seis do PCP, cinco do BE e um de cada do PAN e do Livre. Augusto Santos Silva, 65 anos de idade, ex-Ministro dos Negócios Estrangeiros e candidato único apresentado pelo PS, foi eleito presidente da Assembleia da República com 156 votos a favor, 63 brancos e 11 nulos.

 

  Primeiro discurso de Santos Silva após ter sido eleito

  • Serei o primeiro presidente com origem, actividade profissional e residência no Porto.
  • Dirijo-me a todos, porque de todos serei o presidente. Agradeço a confiança, senhoras e senhores deputados, que acabais de me manifestar, elegendo-me para presidente da Assembleia da República.
  • Caras e caros colegas, é uma honra, que excede seguramente o mérito pessoal, esta que me dais de ocupar a mesma cadeira que, após a madrugada libertadora, se sentou Henrique de Barros e de me seguir a figuras como Almeida Santos, Mota Amaral, Jaime Gama, Assunção Esteves e Ferro Rodrigues, só para citar os que presidiram esta casa no último quarto de século.
  • O bom requisito para ser patriota é não ser nacionalista, isto é, não ter medo de abrir fronteiras, de integrar migrantes, de acolher refugiados, de praticar o comércio e as trocas culturais.
  • A interrogação sacode os preconceitos, abre caminhos, convida a ouvir as várias respostas, trava o passo ao dogmatismo e à intolerância. (...) As ideias próprias não precisam de ser gritadas, porque a qualidade dos argumentos não se mede em decibéis. O único discurso sem lugar aqui há de ser o discurso do ódio.

 

 

  Tomada de posse do XXIII Governo Constitucional
No dia de ontem [4.ª feira - 30mar2022] no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, tomou posse o Governo saído das eleições de 30 de janeiro.
image.jpg
Discursando nesta cerimónia o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, frisou que "Os portugueses escolheram mudar dando ao partido do Governo, desta vez, maioria absoluta", sendo que assim o Executivo terá "condições excecionais para, sem desculpas ou álibis, poder fazer o que tem de ser feito". Ainda assim, o presidente deixou um primeiro alerta: "Deram-lhe uma maioria absoluta; não lhe deram, como nunca acontece numa democracia, nem poder absoluto nem uma ditadura da maioria". E dirigindo-se explicitamente a Costa, Marcelo considerou que a maioria absoluta foi conferida não só a um partido, "mas, também, a um homem" que, na campanha eleitoral, "fez questão de personalizar o voto ao falar de uma escolha entre duas pessoas [ele próprio e Rui Rio] para a chefia do Governo".
António Costa, no seu discurso de posse como primeiro-ministro do XXIII Governo Constitucional, dirigiu palavras de "profunda gratidão" à equipa que cessou funções e que "enfrentou a tormenta" da pandemia da covid-19. Para o mandato que agora começa, promete uma atitude de "coragem e ambição" mesmo se confrontado com "tormentas e tempestades".

  E eu, que já vi muitas tomadas de posse de governos, muito me ri ao ouvir o discurso de Marcelo Rebelo de Sousa.


Luís ImpérioÉ um pandego o Marcelo....
António Conceição - Quando na faculdade fiz a cadeira de Direito Constitucional, os alunos dividiam-se em dois grupos: os que queriam saber Direito Constitucional e os que queriam despachar a disciplina com um dez. Os primeiros estudavam os manuais de Gomes Canotilho e de Jorge Miranda. Os segundos liam o manual de Marcelo Rebelo de Sousa. Marcelo Rebelo de Sousa é isto, foi sempre isto, da Faculdade de Direito à Presidência da República, passando pelo comentário futebolístico e de divulgação de novidades editoriais nas televisões: um bom resumo para tirar dez. Tem inteligência para ir muito mais longe, mas não vai. Fica-se pelo resumo. Como político, o país não lhe interessa, como, enquanto professor, o Direito também nunca o interessou. Interessa-lhe a chicana e a pequena trica politiqueira. Ontem, imagino, deve ter adormecido todo contente, porque se sentiu a tramar António Costa. Cortou-lhe as veleidades de abandonar o Governo a meio do mandato. Hoje, os jornais gastam muitas linhas a analisar o discurso de Marcelo. O discurso de Marcelo, como sempre, não tem qualquer relevância. É um discurso para quem quer um país a safar-se à rasca, com dez na oral.
Júlio Gouveia
Sinceramente parece-me bem. Eu nem sou pelo Marcelo, nem nunca votei nele, mas desta vez foi das rarissimas vezes que achei que esteve bem. O PS ganhou as eleições, e pir muitos e ganhou o direito dd governar 4 anos, mas estd PS apresentou-se com a cara do AC. Aliás foi o proprio AC que em variadissimas vezes durante a campanha disse que as eleições eram e o povo tinha de votar entre ele e o Rio.Ora se AC sair não se saberá se a vontade popular será a mesma e se o povo quer ou não renovar a maioria se AC não estiver. ALIAS ,parece-me mais que este aviso será para os potenciais futuros candidatos a PM e a secretario geral do PS, qusndo e se o Costa saisse avisando desde já que se o Costa sair, que estes candidatos não pensem que se forem eleitos secretario geral do partido terão a porta aberta de primeiro ministro sem que se tenham de candidatar perante o povo para eleições e ganharem legitimidades.
Isabel Sousa BragaEstá mais para chorar do que para rir 😔

 

  Os deputados da Assembleia da República elegeram hoje a socialista Edite Estrela (159 votos a favor em 224 deputados votantes, 59 brancos e seis nulos) e o social-democrata Adão Silva (190 favor, apenas 28 brancos e seis nulos) para duas das quatro vice-presidências da Assembleia da República. Cada um dos quatro maiores grupos parlamentares tem direito a apresentar um candidato a vice-presidente da AR. Os candidatos apresentados pelo Chega (Diogo Pacheco de Amorim na primeira votação e Mithá Ribeiro na segunda) e pela Iniciativa Liberal (João Cotrim de Figueiredo) não passaram na votação.



Publicado por Tovi às 18:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 28 de Março de 2022
Crise sismovulcânica em São Jorge

Captura de ecrã 2022-03-26 143916.jpg

Nos últimos dias, mais precisamente desde 19 de março, na ilha açoriana de São Jorge foram registados perto de treze mil sismos, na sua maioria com magnitudes de 1,6 a 3,3 na escala de Richter e intensidade máxima de III/IV (III-Fraco; IV-Moderado; Escala de Mercalli Modificada, que vai até XII). E vivemos na incerteza se surgiria um sismo de magnitude superior, mais devastador, ou uma erupção vulcânica. Não podemos esquecer que a ilha de São Jorge é "um conjunto de pequenos vulcões que formam uma língua de terra” e que os Açores estão “numa junção tripla de placas" (placa europeia, africana e americana), o que a torna uma região propícia a sismos. Segundo os dados dos Censos 2021, a ilha de São Jorge tem 8.373 habitantes, dos quais 4.936 no concelho das Velas e 3.437 no concelho da Calheta.

 


Captura de ecrã 2022-03-28 092717.jpgNo dia de ontem [27mar2022] o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, aterrou na ilha de São Jorge e deixou uma palavra de "serenidade" e "tranquilidade" às populações mais afetados pela crise sismovulcânica. "Nós estamos numa sociedade livre e, numa sociedade livre, cada um faz o que entende que deve fazer, porque a reação de cada qual é a reação de cada qual e parece-me que, perante aquilo que eu vi ate agora, a palavra a dar é de serenidade e tranquilidade", disse em declarações aos jornalistas. 
  Adao Fernando Batista Bastos
Não haverá problema, assim garante o "santeiro-sabe tudo" Marcelo...

 

 


Captura de ecrã 2022-03-28 100200.jpgA atividade sísmica que se tem vindo a registar desde 19 de março ao longo de uma faixa com direção WNW-ESE, num setor compreendido entre Velas e Fajã do Ouvidor, "continua acima do normal", de acordo com o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA). O sismo mais energético ocorreu a 19 de março, às 18h41 e teve magnitude 3,3 na escala de Richter. A ilha está com o nível de alerta vulcânico V4 (ameaça de erupção) de um total de sete, em que V0 significa “estado de repouso” e V6 “erupção em curso”. Entretanto, na sequência do mau tempo que se faz sentir em São Jorge, uma derrocada bloqueou o acesso à Fajã de Santo Cristo, isolando dez pessoas. De acordo com o presidente da Câmara Municipal da Calheta, Décio Pereira, as pessoas já foram contactadas e, como não têm urgência em abandonar o local, no dia de hoje o acesso deverá ser desobstruído em função de uma avaliação dos bombeiros e da Proteção Civil no local.
  Registos da manhã de hoje - IPMA
07h38 de 28mar.jpg



Publicado por Tovi às 08:20
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Quinta-feira, 24 de Março de 2022
XXIII Governo de Portugal

transferir.png
Novo Governo tem 17 ministros (menos dois do que o anterior) e 38 secretários de Estado (menos 12). E ao fim da tarde de ontem a SIC divulgou o que disse ser uma lista completa de nomes. Era esta:

  • Ministério da Presidência – Mariana Vieira da Silva (mantém-se)
  • Ministério dos Negócios Estrangeiros – João Gomes Cravinho (troca de pasta)
  • Ministério da Defesa Nacional – Helena Carreiras (novidade)
  • Ministério da Administração Interna – José Luís Carneiro (novidade)
  • Ministério da Justiça – Catarina Sarmento e Castro (novidade)
  • Ministério das Finanças – Fernando Medina (novidade)
  • Ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares – Ana Catarina Mendes (novidade)
  • Ministério da Economia e do Mar – António Costa e Silva (novidade)
  • Ministério da Cultura – Pedro Adão e Silva (novidade)
  • Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – Elvira Fortunato (novidade)
  • Ministério da Educação – João Costa (novidade)
  • Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social – Ana Mendes Godinho (mantém-se)
  • Ministério da Saúde – Marta Temido (mantém-se)
  • Ministério do Ambiente e Ação Climática – Duarte Cordeiro (novidade)
  • Ministério das Infraestruturas e Habitação – Pedro Nuno Santos (mantém-se)
  • Ministério da Coesão Territorial – Ana Abrunhosa (mantém-se)
  • Ministério da Agricultura e da Alimentação – Maria do Céu Antunes (mantém-se)

safe_image.jpg

 

  E confirma-se o que a SIC divulgou... já está no site oficial de informação da Presidência da República Portuguesa
Captura de ecrã 2022-03-23 202502.jpg

 

  Adoro estes títulos de primeira página
277117859_10166473619595475_2124747533036137482_n.



Publicado por Tovi às 07:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Março 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Novidades na Operação Inf...

Constituição Portuguesa s...

Sondagens sobre a crise p...

António Costa demitiu-se....

Marques Mendes na Presidê...

E agora como é que vai se...

Marcelo deverá vetar lei ...

Doações de veículos de co...

Quanto mais se mexe na m*...

Marcelo... Quem não o con...

O discurso do Presidente ...

Avião de combate aos incê...

Um novo Parlamento e um n...

Crise sismovulcânica em S...

XXIII Governo de Portugal

Morreu um agente da PSP v...

A China e a invasão da Uc...

Será desta?... Duvido

Operação Miríade

As eleições antecipadas c...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus