"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Segunda-feira, 29 de Julho de 2013
Bacalhau com Grão da Ramirez

 

Esta conserva da Ramirez - Bacalhau com Grão (Meia Desfeita) - é uma delícia. Já provaram?


«Mila Prozac» no Facebook >> Ainda não... mas obrigada pela dica!

«David Ribeiro» no Facebook >> É mesmo muito boa esta conserva e tem um preço muito simpático (cerca de 1,80 euros no Continente). Já tinha comprado há umas semanas mas só ontem provei.

«Jorge Veiga» no Facebook >> tenho de experimentar...

«Zé Carlos» no Facebook >> David Ribeiro, caso não conheça, tem de provar as conservas de atum de Santa Catarina dos Açores. Uma delícia

«David Ribeiro» no Facbook >>  Eu conheço as Conservas Santa Catarina, Zé Carlos. Costumo comprá-las n'A Favorita do Bolhão (no Porto), onde há sempre uma grande e boa variedade de conservas.

«Jorge Veiga» no Facebook >> Adoro as Ovas de Sardinha de uma conserveira do Algarve (não sei o nome). São óptimas! Compro-as na Chinesinha da Sá da Bandeira.

«David Ribeiro» no Facebook >> A Propeixe (de Matosinhos) tem uma variedade muito jeitosa de conservas de ovas. - Ovas de Sardinhas em Azeite da Propeixe

«Jorge Veiga» no Facebook >> Algumas conservas de ovas de sardinha ou cavala têm no tempero cravinho e eu não gosto do paladar, mas é pessoal.




Quinta-feira, 18 de Abril de 2013
Ovas de Sardinhas em Azeite da Propeixe

Ena pá!... Que maravilhosas são estas conservas de Ovas de Sardinha em Azeite, um produto artesanal da Propeixe.

{#emotions_dlg.star} Ovas de sardinha da Propeixe - A Propeixe é um produto de fabrico artesanal. A Propeixe é uma organização de produtores sediada em Matosinhos, cuja missão é a gestão da maior frota de pelágicos do país. Desde a sua fundação em 1985, a sua preocupação é valorizar o produto da pesca dos seus associados, que globalmente capturam mais de trinta por cento da produção nacional das espécies capturadas pela arte do cerco. Nesse âmbito, a Propeixe enveredou pela verticalização da sua actividade, dando início ao processo de transformação e conservação do pescado, provenientes das suas capturas. Sendo a qualidade o lema da Propeixe, o pescado é rigorosamente seleccionado, desde a captura, até à sua transformação em conserva. O método de produção é o pré-cozido artesanal, fruto dos conhecimentos e práticas ancestrais, que conferem ao produto uma qualidade e textura únicas. Todas as espécies e com especial predominância a sardinha, são expressamente congeladas no período em que registam os teores de gordura e paladar adequados, devidamente seleccionadas e acondicionadas, sendo de imediato ultracongeladas, o que permite preservar as propriedades organológicas e nutricionais e o seu sabor característico, garantindo um produto de alta qualidade e de grande longevidade.



Publicado por Tovi às 19:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 17 de Agosto de 2012
Sardinhas de conserva e vinho tinto da Beira Interior

Ontem ao lanche abri uma latita de conserva de Sardinhas de Matosinhos Picantes em Azeite com Picles, um interessante produto artesanal da Propeixe, e para acompanhar experimentei um vinho tinto da região de Castelo Branco, o Adega do Alto Tejo Selecção 2009, um excelente DOP Beira Interior feito pelo enólogo António Selas da Adega do Alto Tejo, com uvas das castas Trincadeira e Touriga Nacional, e cuja colheita foi feita manualmente para caixas de 20 kg, desengace total e escolha manual dos bagos em mesas vibradoras, seguindo-se maceração e fermentação em lagares de inox, com controlo de temperatura e estágio de 8 meses em cubas de inox e 5 meses em garrafa antes do início da comercialização. Apresentava aroma forte e agradável a frutos vermelhos, bastante redondo na boca e com final persistente.

Este lanchinho de fim-de-tarde foi uma perfeita harmonização entre sardinhas pescadas por barcos de cerco no mar de Matosinhos e transformadas em conserva pelo método artesanal “pré-cozido”, com um vinho do coração da região delimitada a norte pela Serra da Gardunha e a sul pelo rio Tejo, uma zona com características micro climáticas e solos muito especiais.


«Vitor Ferreira» in Facebook >> Eh pah agora fizeste-me recordar aquelas latas de conserva que era preciso uma chave para abrir... Como o tempo passa...

«Fernando Duarte» in Facebook >> ontem ao lanche... fui ao McDonalds



Publicado por Tovi às 07:26
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Posts recentes

Bacalhau com Grão da Rami...

Ovas de Sardinhas em Azei...

Sardinhas de conserva e v...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus