"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2014
Dar voz às reivindicações colectivas

Tivéssemos gostado ou não das posições políticas de Francisco Sá Carneiro, a verdade é que aquilo que proferiu em 1969 é ainda hoje, infelizmente, uma grande verdade.



Publicado por Tovi às 07:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 10 de Abril de 2012
Mário Soares e Sá Carneiro

Velhos tempos, em que era possível ver a "esquerda" a conversar na maior civilidade com a "direita".

{#emotions_dlg.meeting} [Foto de Rui Ochôa / Expresso] - Com as legislativas de 1976, a condução da vida do país passa cada vez mais pela Assembleia da República. A negociação entre líderes partidários (na fotografia, Francisco Sá Carneiro e Mário Soares) será uma bússola dos anos vindouros. Na primeira fila da bancada do CDS estão sentados (da esquerda para a direita) Lucas Pires, Rui Pena, Freitas do Amaral e Narana Coissoró. Um quarteto de luxo! Mas a qualidade dos deputados era pedra angular de todas as bancadas.


«Luís Lopes» in Facebook >> Bons tempos!

«Maria João Pereira» in Facebook >> Bons tempos para quem? Para Sá Carneiro ou para os seus executantes??? Não tenhamos memória curta.

«Joaquim Leal» in Facebook >> Deixe estar Maria João Pereira que os herdeiros dos Só_ares também sairam boas prendas. Olhe, o Trócastes então, bateu todos os recordes.

«Sérgio Ribeiro» in Facebook >> Acabei de ler a biografia daquele que era um candidato a ditador à uns dias. Foi um tempo em que duas linhas de condução do PPD se degladiavam em vésperas do seu primeiro congresso. Francisco Sá Carneiro estava fragilizado primeiro com o caso Palma Carlos que ele apoiava e depois com a tentativa desesperada da manifestação da "maioria silenciosa" e o seu apoio a Spinola. Sá Carneiro presidia ao PPD mas era Sá Borges que dominava o aparelho e nesse congresso obrigou Sá Carneiro a "fazer" uma inflecção à "esquerda" (cruzes canhoto) ao afirmar nesse congresso que queria ver o PPD filiado na internacional socialista, foram feitos apelos à construção duma sociedade socialista, críticas aos vícios do sistema capitalista, pedidos de socialização dos meios de produção, declaração de apoio a um sistema de planificação da economia, e foram dadas explicações sobre a inevitailidade de uma política de nacionalizações. todas estas medidas passaram a faze parte do programa do PPD. Quem pode acreditar nesta gente?

«Joaquim Leal» in Facebook >> eh eh eh memória de elefante. Conseguiste escrever isso tudo e só tiveste um engasgo ;)   Estavas tão bem e tinhas logo que cometer uma "gafe". Melhor seja eu a alertar do que a "nossa" Eduarda. O "à" é temporal e por isso é precedido por um "h". 10 réguadas á moda do Botas! eh eh eh

«Sérgio Ribeiro» in Facebook >> Obrigado meu caro Xô procedi à rectificação de inumeras faltas mas quanto ao "à" estão muito bem assim. Se a Eduarda aparecer as reguadas são para ti.



Publicado por Tovi às 07:04
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008
Francisco Sá Carneiro

«Cagido» / (blog do) Paulo "Cagido" ► Passam hoje 28 anos sobre o desaparecimento de um dos maiores pensadores e políticos do século XX, que Portugal teve. Homem de ideais de solidariedade, justiça e de humanidade. Corajoso, coerente e lutador, em períodos conturbados social e economicamente, do nosso país, foram sempre atributos, entre muitos, que o caracterizaram. O seu partido PSD (Partido Social Democrata), prestou-lhe hoje mais uma devida homenagem, mandando celebrar missa em sua homenagem. Com os problemas actuais verificados nos dias de hoje, com Sá Carneiro com certeza que a confiança dos portugueses seria maior, pois teríamos um homem, que com a sua sabedoria ultrapassaria muitos dos obstáculos instalados no actual panorama político, social, económico e financeiro.

Sem dúvida que Sá Carneiro foi um Homem corajoso, coerente e lutador, mas considera-lo “um dos maiores pensadores do século XX” é no mínimo uma afronta à memória de Sampaio Bruno, Guerra Junqueiro, Raul Brandão, Leonardo Coimbra, Teixeira de Pascoaes, Augusto Saraiva, Agostinho da Silva e muitos outros. Que pensamento filosófico deixou ele aos vindouros?...

«Cagido» / (blog do) Paulo "Cagido" ► Os seus pensamentos incomodavam muita gente, que infelizmente pagou com a sua própria vida. Os ilustres nomes que referiu nenhum deles se calhar deu o corpo ao manifesto, como Sá Carneiro o deu. Isto de ficar só pela escrita ...

De Sá Carneiro li unicamente dois livros – Poder Civil; Autoridade Democrática e Social-Democracia (1975) e Uma Constituição para os Anos 80: Contributo para um Projecto de Revisão (1979) – e não lhe reconheço nenhum dos epítetos que o meu caro amigo «Cagido» referenciou. E olhe que mesmo não sendo nem nunca tendo sido Social-Democrata, sou capaz de saber mais de Sá Carneiro do que muitos PêPêDês. Obviamente que tudo o que acabo de dizer não invalida que Francisco Sá Carneiro, fundador do Partido Social Democrata, seja um dos políticos de referência do pós-25 de Abril. E eu sei bem o que estou a dizer pois ainda me recordo, como se fosse hoje, das famosas reuniões político-militares do tempo do PREC em que estive presente e onde ele defendeu os seus pontos de vista.

«Cagido» / (blog do) Paulo "Cagido" ► Sá Carneiro era um homem mais de acção do que palavra.




Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Dezembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Posts recentes

Dar voz às reivindicações...

Mário Soares e Sá Carneir...

Francisco Sá Carneiro

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus