"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2016
Marcelo venceu as Presidenciais2016

Eu não tinha grandes dúvidas que Marcelo Rebelo de Sousa ia vencer estas eleições e logo à primeira volta. E para quem diz que sondagens não valem nada, aqui fica a comparação entre os últimos estudos de opinião conhecidos e os resultados destas Presidenciais 2016.

Sondagens vs resultados finais aaa.jpg

  Comentários no Facebook

«João Simões» >> Sampaio da novos e Marisa tiveram bem mais que na sondagem [Emoji smile]

«David Ribeiro» >> Comparando com a última sondagem da Católica o candidato Nóvoa só teve mais 0,9% (e mais 0,3% que na Aximage) e a Marisa teve mais 2,1%. A maior diferença verificou-se com a candidata Maria de Belém, que obteve menos 3,8% do que o seu pior resultado em sondagens, mas isso tem a ver com as datas em que as sondagens foram feitas, todas anteriores à “bronca” das subvenções.



Publicado por Tovi às 08:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 9 de Janeiro de 2016
Sampaio da Nóvoa vs Marcelo Rebelo de Sousa

Sampaio da Nóvoa vs Marcelo 7Jan2016 aa.jpg

Duro, durinho mesmo, o debate de quinta-feira à noite na SIC entre Sampaio da Nóvoa e Marcelo Rebelo de Sousa. Mas é assim que se percebe quem é quem na corrida para o Palácio de Belém.

 

  Comentários no Facebook

«Jose Pinto Pais» >> Sampaio da Nóvoa o meu presidente. Para "opian makers" basta-nos a 2 feira os do futebol !!!! Ainda por cima um facho democratizado vira casacas… Era o que faltava Cavaco II , não precisamos de nova "realize"

«Jose Bandeira» >> Também não precisamos de discursos redondos e assépticos de intelectual de centro esquerda. Comparem este debate com o do Paulo de Morais com o Henrique Neto e terão o pólo oposto: identificação dos objectivos e apresentação de estratégias para lá chegar. Chega de Presidência da treta!

«Diamantino Hugo Pedro» >> Dois que não contam com o meu voto. A representação do sistema em duas caras ...

«André Eirado» >> Sampaio da Nóvoa deu baile ao Marcelo Rebelo de Sousa

«João Thiago» >> Não acho que tenha dado baile, mas acho que fez mostrar a face o que foi brilhante.

«Jorge Oliveira E Sousa» >> Como são as opiniões. MRC mostrou que está muito mais preparado que SN.



Publicado por Tovi às 08:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2015
Marcelo à frente nas sondagens

Sondagem Católica 11Dez2015 aa.jpg

As intenções de voto recolhidas no fim-de-semana passado pelo Centro de Estudos e Sondagens de Opinião (CESOP) da Universidade Católica dão uma clara vantagem ao candidato Marcelo Rebelo de Sousa (62%) nas próximas eleições Presidenciais, ficando a grande distância Sampaio da Nóvoa (15%) e Maria de Belém (14%). Os outros candidatos não têm valores relevantes: Marisa Matias 3%, Edgar Silva 3%, Henrique Neto 1% e Paulo Morais 1%.

 

  Evolução das últimas sondagens conhecidas

Sondagens 11Dez2015 graf.jpg

 

  Comentários no Facebook

«Jose Bandeira» >> Ao ler estas notícias assola-me uma irreprimível vontade de atirar com a toalha ao chão. Como é possível que homens de coragem como Henrique Neto e Paulo de Morais somente recolham 1% de intenções de voto quando é por todos conhecida a sua posição de combate à máfia instalada no poder, enquanto se perspectiva uma vitória à primeira volta de um dos arautos do sistema podre que nos destrói a cada dia que passa? Estamos a falar de VOTO NOMINAL! Aqui não há desculpas de programas sem responsáveis: nestas eleições vota-se NA PESSOA! Não, não me venham com tretas, este país é maioritariamente composto por vermes rastejantes que agradecem a quem os pisa. Não vale a pena ter pena de seres cujo objectivo é somente ser dignos de pena. Não vou mais desgastar-me: têm o que merecem!

«David Ribeiro» >> Ainda há muita gente que não sabe, por exemplo, quem é Henrique Neto ou Paulo de Morais. Vota-se no mediatismo... e quem é engraçado cai em graça.

«Jose Bandeira» >> Consegue ouvir o meu urro de raiva?

«Antonio Pinto Caldeira» >> As sondagens hoje apresentam-se como instrumentos de manipulação política. Não me admira que neste caso concreto até estejam próximas da realidade, basta que atentemos à exposição mediática que tem Marcelo em comparação com os demais candidatos, por outro lado num país que confunde opção política com a popularidade alcançada nos reality shows tudo é possível. A nossa realidade faz-me lembrar um filme de Claude Lelouch, "les uns et les autres". Entre os dois existe um mundo estéril, uma terra queimada de ideias e princípios...

«Jose Bandeira» >> E ainda existe o limbo dos que procuram entender uns e outros.

«Judite Lina Sequeira» >> O populismo em força.

«Jose Bandeira» >> O rótulo "populismo" serve a muito tipo de produto. Vivemos numa sociedade muito complexa, onde o cidadão é bombardeado por informação contraditória, tem uma enorme carência de formação e está condenado a decidir em quem acreditar. Quantos mais anos vive mais dúvidas tem sobre onde está a razão, ou mesmo se esse conceito existe. Frequentemente, a palavra "populismo" é usada pelos políticos para carimbar promessas de outros que eles sabem não ser capazes de cumprir. Então chamam-lhes "populistas" e, com esse anátema, encerram uma discussão incómoda. Não gosto da palavra "populismo"; soa a insulto, a menosprezo pela capacidade de análise dos outros. E quem somos nós para nos assumirmos como donos da verdade? Só um esclarecimento: eu próprio me incluo no conceito de "cidadão" a que me referi acima.



Publicado por Tovi às 10:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 26 de Maio de 2015
Sampaio da Nóvoa no Rivoli

Sampaio da Nóvoa 25Mai2015 b.jpg

O homem parece saber o que quer e ao que vem… e eu gostei do que vi e ouvi ontem ao fim da tarde no Rivoli.

 

 Carta de princípios da candidatura a PR de Sampaio da Nóvoa

"Não serei um Presidente passivo. O Presidente da República não é uma figura honorífica, não é apenas uma referência simbólica, não exerce um mandato cerimonial. Cumprirei o meu mandato, plenamente, no escrupuloso respeito pelos limites constitucionais. Serei prudente e rigoroso no uso dos poderes presidenciais, mas não farei da omissão um estilo, da ausência um método, do silêncio um resguardo.” (…) "Dedicarei uma atenção especial ao combate à corrupção e à promiscuidade entre a política e os negócios, que não aceitarei nunca que interesses particulares se sobreponham ao interesse de todos." (…) "A construção da Europa não pode ser a diminuição de Portugal, não pode conduzir ao nosso empobrecimento, à fragilização da nossa capacidade produtiva, à nossa dependência. As tensões dos últimos anos colocam em causa a coesão política da União Europeia e exigem um debate urgente sobre a sua democratização." (…) "Um Presidente pode ser muito mais do que tem sido, pode ser um de nós, pode ser alguém que junta, que une, que abre o futuro quando caminha ao lado das pessoas."

 

  Comentários no Facebook

«Joaquim Leal» >> Quase adormeci. É isso mesmo que vou fazer. Obrigado amigo pelo embalo.

«José Costa Pinto» >> O Twitter dele é um espectáculo.

«Joaquim Leal» >> eh eh eh já estava com saudades do José Costa Pinto, confesso

«José Costa Pinto» >> Ando por aqui de mansinho, não vá ser corneado por um miura mais combativo.

«Jose Bandeira» >> Não questiono a idoneidade, questiono a oportunidade.

«José Camilo» >> Questiono os "chavões" do costume.

«Pedro Baptista» >> Mais um verbo de encher... sem qualquer experiência política como se pode almejar ser PR? É só busca de penacho?

«Carlos Wehdorn» >> de discursos lindos estamos todos com as orelhas entupidas...e obra? que obrou o Nóvoa todos estes anos de relevante?

«David Ribeiro» >> Na esmagadora maioria das vezes quando apoio alguém em candidaturas políticas estou essencialmente a dizer “não” a outros e nesta altura do campeonato “Presidenciais 2016” ainda é cedo, pois ainda falta aparecerem “os outros”, aqueles de quem todos falam mas que ainda não disseram o “sim”.

«Adao Fernando Batista Bastos» >> Não fui ao Rivoli, tenho gostado do que o candidato vai dizendo, discurso de alguém inteligente, culto, com vontade de intervir. Até agora é o meu candidato. Rui Rio vai preparando caminho, intervém aqui e ali, mas o discurso é, a meu ver, limitado, sem novidades, oportunista (até deixou de criticar Passos e o Governo...). Nunca teria o meu voto!

«David Ribeiro» >> Aqui fica o que ouvi da boca de Sampaio da Nóvoa… e de que gostei: "A unidade do Estado implica uma atenção ao todo nacional, um combate à desertificação e ao despovoamento do interior. Não há coesão territorial sem um poder local forte, capaz de se agregar regionalmente em torno de causas comuns. A experiência das autonomias dos Açores e da Madeira merecerá sempre um acompanhamento e uma atenção especial por parte do Presidente da República.”

«Pica Miolos» >> Mas o homem está a candidatar-se a PR ou a 1º. ministro? Haja alguém que lhe lembre que PR é um corta-fitas e não governa. É que nem influencia tem como a rainha de Inglaterra. E se duvidas houver veja-se o actual PR e o respeito que os portugueses lhe têm!

«Carlos Wehdorn» >> não ao corta fitismo vigente...sim ao presidencialismo aberto (de gajos cultos ando cansado, quero é ver gajos capazes)

«Pica Miolos» >> da Wikipédia: “(...)Professor catedrático do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, leccionou também em diversas universidades estrangeiras, nomeadamente Genebra, Paris V, Wisconsin, Oxford, Columbia (Nova Iorque) e Brasília.(...)” Se está tão preocupado com a coesão territorial, bem que poderia ter dado umas aulitas no politécnico de Bragança, digo eu que cada vez percebo menos disto!

«David Ribeiro» >> Como disse Sampaio da Nóvoa o Presidente da República “não deve agir nem contra nem a favor dos governos ou das oposições, deve exercer as funções de moderação e de regulação para garantir a estabilidade, para estimular a convergência e a realização de compromissos em torno das grandes questões nacionais” e isto a Constituição, mesmo depois das alterações feitas nas funções presidenciais, permite o PR fazer.

«Pica Miolos» >> A moderação cada vez mais se faz na rua... O resto é apenas folclore das janeiras cantadas em Belém! E o caro David Ribeiro que tantas vezes afirma que há gente que ainda não percebeu o que se passou com a eleição do RMoreira, acho que ainda não percebeu o que se passou no ultimo FDS em Espanha...

«David Ribeiro» >> Os (bons) ventos de Espanha estão a demorar a chegar ao nosso retangulo à beira mar plantado... e, infelizmente, as próximas legislativas vão certamente dar-me razão.

«Pica Miolos» >> Atenção que os ventos que sopram de Espanha, são sempre quentes

«Carlos Wehdorn» >> legislativas e presidenciais vão ser mais uma perda de tempo... sem mudança de fundo no sistema eleitoral e nas mentalidades do povinho inculto e excessivamente culto e elitista... não vamos a lado nenhum... daí a saída do país de muitos... nem todos vão pelo dinheiro, vão à procura de um futuro com qualidade de vida... porra!

«Pica Miolos» >> Pelo menos, a apresentação de alguns candidatos a PR já retirou o Santana Lopes da corrida, o que convenhamos, já é algo de positivo. Perde-se apenas a comédia!

«David Ribeiro» >> Continuo expectante para ver se Rui Rio e Rebelo de Sousa vão a votos e no caso de irem ambos como é que se vai comportar oficialmente o PSD. E o PS sempre se ficará pelo Sampaio da Nóvoa ou ainda irá apresentar um candidato “oficial”? Ontem deu para ver que nem todos os socialistas estão com esta candidatura.

«Pica Miolos» >> O candidato do PS é o SN. O resto é para parolo consumir. Quanto ao RR, candidatar-se a PR depois de uma governação desastrosa do PSD, só se for mesmo lerdo das ideias!

«David Ribeiro» >> Ouvi da boca de Manuel Alegre que o seu candidato à presidência é Marcelo Rebelo de Sousa e mesmo valendo só o que vale a opinião deste histórico socialista a verdade é que um responsável do PS cá do Porto me disse que apoia o Sampaio da Nóvoa, contra a opinião de muitos outros dirigentes do partido.

«Jorge Oliveira E Sousa» >> Rui Rio tem de ir para a frente do partido e fazer limpezas a seco e a molhado, com tira-nodóas e muita muita lixivia.

«David Ribeiro» >> No estado a que o PSD chegou até o Rui Rio, por quem não morro de amores, é uma boa opção na liderança partidária.

«José Costa Pinto» >> Santa Inocência que vai por aqui.

«Joao Luis Gama» >> Carta de princípios da candidatura a Presidente da República de Sampaio da Nóvoa, 'revista, atualizada e sem gralhas': "Não serei Presidente e ponto final parágrafo.''



Publicado por Tovi às 00:53
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 8 de Abril de 2015
Sampaio da Nóvoa

Sampaio da Nóvoa 7Abr2015 c.jpg

Para já é um potencial candidato a Belém… Quanto às hipóteses de vitória parece-me muito cedo ainda para já se poder fazer uma leitura minimamente credível. Como diz o Povo: A procissão ainda vai no adro.

 

  Comentários no Facebook

«Joaquim Leal» >> Quem é?

«David Ribeiro» >> Não será efectivamente uma personagem tu-cá-tu-lá da maioria dos portugueses, mas tem curriculum conhecido para quem anda minimamente a par da política nacional. Mas como disse anteriormente ainda é muito cedo para palpites e o facto de começar cedo até pode jogar a favor da sua candidatura.

«Joaquim Leal» >> "...mas tem curriculum conhecido para quem anda minimamente a par da política nacional." neste aspecto é mesmo zero meu amigo. Mas até pode ser benéfico nada ter em termos políticos. Apenas se conhece neste aspecto uma "aparição" num congresso do ps onde teceu um conjunto de banalidades que a memória não reteve. Acho que nem o Costa ele já convence.

«Carlinhos da Sé» >> Querem ver que é desta que eu corto com os algarbios de bez? Ó Leal, então diz lá pá, a seguir ao 25 de Abril de 74, houve algum Presidente que considerasses sério e competente? Bá, diz lá pá...

«Joaquim Leal» >> Eanes ponto

«Carlinhos da Sé» >> Pois... Eu sabia que ias por aí meu amigo, só que tu és muito novo, quanto tiveste tamanho para usar samarra já não se usavam... Um dia destes conto-te...

«Joaquim Leal» >> Não tinha habilitação eleitoral na altura mas apoiei as duas candidaturas de Eanes. Eu comecei muito novinho nestas andanças...

«David Ribeiro» >> Parece não haver muitas dúvidas que Eanes foi um homem sério quando esteve na presidência da República, mas quanto à competência... naquela época, teve dias sim, outros não.

«Joaquim Leal» >> A política fazia-se também com outra seriedade David. Ainda não tinha dado tempo para o tiro de partida do gamanço.

«Carlinhos da Sé» >> Pois... Dá para perceber, e depois num és do Norte, devias ter casado cá, ficado por cá, hoje eras um dragom do carago e a malta já te tinha aberto os olhinhos, salvo seja...

«Joaquim Leal» >> Eu abri Carlinhos da Sé... abri.

David Ribeiro» >> Esta entrevista que Sampaio da Nóvoa deu a Anabela Mota Ribeiro foi publicada originalmente no Jornal de Negócios em 2010, mas vale a pena ler – António Sampaio da Nóvoa



Publicado por Tovi às 08:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



25
26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Marcelo venceu as Preside...

Sampaio da Nóvoa vs Marce...

Marcelo à frente nas sond...

Sampaio da Nóvoa no Rivol...

Sampaio da Nóvoa

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus