"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Quinta-feira, 21 de Maio de 2015
Black Pur

 Black Pur convite b.jpg

É hoje... e eu vou estar lá

 

E gostei… gostei mesmo muito do evento que a Quinta do Portal organizou na monumental Livraria Lello, na rua das Carmelitas no Porto, para apresentação de um novo vinho tinto - Black Pur - um regional duriense feito pelo enólogo Paulo Coutinho com uvas da colheita de 2012 das castas Malbec (67%) e Cabernet Sauvignon (33%). Os terrenos xistosos da margem esquerda do Rio Pinhão, onde se localiza este campo de ensaios da empresa da família Branco, deram a estas duas castas um carácter próprio e diferenciador, obtendo-se um vinho de cor negra violeta, com aromas a groselha e a cereja, com grande frescura e correcta acidez, bem estruturado, elegante e com grande volume de boca, com uma bela frescura aromática final, um vinho a beber na sua juventude mas que me trás curioso e à espera de ver o que nos dirá a sua evolução em garrafa.

Quinta do Portal Black Pur 21Mai2015 b.jpg

  Comentários no Facebook

«Antonio Cardoso» >> Gosto muito da casta Malbec principalmente os vinhos de Mendoza. Tenho de provar...

«David Ribeiro» >> É curioso, amigo António, como a casta Malbec, praticamente abandonada pela França, donde é originária, veio dar nos terrenos xistosos do Pinhão um vinho de cor escura, frutado e de bom corpo, exactamente aquilo que também se verifica na sua produção nas bordas da Cordilheira dos Andes. Vou acompanhar com muito interesse esta experiência da Quinta do Portal.

«Antonio Cardoso» >> Sim é verdade David Ribeiro

«Paulo Coutinho» >> De referir a altitude a que está plantada... 550metros. Mais precisamente na transição entre o Vale para o Rio Pinhão e o Vale da Vila de Favaios. Uma bela casta de Altitude!

«Antonio Cardoso» >> Tirei isto da Wikipédia - Malbec (pronounced: [mal.bɛk]) is a purple grape variety used in making red wine. The grapes tend to have an inky dark color and robust tannins, and are known as one of the six grapes allowed in the blend of red Bordeaux wine. The French plantations of Malbec are now found primarily in Cahors in South West France. It is increasingly celebrated as an Argentine varietal wine and is being grown around the world. Called Auxerrois or Côt Noir in Cahors, called Malbec in Bordeaux, and Pressac in other places, the grape became less popular in Bordeaux after 1956 when frost killed off 75% of the crop. Despite Cahors being hit by the same frost, which devastated the vineyards, Malbec was replanted and continued to be popular in that area where it was mixed with Merlot and Tannat to make dark, full-bodied wines, and more recently has been made into 100% Malbec varietal wines. Na Argentina representa 60% da produção mundial. O Douro é terreno propício para muitas profícuas experiências com algumas variedades como o Riesling e os projectos do Dirk. Paulo Coutinho a garrafa está muito apelativa mas o conteúdo deve ser ainda melhor. Estou curioso por beber. Noutro dia andei a procura de vinhos da casta Malbec e só encontrei um feito pelo Rui Reguinga em Mendoza.




Quinta-feira, 8 de Dezembro de 2011
Quinta do Portal

Eu e um colega de trabalho tivemos que ir ontem ao Douro ver umas obras e aproveitamos para almoçar na Quinta do Portal. Tivemos o prazer de ser recebidos por Paulo Coutinho, winemaker desta casa, que nos fez servir uma magnífica refeição acompanhada de excelentes vinhos do Douro (Quinta do Portal Branco 2009 e Quinta do Portal Reserva Tinto 2000) bem como um soberbo Moscatel à sobremesa.

Vou ter que voltar mais vezes… E vocês, já lá foram?... Aproveitem uma ida ao Douro e instalem-se na Casa das Pipas, uma unidade de agroturismo localizada na Quinta do Portal, com dez quartos expostos a Sul, uma piscina de grandes dimensões e todo o conforto num ambiente informal, mas com muito requinte, e que já foi distinguida com um prémio nacional no concurso Best Of Wine Tourism.


«João Baptista Vasconcelos Magalhães» in Facebook >> Amigo, tem também de ir à enoteca, em Alijó. Tem um branco divinal e um cabrito de sonho.



Publicado por Tovi às 08:24
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 20 de Agosto de 2011
Portal Colheita (Tinto) 2008

No jantar de ontem, para acompanhar uma muito simples Tosta Mista, abriu-se uma garrafa de Portal Colheita 2008, um muito bom tinto do Douro feito pela Soc. Quinta do Portal SA com as castas Tinta Roriz (60%), Touriga Nacional (25%) e Touriga Franca (15%). Ainda bem que no passado mês de Abril aproveitei uma promoção do Continente e comprei uma caixa deste vinho, tendo-me ficado cada garrafa de 75cl pelo simpático preço de 6,56€.


«Teresa Canavarro» in Facebook >> Que  bom David!

«Fernando Roque» in Facebook >> Estive ha pouco tempo nos Açores, e fiquei agradavelmente surpreso com os preços dos vinhos portugueses. À volta de 4, 5, 6 euros. É uma pechincha. Quanto ao vinho local custa 1€49 o litro. Quando penso que aqui em Montreal pago 4 vezes mais por esses mesmos vinhos... irra que gatunos estes canadianos.

«Zé Zen» in Facebook >> Se calhar é essa "gatunagem" que permite um nivel de viva superior aos cidadãos canadianos. Se Portugal fizesse o mesmo aos produtos importados, talvez não fosse pior.



Publicado por Tovi às 08:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 24 de Janeiro de 2010
Quinta do Portal Tinto Colheita 2003

O Club de Amigos Quinta do Portal, no seu mural do Facebook, desafiou os leitores a escolherem e partilharem com os amigos ou família vinhos da Quinta do Portal… e eu aceitei o desafio.

«David Ribeiro» in Facebook ► Não estava previsto abrir-se vinho do Douro no almoço de hoje, mas já que lançaram este desafio vou beber a última garrafa de QUINTA DO PORTAL TINTO COLHEITA 2003 (selo do IVDP: 17-26597-AI) que tenho na garrafeira cá de casa. Ainda não sei o que vai ser o repasto, mas a verdade é que um vinho feito com Touriga Nacional (15%), Tinta Barroca (15%), Touriga Franca (25%) e Tinta Roriz (45%), dá bem para acompanhar seja o que for.

«Club de Amigos Quinta do Portal» in Facebook ► Caro David Ribeiro. Ainda no Natal bebi o colheita 2002, e não estava com grande confiança, dado o ano em questão, e fiquei deveras surpreendido. Elegante, com um aroma muito apelativo, balsâmicos com fartura, mas com uma acidez que me surpreendeu... o 2003 já não o provo à algum tempo, mas tem obrigação de estar melhor que o 2002. Vinhos que aguentem assim tão bem, a 6-8€... Venha de lá essa apreciação.

«David Ribeiro» in Facebook ► Pois este tinto do Douro - Quinta do Portal Colheita 2003 - estava muito melhor do que eu pensava: Muito equilibrado de aromas, fresco e com bom final de boca, o que para um vinho com seis anos e que me custou em Abril de 2007 a módica quantia de 6,36€ (75cl.) é efectivamente grandioso.

«Club de Amigos Quinta do Portal» in Facebook ► Fico contente com o que me diz... e curioso em o provar e comprovar essa evolução. Abraço.



Publicado por Tovi às 20:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009
Tintos para o Bacalhau do Natal #1

«Luís Alexandre» in Facebook ► Tovi meu caro, és a pessoa indicada para me sugerir um tinto para acompanhar o belo do bacalhau, a compra será feita no ti Belmiro... fico a aguardar a tua ajuda. Um abraço

Ora bem!... Se estás disposta a comprar os vinhos para este Natal nas Lojas do Ti Belmiro, então eu vou aconselhar-te umas garrafitas escolhidas na “Loja Continente Online”.
Optei por vinhos tintos do Douro e do Ribatejo (depois tu decides o que irás comprar)… e também um Porto para acompanhar os doces desta época festiva.
Como estamos em ano de crise tive o cuidado de escolher vinhos cujo preço fosse considerado razoável para acompanhar um Jantar de Natal.
Tintos do Douro: Quinta do Portal – 7,59€/75cl.; Quinta da Pacheca – 7,99€/75cl.; Porca de Murça – 7,59€/75cl.
Tintos do Ribatejo: Quinta do Falcão Reserva – 8,99€/75cl.; Casal da Coelheira Reserva – 5,89€/75cl.
Vinho do Porto: Quinta do Portal Tawny 10 Anos – 18,49€/75cl; Taylor’s 10 Anos – 15,99€/75cl.
Um BOM NATAL para toda a família.

«Luís Alexandre» in Facebook ► Obrigado Tovi, vou com toda a certeza comprar um deles dependendo da disponibilidade da prateleira.

Depois vais ter que publicar (no Facebook ou no teu blog) as tuas "notas de prova".

«Luís Alexandre» in Facebook ► Mas isso é uma responsabilidade muito grande caro Tovi, é um risco porque pode mais ninguém beber o vinho... mas tudo bem, vou tentar perceber a sua essência.



Publicado por Tovi às 18:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 13 de Maio de 2009
Os vinhos da Quinta do Portal (II)

Ainda sobre a prova de vinhos que teve lugar na Fooding House Wine Bar no último Sábado, disse o Paulo Coutinho, enólogo da Quinta do Portal, no fórum da RevistaDeVinhos: Agora voltando ao tema... e dando a minha versão do evento... Cheguei e fui logo fazendo strip! Pois o dia começou para mim às 10am já no Porto a provar vinhos até ás 14:00!! De modo que tive de trocar de camisa logo ali, mesmo correndo o risco de tornar o ambiente um pouco brett! Com a ajuda do Frexou, depressa colocamos tudo a postos para a prova! Vinhos à temperatura, compotas a postos, catálogos, fichas técnicas… Às 19:30 lá chega a multidão! Apresentações feitas, vem logo o momento marcante: Tovi saca da cábula! Tinha uma pergunta para me fazer!!! Eu logo tremi! É que no Estoril já puxaram por uma cábula e desancaram em mim e nalguns dos nossos floristas da RVinhos. Mas um grande homem, que gostaria que fosse ele também florista… qualquer dia aparece! Nuno de seu nome! E realmente o Tovi impressionou-me por esse gesto e acaba de me surpreender agora na descrição dos vinhos provados… O Luis Paiva sempre sereno mas conhecedor… e o Jorge Rodrigues com um sorriso como que a por em causa cada apreciação feita! Estávamos nós já a acabar os tranquilos, quando entra o João Rosé! Descambou tudo! Quando nos apanhou (pois ele fez questão de provar os anteriores) lançou a confusão sobre a ordem de prova! Mas como bons durienses que somos, lá provamos das duas maneiras. Ficaram todos os demais floristas a ganhar! Discussão do tema e prova a dobrar! No final 4 tranquilos e 5 Portos! Duas horas de intensa cavaqueira e discussão, animada por dois floristas do Douro. Obrigado Rosé por apareceres. A Joana Neto foi a responsável pela manutenção da serenidade da prova e pelas belas fotos depois de termos conseguido expulsar a multidão! Meus caros floristas do sul e floristas do norte que não apareceram… tive muita pena de não os ter presente. Mas fica para a uma próxima… alta ainda a descrição do JRosé e do Frexou, este último que poderá lançar um tópico sobre “Rosé - um subproduto desmistificado!” ou algo parecido… bem como falar das tapas servidas para cada um!

 

«Frexou» / RevistaDeVinhos ► Yep! Embora não seja adepto de rosés, assumo que tinha a ideia que os rosés de sangria eram apenas uma forma de aproveitar perdas... Mas pelos vistos o Paulo Coutinho defende o rosé em sangria! e o vinho até estava interessante, embora mais apelativo no nariz que na boca, como disse o Tovi, tinha algum corpo e estrutura, provavelmente pra pratos asiáticos. Já as tapas, foi servido um salmão curado para o branco e rosé; umas empadas chilenas para o primeiro tinto, tinta roriz 2006 que se mostrou muito integrado, apesar dos seus 15%Vol; um crostini de caña de lomo com gorgonzola para o Grande Reserva 2006, este sim, um vinho complexo, profundo, a pedir tempo, paciência e copos grandes para o disfrutar. Para o bintáge 2007, um chévre com compota de framboesa. O Vintage estava muito interessante quando foi refrescado, nada duro, muito prazenteiro. Certamente será um Vintage pra se beber em novo, e durante os próximos anos. Eu, porque tive a sorte de ficar com os "restos" da prova, ando-me a deliciar com o Moscatel Reserva 2000 da Quinta do Portal. Está muito muito muito interessante.Poucos mas bons, agradeço aos que estiveram presentes! Acho que foi uma tertúlia interessante!



Publicado por Tovi às 21:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 10 de Maio de 2009
Os vinhos da Quinta do Portal

 

«xarax» / RevistaDeVinhos ►  (...) está-me a parecer que esta apresentação da Quinta do Portal configura todos os critérios para ser uma "Offline do Fórum". Espero que alguém possa fazer um relatório depois.

«Jorge Rodrigues» / RevistaDeVinhos ► Foi mesmo uma "offline" do forum - Além dos que já conhecia, o Frexou (anfitrião como deve ser - fez-nos sentir em casa, presente mas não impositivo), a Joana Neto e o João Roseira, conheci o Paulo Coutinho (excelente e desenvolta explicação, simplicidade e postura no registo certo, acolhedor e descomplicado), o Tovi e o mlpaiva. Fora do forum só apareceu um familiar do Tovi, além de um elemento da parte comercial da Quinta do Portal. E foi uma pena! Os vinhos apresentados mereciam mais público, especialmente o Tinta Roriz 2006, o que mais me agradou, excelente equilíbrio entre o aveludado e os taninos que lhe davam um final persistente. O Rosé 2008, mais gastronómico e complexo do que estava à espera, também me surpreendeu. Não será para beber apenas num fim de tarde numa esplanada, no Verão, mas sim à mesa. O Reserva 2006 (sobretudo T.Roriz e TN), apesar da elegância e do final longo encheu-me menos as medidas do que o monovarietal. Também gostei da experiência do Colheita Tardia 2007, ainda em fase experimental, fruta tropical bem madura, com a doçura controlada e a frescura equilibrada, num conjunto muito bem conseguido. Nos Portos, depois de resolvida, a contento das partes, a ordem de prova, destaco sobretudo o "Tóni 20 anos" e o Vintage 2007, se bem que este não tenha arrefecido o suficiente na 1ª prova, mas na 2ª, passado uns minutos, já estava bem melhor. O LBV não me entusiasmou tanto, mas admito estar enganado.

 

Pois é como disse o Jorge Rodrigues... O Paulo Silva («Frexou») do Fooding House Wine Bar convidou a Quinta do Portal para as provas de vinho do fim de tarde de Sábado e eu estive lá… E gostei muito, quer da forma simpática como fui recebido, quer das tapas e dos vinhos, quer da forma simples mas eloquente como o enólogo Paulo Coutinho nos deu a conhecer os vinhos desta casa com tradição centenária na região do Douro e muito mais ainda da sã e franca camaradagem entre todos os que por lá apareceram. (Parece que vai haver fotos para mais tarde recordar…).
O Quinta do Portal Branco 2008 (Rabigato 35%, Malvasia Fina 30%, Gouveio 25% e Viosinho 10%) surpreendeu-me pelos seus aromas tropicais e longo final; O Rosé 2008 ( Tinta Roris 50%, Touriga Nacional 35% e Touriga Franca 15%) é realmente fora do vulgar, mas pareceu-me mais exuberante no nariz que na boca; O Tinta Roriz 2006 e o Grande Reserva 2006 (Touriga Nacional 50%, Tinta Roriz 35% e Touriga Franca 15%) são sem qualquer sombra de dúvida dois grandes tintos DOC Douro e que, estou certo, ainda irão evoluir positivamente em garrafa.
O Colheita Tardia 2007 que nos foi dado a provar é engraçado pela novidade; O Moscatel Reserva 2000 está perfeito; O Tawny 20 Anos é um clássico tawny velho; O LBV (era de 2006, não era?...) e o Vintage 2007 ainda estão naquela fase que só sabem a fruta, mas já sem encortiçarem a boca.

 

«mlpaiva» / RevistaDeVinhos ► (...) Parece que vai haver fotos para mais tarde recordar… (...) - Acho que esta será suficiente, no que aos floristas diz respeito:

«Jorge Rodrigues» / RevistaDeVinhos ► Equipa inicial do FRV, da esquerda para a direita: Genro do Tovi, Tovi, João Rosé, Frexou, mlpaiva, Jorge Rodrigues e Paulo Coutinho. A Joana Neto estava envergonhada e escondeu-se.

«Guilherme Lickfold» / RevistaDeVinhos ► mlpaiva, o copo?

«mlpaiva» / RevistaDeVinhos ► Poix!... Tinha-o pousado para ir buscar a máquina fotográfica... Mas depois recuperei-o:

 

«Paulo Coutinho» / RevistaDeVinhos ► "...O LBV (era de 2006, não era?...)" - Nop! Esta era fácil! LBV só depois de 4 anos após colheita! Era o 2005. Abraço.

«Tovi» / RevistaDeVinhos ► Pois!... Era só fazer as contas...




Sexta-feira, 8 de Maio de 2009
Quinta do Portal no Fooding House

A Quinta do Portal é uma referência no Douro… E amanhã, por volta das sete da tarde, o Fooding House (Wine Bar na Foz do Douro / Porto) vai-nos proporcionar um fim de tarde refrescante, onde não só nos vamos deliciar com umas tapas e um bom copo de vinho da Quinta do Portal, mas também aprender muito com as explicações do enólogo Paulo Coutinho… Eu vou lá estar e depois vou-vos contar como foi.

 

«Antonio Madeira» / RevistaDeVinhos ►  Pena estar a 1500km, senao tb la aparecia. Tive a oportunidade de visitar a semana passado a Quinta do Portal, de provar os vinhos e de conhecer o Paulo Coutinho e devo dizer que foi fantastico! Os vinhos sao diversos e muito bons e o Paulo é mesmo 5 estrelas! Aproveitem!

 

«Viriato» / ViriatoWeb ► Fooding House... Wine Bar... qualquer dia passam a chamar a isso o wine do Oporto e là desaparece mais um bocado da identidade portuguesa, tal como desapareceu o Escudo, a bandeira passou a ter pagodes chineses e o hino jà quase ninguém o sabe cantar!  Viva o gangue-mafioso Bilderberg!

«Tovi» / ViriatoWeb ► Isso de falta de identidade portuguesa era se estivéssemos a falar de tascos ou de tabernas…

«XôZé» / ViriatoWeb ► A tradução literal não será precisamente essa mas não faz mal. Para um gajo que não pesque nada de inglês, ao ler o nome desse estabelecimento ainda pensará que se trate de muito pior.

«Viriato» / ViriatoWeb ► pois, o pessoal até vai pensar que é uma "house" onde se podem dar umas "foodingas"!

«Tovi» / ViriatoWeb ► Só para os “analfabetos”: A Cafeína Fooding House ("Food" mais "feeling" é o significado do nome deste espaço) é uma antiga mercearia de espaço limitado, transformada numa loja requintada, moderna e distinta e onde se pode encontrar uma diversidade de doces, geleias, biscoitos, chás, chocolates, azeites, vinagres balsâmicos, vinhos, aperitivos, molhos e massas.



Publicado por Tovi às 21:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Posts recentes

Black Pur

Quinta do Portal

Portal Colheita (Tinto) 2...

Quinta do Portal Tinto Co...

Tintos para o Bacalhau do...

Os vinhos da Quinta do Po...

Os vinhos da Quinta do Po...

Quinta do Portal no Foodi...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus