"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019
O dia seguinte às Eleições Gerais no Reino Unido

I160623c.jpg

  Resultado final das Eleições Gerais no RU
Captura de Ecrã (362).png

  Comentários no Facebook

Rui Moreira - Amanhã, os jornais portugueses vão dizer que os britânicos perderam. Ninguém dirá que o Labour se travestiu de BE, não soube dizer se queria brexit ou remain. Entretanto, a independência da Escócia parece inevitável. A Inglaterra será uma colónia da sua ex-colónia americana.

Pedro Braga de Carvalho - A maioria absoluta dos Conservadores de Boris Johnson vai finalmente conduzir à consumação do maior erro na política externa britânica no pós-guerra. E veremos, com o tempo, quais os estragos que esta consumação poderá trazer à unidade do reino. Do you still rule, Britannia?

Raul Almeida - A vitória de Boris Johnson traduz diferentes realidades. Primeiro, os britânicos querem inequivocamente o Brexit, as percepções contrárias, como a minha, estavam erradas. Segundo, foi uma derrota absoluta da esquerda que Corbyn protagoniza, um misto de populismo errância e cobardia. Terceiro, a Europa e o Reino Unido começam agora uma reconfiguração profunda, que exige o melhor de todos. Quarto, Boris Johnson, de quem não gosto nem um bocadinho, tem total legitimidade política para pôr o seu plano em marcha, I hope there is one.



Publicado por Tovi às 09:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
Eleições Gerais no Reino Unido

_110031504_p07x3gw4.jpg

Particularidades das eleições gerais de hoje no Reino Unido:
- Quarenta e seis milhões de eleitores para escolher o novo Parlamento Britânico e, por consequência, o primeiro-ministro que governará o país.
- Nestas eleições gerais, o primeiro-ministro não é eleito diretamente pelo povo. Os eleitores escolhem um representante para o seu distrito eleitoral — são 650 no total, com um máximo de 80 mil eleitores em cada – que será o seu representante no parlamento.
- O primeiro-ministro é escolhido pelos parlamentares do partido vencedor (aquele que reuniu o maior número de cadeiras) e nomeado pela rainha num ato protocolar.

 

  11h30 de 12dez2019

 Malta do PAN… ponham os olhinhos nisto
Captura de Ecrã (360).jpg

   22h00 de 12dez2019

Primeiras projeções 
78834385_10157972228994522_3275441273674137600_n.j



Publicado por Tovi às 11:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 3 de Novembro de 2019
Escócia a caminho da independência... será?

Milhares de manifestantes reclamaram no dia de ontem, em Glasgow, um novo referendo.
Captura de Ecrã (315).png



Publicado por Tovi às 08:03
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 19 de Outubro de 2019
O dia seguinte... em Barcelona

urquinaona-acn-maria-belmez-1571472572041.jpg
A capital da Catalunha acordou este sábado com a ressaca das manifestações de ontem, que reuniram mais de meio milhão de pessoas contra a sentença do “Procés” e só em Barcelona provocaram 152 feridos, cinquenta dos quais necessitaram de serem conduzidos a centros médicos. Para hoje já está marcado um novo protesto (convocado pela Arran, organização de jovens da esquerda pró-independência catalã, e a que aderiu a CDR, Comitês de Defesa da República) na Praça de Urquinaona, pelas 18 horas, exigindo a demissão do “conseller” do Interior, Miquel Buch.

Ventos de mudança parecem soprar na Catalunha… assim se fazem as Revoluções.

 

   elPeriódio

11h28 - El presidente de la Generalitat, Quim Torra, ha presidido este sábado el gabinete de seguimiento para analizar los disturbios de anoche, tras la quinta jornada consecutiva de protestas violentas en diferentes puntos del territorio, sobre todo, en la capital catalana. En la reunión, que ha comenzado a las 8.00 en el Palau de la Generalitat, han participado también el vicepresidente catalán, Pere Aragonès, el 'conseller' de Interior, Miquel Buch, la 'consellera' de Presidència, Meritxell Budó, la titular de Justícia, Ester Capella, y la de sanidad, Alba Vergés. Según informa presidencia de la Generalitat, durante la reunión se han evaluado los altercados de anoche así como el dispositivo de seguridad que se desplegó. En el encuentro se ha destacado la "necesidad de hacer un llamamiento a la movilización pacífica y cívica, y al aislamiento de las personas con actitud violenta. Asimismo, en esa reunión se ha acordado la comparecencia de Torra este mediodía en el Palau de la Generalitat y la de Buch, que se ve con Marlaska, en el departamento de Interior. 

13h09 - Salut ha informado de que 19 personas permanecen ingresadas por los disturbios que han comenzado en Catalunya desde que conociera la sentencia del procés'. Siete están en el Hospital Sant Pau: 5 graves (3 por lesiones oculares); 1 menos grabe y 1 evoluciona favorablemente (ingresó el día 16). Tres en el Sagrat Cor, uno de ellos grave y dos en Vall d'Hebron, uno de ellos muy grave y un segundo leve.

13h39 - La Guardia Urbana de Barcelona ha colgado un tuit en el que recomienda a los comercios de la plaza de Urquinaona y alrededores a bajar persianas esta tarde ante la manifestación convocada por Arran y apoyada por los CDR que arrancará a las 18.00 horas.

16h23 - Ya son 11 el número de detenidos a los que se les ha decretado prisión por los graves disturbios de esta semana en protesta por la sentencia del 'procés'. Seis fueron arrestados en Barcelona, dos en Girona, dos en Tarragona y uno en Lleida.

18h13 - Agentes de los Mossos d'Esquadra registran las mochilas de las personas que acceden a la plaza Urquinaona y graban a los asistentes, lo que ha generado gritos de 'Fuera las fuerzas de ocupación'.

18h59 - Varios dirigentes de la Candidatura d'Unitat Popular (CUP) se han situado en la cabecera de la manifestación convocada por los autodenominados Comitès de Defensa de la República (CDR) y movimientos de la izquierda independentista para pedir la dimisión del 'conseller' de Interior, Miquel Buch. La manifestación se ha iniciado hacia las 18.00 horas en la plaza Urquinaona de Barcelona, bajo un amplio dispositivo policial, y avanza lentamente hacia Ronda de Sant Pere, con una pancarta con el lema "Basta ya de represión. Libertad presas políticas. Brimo disolución. Buch dimisión".

19h14 - En los controles preventivos que los Mossos han realizado en las inmediaciones de la plaza Urquinaona para comprobar la posible existencia de material preparado para posibles disturbios, se han identificado a un número importante de vascos, navarros y extranjeros, según fuentes policiales.

20h06 - Una cadena humana formada por decenas de personas, en su mayoría de mediana edad, impide que manifestantes puedan acercarse al cordón policial instalado al comienzo de la Via Laietana. Este "cortafuegos" impide que personas que han asistido a la manifestación convocada por los autodenominados Comités de Defensa de la República (CDR) y movimientos de la izquierda independentista para pedir la dimisión del 'conseller' de Interior, Miquel Buch, puedan acercarse a los policías que impiden el tránsito por la Via Laietana.

22h16 - Los manifestantes más adultos de las primeras filas, claves para calmar los ánimos cada vez que salta una chispa. Manifestantes lanzan un bote de humo amarillo, intento de provocación que de nuevo ha calmado la fila de delante. Nuevos lanzamientos a la policía apaciguados por las primeras filas de la manifestación en la plaza Urquinaona. Quedan unas mil personas en la concentración, la gran mayoría de ellas sentadas en dirección al cordón policial.

23h51 - La tensión crece en la concentración de Urquinaona, donde un grupo ha encendido una gran barricada. Los avisos de carga del cordón policial son por este incidente. Los Mossos acuden al lugar, la parte posterior de la concentración, con los Bombers para apagar el fuego. La policía catalana dispara foam contra el grupo de exaltados, que se dispersa. Imágenes de contraste en el centro de Barcelona: celebración en Via Laietana después de la retirada del cordón policial y cargas de los Mossos en las Rambles contra un grupo reducido. Los agentes bajan por la emblemática vía dispersando a un pequeño grupo de exaltados con disparos de foam.

 

 ...e no Chile
0K9R8DW9.jpg
E enquanto na Europa as atenções estão viradas para a Catalunha, o Presidente do Chile, Sebastián Piñera, decretou nas primeiras horas deste sábado o estado de emergência em Santiago, após os violentos protestos desencadeados na capital contra o aumento do preço do bilhete de metro.
O Povo com a força da Razão.

 

   ...e em Londres
image.jpg
Ao mesmo tempo que os deputados debatem o Brexit no Parlamento britânico, milhares de pessoas enchem as ruas de Londres para exigir um novo referendo.

 

 …e em Hong Kong
mw-860.jpg
A polícia de Hong Kong proibiu hoje uma manifestação convocada para este domingo, pela Frente Cívica dos Direitos Humanos, por questões de segurança pública, considerando que este tipo de concentrações tende a dar origem a incidentes violentos.



Publicado por Tovi às 09:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 19 de Maio de 2018
Casamento Real de Harry e Meghan

casamento real 01 19Mai2018.jpg

 

Caramba!... Já passa das nove e meia e eu ainda ando de pijama. Tenho que me arranjar para o Casamento Real.

«Zé Regalado» - Quando chegares liga-me que tenho um lugar reservado para ti, a cerca de 20 m do local por onde vão passar.

«David Ribeiro» - Isso é para plebeus... eu vou para o púlpito da igreja (que alguém tem que ligar e desligar as ventoinhas de refrigeração).

 

Ouvi dizer que Duarte Nuno de Bragança não foi convidado. Já não há respeito nenhum.

 

casamento real 02 19Mai2018.jpgDigam lá se o meu fatinho está ou não perfeito para o Casamento Real?... custou-me uma nota o aluguer.

«Zé Regalado» - Emagreceste de caraças

«David Ribeiro» - Está-me um pouco apertado, é verdade... lá terei que ir sempre a inspirar.

«Zé Regalado» - Vai ser lixado é na boda

«David Ribeiro» - Durante os comes e bebes ponho o casaco pelas costas... e desaperto o botão do colarinho.

«Zé Regalado» - E podes tirar os sapatos, também

«David Ribeiro» - Isso não... não mudei de meias.

«Elisabete Loureiro» - Tem de ser fraque... esse não serve! 😂

«David Ribeiro» - O George Clooney também veio da fatinho... e até um pouco já coçadito.

«Elisabete Loureiro» - Mas o David é muito mais importante do que o George! 🙂

«David Ribeiro» - É uma querida a Elisabete Loureiro.

 

Olha!... Chegou agora a Sarah Ferguson à Capela de São Jorge. Tive em tempos uma paixoneta por esta bife... mas passou-me. Vi agora a princesa Anna, filha de Isabel II, rapariga da minha geração e que nunca deveu muito à beleza, está um caco e já nem a reconhecia.

«Elisabete Loureiro» - Na minha opinião, embora não conhecendo a fundo a monarquia britânica, tenho ideia que a única mulher bonita com sangue real, da casa de Windsor, continua a ser a rainha Elisabeth. Se calhar estou a dizer um tremendo disparate, mas não percebo nada disto.

 

Agora vou ao tacho... está ali um rosbife a chamar por mim.

«Elisabete Loureiro» - Pronto, estragou tudo! Usa a palavra rosbife e diz que vai ao "tacho".... quanto muito dizia que vai à terrina ou assim! 😂 Bom apetite!

«David Ribeiro» - O verdadeiro "rost beef" é feito num tacho, minha querida Elisabete Loureiro. LOL



Publicado por Tovi às 10:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 17 de Maio de 2018
Violência e Corrupção no Futebol Nacional

MKF92WQH.jpg

Na década de oitenta do século passado a Primeira-Ministra do Reino Unido, Margaret Thatcher, perante o descalabro a que tinha chegado a violência dos adeptos britânicos no futebol, atacou o hooliganismo com mão de ferro. Estaremos em Portugal ainda longe desta situação, mas prevenir é sempre melhor que remediar.



Publicado por Tovi às 14:34
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 14 de Abril de 2018
Já caíram mísseis sobre a Síria

img_818x455$2018_04_14_09_38_58_728599.jpg

Ataque coordenando entre EUA, França e Reino Unido lançou 110 mísseis sobre alvos referenciados à produção e armazenamento de armas químicas.

 

   11h45 de hoje

“Portugal compreende” os bombardeamentos desta madrugada, diz o Ministério dos Negócios Estrangeiros... e Marcelo Rebelo de Sousa concordou.

   Comentários no Facebook

«André Eirado» - Espero que não espolete uma guerra mais intensa

«Mié Mendes Moreira» - Primeiro bombardeia-se, supostamente por existirem provas. Depois mandam-se os inspectores averiguar. Onde é que já vi isto?...

 

   12h45 de hoje

Theresa May justifica bombardeamentos com informações secretas.

    Comentários no Facebook

«Jose Bandeira» - Onde é que já ouvi isto também? Estamos num "remake' da guerra no Iraque. Cheira-vos a petróleo?

«Mié Mendes Moreira» - As informações que originaram a guerra do Iraque também eram secretas... ;) Tão secretas, mas tão secretas, que nunca foram comprovadas.

 

   13h00 de hoje

"A actual escalada em torno da Síria afecta de modo destrutivo todo o sistema de relações internacionais. A história vai decidir tudo", disse Putin num comunicado divulgado pela assessoria de imprensa do Kremlin.

 

   13h45 de hoje

Sejamos pragmáticos. A existir fabrico e armazenamento de armas químicas nos territórios controlados por Bashar al-Assad é difícil de aceitar que após as ameaças de Donald Trump o governo e as forças militares da Síria, com eventual aconselhamento da Rússia, não tenham atempadamente deslocalizado estes equipamentos das três áreas agora bombardeadas.

   Comentários no Facebook

«Fernando Duarte»e com isto tudo vão regressar os "ataques terroristas" nestes 3 países. Os islamistas dizem que cada um "bombardeia" com as armas que tem

«Jose Riobom» - Pareces muito satisfeito e muito feliz… Eu não... e não é por motivos políticos, esses a mim são-me indiferentes, mas por motivos humanos... Sei por experiência o que é uma guerra... Estás a mudar... lentamente... alguém anda a fazer a tua cabeça... infelizmente! Estás a virar propagandista ! Lamento....

«David Ribeiro» - Ou percebeste mal o que eu disse, Jose Riobom, ou eu não fui suficientemente claro. Eu participei directamente na “segunda guerra de libertação” em Angola (assim lhe chamou o MPLA) e por isso sei bem o que são os HORRORES da guerra.

«Jose Riobom»A forma como defendes um dos lados diz-me tudo... É PRECISO PARAR TODOS OS LADOS...! Estou com Guterres... O "precisamos de ser pragmáticos" cheira-me a discurso ensaiado num cenário Trumpeiro... igual ao das armas de "destruição maciça" do Iraque... Essa gente dos USA é tão boa quanto a gente do Putin... É PRECISO PARAR tudo e todos para bem da humanidade no seu todo sem "sermos pragmáticos"... sómente humanos que respeitam a sua espécie...

 

   15h45 de hoje

Acabei de falar (via messenger) com um velho e querido amigo russo que ainda faz uns biscates nos serviços de inteligência do Kremlin e afirma-me ele que a resposta da Rússia deve ser não militar mas baseada no direito internacional, até porque ninguém sobreviveria a uma guerra entre Rússia e EUA.

   Comentários no Facebook

«Antero Filgueiras»Diga lá ao seu amigo que vive em Paris (e que eu conheço muito bem, assim como a simpática esposa), que a Rússia é só tretas, pois tem uma Economia de "caca" comparada com a esmagadora maioria dos países fortes da Zona Euro. O resto é ballet e marionetas. Já foi assim que Reagan esmagou a ex-URSS, cujo "elástico económico", tal como se provou e comprovou era demasiado fraco. Ou será que você não lê nada sobre análise económica internacional?!



Publicado por Tovi às 10:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2017
Travado plano para matar Theresa May

May.jpg

   Comentários no Facebook

«Gonçalo Graça Moura» - O que é estranho porque é das poucas conservadoras pró-islamistas...

«David Ribeiro» - ...e ainda mais estranho quando o terrorismo jihadista nunca, ao que me recordo, praticou actos violentos contra figuras públicas.

«Rodrigues Pereira» - Manobra eleitoral desesperada, David [Emoji wink;-)]

«Gonçalo Graça Moura» - Parece um bocado óbvia demais...

«David Ribeiro» - Houve um tempo em que para o MI5 tudo era culpa do IRA... agora será dos jihadistas?

«Gonçalo Graça Moura» - Não sei, mas que se põem a jeito põem...

«Raul Vaz Osorio» - Pois, uma destas na altura em que May meteu mais uma vez os pés pelas mãos com a negociação do Brexit no que respeita à fronteira com a Irlanda, cheira mesmo a esturro. "Estão a ver? O Brexit só pode ser bom, os terroristas islâmicos estão contra!". Primário, mas isso também os eleitores que votaram sim o são, na sua imensa maioria.



Publicado por Tovi às 14:31
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 2 de Novembro de 2017
Uma injustiça histórica… até hoje

2Nov2017 aa.jpg

(Arthur James Balfour, secretário britânico dos Negócios Estrangeiros entre 1916 e 1919 e autor da Declaração Balfour, de 2 de novembro de 2017 - Foto Wikimedia Commons)

É um dos documentos polémicos da História e faz 100 anos esta quinta-feira. Pela Declaração Balfour, os britânicos prometeram um “lar nacional” aos judeus num território que não era deles e onde os judeus eram minoritários. Hoje, os israelitas festejam; os palestinianos exigem a reparação dessa “injustiça histórica”.

   Expresso online de hoje, por Margarida Mota

 

  Comentários no Facebook

«Gonçalo Graça Moura» - Qual injustiça? Esqueces que pelo menos 30 anos antes o movimento sionista já investia nos territórios, tendo causado uma verdadeira revolução na agricultura e tendo feito com que zonas áridas fossem férteis e permitissem o estabelecimento de populações semi-nómadas, entre judeus e árabes... os "palestinos" são uma ficção pós guerra dos seis dias.

«David Ribeiro» - Mas há alguém, além dos senhores do poder israelita, que entenda que os palestinos não têm razão de existir?

«Gonçalo Graça Moura» - percebeste a coisa ao contrário, os "palestinos" é que acham que os israelitas não têm razão para existir... aliás foram criados para isso...



Publicado por Tovi às 11:22
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 9 de Junho de 2017
Theresa May ganhou as eleições, mas…

Reino Unido 9Jun2017 aa.jpg

Ninguém conseguiu a maioria absoluta nestas eleições no Reino Unido e vamos ter que esperar pelos próximos dias para ver quem se vai coligar com quem para atingir os necessários 326 lugares no Parlamento e formar o governo que executará o Brexit.

 

   Comentários no Facebook

«Carla Afonso Leitão» - alguns "rasgaram-lhe" os planos, fico muito feliz com isso!

«David Ribeiro» - Os Unionistas da Irlanda do Norte (DUP) vão fazer-lhe o jeito e Theresa May safa-se desta bronca.

«Diamantino Hugo Pedro» - Nem mais

«Carla Afonso Leitão» - A bronca que ela própria criou, estas eleições foram para esmagar o Jeremy Corbyn e o calar de vez. Não foi a debates, logo, abriu o flanco por dar a entender que o temia, aludia a rasgos nos direitos humanos por questões de segurança, mas, hello (!) ela cortou gravemente no budget das polícias enquanto ministra que as tutelava. Normalmente, um atentado, atentados, levam a considerar como vítima o poder vigente, mas ela sujeitou-se e aí está!

«Gentil Gomes Da Costa» - Com 318 lugares alcançado, basta um acordo com os Unionistas para ter uma maioria parlamentar de 328.

«David Ribeiro» - Unionistas que, recorde-se, ganharam mais dois lugares no Parlamento.

«Gentil Gomes Da Costa» - Sim, e o facto de o Sinn Feinn não ocuparem os lugares no parlamento, apesar de terem sido eleitos, da mais conforto a uma possível maioria Tory/DUP

«Carla Afonso Leitão» - o mérito do Jeremy é o demérito da May…

«Gentil Gomes Da Costa» - O tiro no pé de Theresa May foi ter convocado eleições sem ter necessidade. É uma líder que não tem carisma e demonstrou ser de pouca confiança, visto que mudava de opinião com frequência. Desde que foi eleita líder do Partido, nos últimos meses, disse 7 vezes que nunca convocaria eleições. May ignorou o eleitorado, e a camada mais jovem, de certo modo desacreditada do establishment político e queima pelo referendo, foi captada com eficácia por Corbyn.

«Carla Afonso Leitão» - Claramente! A arrogância tem os seus custos.



Publicado por Tovi às 09:37
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 4 de Junho de 2017
Mais um ataque terrorista em Londres

Londres 3Jun2017 aa.jpg

Na noite de ontem a London Bridge e o Borough Market foram alvo daquilo que tudo leva crer ter sido mais um cobarde ataque terrorista, desta vez com sete vítimas mortais (mais os três presumíveis atacantes abatidos pela polícia) e perto de cinco dezenas de feridos, vinte e um em estado grave. Tudo começou quando um veículo atropelou várias pessoas numa das pontes que cruzam o rio Tamisa, tendo depois os seus três ocupante fugido para os restaurantes e bares da zona de Borough onde esfaquearam várias pessoas e acabaram por ser abatidos pelas forças de segurança.



Publicado por Tovi às 13:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 23 de Maio de 2017
Explosão no Manchester Arena faz 22 mortos

naom_59236cebcec20.jpg

À hora que escrevo este texto [10h10 de 23Mai] parece já não haver dúvida que foi um bombista-suicida que provocou a explosão no local onde decorria ontem à noite o concerto da cantora norte-americana Ariana Grande, sendo crianças e jovens a maioria do público que se encontrava nesta sala de espectáculos de Manchester.

Estou em crer que este tipo de “incidentes” se vão tornar o dia-a-dia das grandes cidades europeias e, pior do que tudo, irão acabar por se tornar banais, seguramente um calamidade que afectará de forma ainda imprecisa a nossa civilização ocidental.

 

  Comentários no Facebook

«Nuno Morgado» - Já o disse noutro local que as democracias tem de entender que há indivíduos e grupos com que é preciso ter "um diálogo" que eles entendam. A democracia e a civilização que lhe está subjacente tem de saber interpretar sem fatalismos. Há que saber atuar quando os limites são ultrapassados e prevenir para que a liberdade se mantenha dentro desses limites.

«Maria Vilar de Almeida» - O Mundo Ocidental Europeu SOBREVIVEU ao IRA e à ETA... vai também SOBREVIVER a esta cambada... temos é de DIMINUIR os estragos EM VEZ de os ALAVANCAR... SEM o conluio actual de TODOS os políticos europeus!!

«David Ribeiro» - O IRA e a ETA tinham objectivos mais do que definidos… estes “terroristas” de agora não sei se estarão perfeitamente “enquadrados” política, social e até religiosamente falando.

«Gonçalo Graça Moura» - Então não têm objectivos definidos? É um acto de guerra inspirador de medo e subserviência a uma determinada religião e aos membros da casta...

«David Ribeiro» - “Eles” estão cá dentro… e sempre estiveram. Não deveremos esquecer que no dia 7 de Julho de 2005 no centro de Londres, houve quatro explosões em menos de uma hora, atingindo três composições do metro (London Underground) e um autocarro de dois andares da London Buses. No final das operações de emergência foram contabilizados 52 mortes (mais os quatro autores) e cerca de 700 pessoas feridas. Os quatro suspeitos eram de origem paquistanesa, mas nascidos na região de Leeds, no norte da Inglaterra.

«Isabel Taborda Oliveira» - E a venda de armas é mais importante do que a vida dos inocentes ....

«David Ribeiro» - Ora aí está uma verdade muitas vezes esquecida, minha querida amiga Isabel Taborda Oliveira.

«Isabel Taborda Oliveira» - Mas ninguém fala nisso e quando é um atentado aqui na Europa toda gente lamenta e todos os outros milhares que são mortos ??? Eu lamento profundamente TODOS os atentados e TODAS as VÍTIMAS inocentes

 

  17h26 de 23Mai

A polícia de Manchester confirmou, em conferência de imprensa, que o autor deste ataque cobarde foi Salman Abedi, nascido em Manchester em 1994, segundo mais novo de quatro irmãos, filhos de cidadãos líbios que fugiram do regime do ditador Muamar Kadafi. Já estava referenciado por ligações à Frente alNusra (Al-Qaeda) e mais recentemente a grupos jiadistas da Líbia.



Publicado por Tovi às 10:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 29 de Março de 2017
Reino Unido accionou o art.º 50 do Tratado de Lisboa

brexit.jpg
(Theresa May assina carta para dar início ao Brexit)

Começou hoje oficialmente aquilo que há uns anos nos parecia impossível: O Reino Unido, um dos países que integraram o primeiro alargamento da UE em 1973 (juntamente com a Dinamarca e Irlanda) iniciou hoje os procedimentos formais para a sua retirada da União Europeia. Desta forma e segundo o previsto no artigo 50.º do Tratado de Lisboa, o “divórcio” entre o Reino Unido e a UE será a 29 de Março de 2019. Não tenho a certeza ainda se será bom ou mau para os súbditos de Sua Majestade, nem quais as implicações na Europa do “Brexit”, mas seguramente nada continuará a ser como dantes.



Publicado por Tovi às 16:06
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 14 de Março de 2017
Para quem gosta de cães

A “Dança com Cães”, conhecida oficialmente na Fédération Cynologique Internationale (FCI) e no The Kennel Club (Reino Unido) como “Freestyle”, é um desporto canino onde o dono dança com o seu cão, ao som de uma música e com uma coreografia ensaiada. Tecnicamente falando o dono realiza movimentos sincronizados com o seu cão que criam a ilusão de que estão dançando. O cão fica atento o tempo todo à música e aos gestos do seu dono e assim excuta os movimentos com precisão, sendo que há alguns movimentos obrigatórios, como por exemplo a passagem por baixo das pernas do humano e noutra altura do exercício saltar por cima dele.

Este vídeo é da equipa italiana concorrente ao CRUFTS deste ano, o mais importante evento canino mundial e que se realiza anualmente em Birmingham, no Reino Unido.



Publicado por Tovi às 09:27
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos (1)

Segunda-feira, 31 de Outubro de 2016
Forças militares russas no Mediterrâneo

Rússia submarinos no Mediterrâneo Out2016.jpg
Segundo o Sunday Times várias fontes anónimas da Marinha do Reino Unido e da NATO informaram que à frota russa no mediterrâneo juntaram-se nos últimos dias dois submarinos nucleares do projecto 971 Shuka-B (Akula) e um outro diesel-eléctrico do projecto 877 Paltus, pressupondo-se que estes submarinos possam estar equipados com mísseis Kalibr para atacar alvos na Síria, nomeadamente a cidade de Aleppo. Os homens de Vladimir Putin dizem não haver razão para preocupação, pois os seus navios sempre estiveram presentes no mar Mediterrâneo.

 Comentários no Facebook

«Conceição Oliveira» >> Dizem os homens do sr. Putin que não existem razões para preocupações? Pois eu penso exatamente o contrário!...mas o que interessa ao mundo a minha preocupação?!!...

«Nuno Filipe Cardoso» >> ...é um typhonn esta classe. já desmantelada... tretas...

«Tiago Múrias Santos» >> A foto. Mas será que os que por aí andam o são assim tanto?...

 

Síria Aleppo 31Out2016.jpg
Parece já não haver dúvida que será esta semana (de 2 a 4 de Novembro) que os militares russos iniciarão uma operação de grande escala na cidade síria de Aleppo em apoio às Forças Armadas da Síria. Segundo a análise de dados de inteligência o porta-aviões russo Admiral Kuznetsov também apoiará a operação (tem capacidade para 50 aviões) e os três submarinos de combate russos que se encontram na região também tomarão parte nos bombardeamentos de grande escala contra Aleppo. Como todos sabemos a Síria está mergulhada numa guerra civil desde Março de 2011, com as tropas governamentais a oporem-se a vários grupos armados e desde 30 de Setembro de 2015, a pedido do presidente sírio Bashar al-Assad, a Rússia realiza várias operações aéreas contra as posições terroristas neste martirizado país. O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, tem declarado repetidamente que a Aliança está preocupada com a hipotética utilização do grupo naval russo recentemente chegado ao Mediterrâneo para ataques contra Aleppo, mas o director do Departamento de Cooperação Europeia do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Andrei Kelin, continua a dizer que estas afirmações são absurdas. Aguardemos… mas não foi certamente para participarem num piquenique que estes militares de Vladimir Putin vieram para a região.

  Comentários no Facebook

«João Greno Brògueira» >> David Ribeiro o que sempre esteve em causa neste conflito foram os interesses antagónicos na região. Uns querem que pela Síria passe um gasoduto para transportar o gás natural do Qatar para a Europa Central e outros que não querem ter concorrência ao seu gás natural. Tudo isto se tem complicado de forma grave, muito grave, através do envolvimento das "partes interessadas". Desgraçados aqueles que ficaram lá no meio ou que tiveram de fugir. Lembro que as coisas não são tão lineares como por vezes a comunicação oficial duma das partes pode querer fazer parecer. Algo que me preocupa profundamente é ver uma Europa cada vez mais incapaz de zelar pelos seus próprios interesses e ficando à mercê dos interesses de terceiros que nem sempre estão interessados nem na coesão nem no futuro económico desta zona onde vivemos. Abraço.

«David Ribeiro» >> Tens toda a razão, amigo João Greno Brògueira.



Publicado por Tovi às 08:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Posts recentes

O dia seguinte às Eleiçõe...

Eleições Gerais no Reino ...

Escócia a caminho da inde...

O dia seguinte... em Barc...

Casamento Real de Harry e...

Violência e Corrupção no ...

Já caíram mísseis sobre a...

Travado plano para matar ...

Uma injustiça histórica… ...

Theresa May ganhou as ele...

Mais um ataque terrorista...

Explosão no Manchester Ar...

Reino Unido accionou o ar...

Para quem gosta de cães

Forças militares russas n...

Liderança política não se...

Theresa May no governo do...

Bye Bye United Kingdom

O “Brexit” e a noitada de...

Assassinaram uma deputada...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus