"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Terça-feira, 1 de Novembro de 2016
Morreu Sampaio Pimentel

Requiescat In Pace

Sampaio Pimentel morreu a 1Nov2016.jpgO vereador da Câmara Municipal do Porto Manuel Sampaio Pimentel morreu hoje de manhã, aos 46 anos, confirmou à Lusa fonte da família. Nascido no Porto, na freguesia da Sé, militante do CDS/PP e formado em Direito, Sampaio Pimentel foi, em 2013, o número dois da lista do actual presidente da autarquia, Rui Moreira (independente). Assumiu o pelouro da Fiscalização e Protecção Civil até Julho, altura em que pediu a suspensão do mandato por razões de saúde. Sampaio Pimentel já tinha ocupado o mesmo cargo na Câmara do Porto durante sete anos, com Rui Rio na presidência: foi eleito em 2005, no segundo mandato do social-democrata (o primeiro com maioria absoluta, o segundo em coligação com o CDS/PP) e deixou a autarquia em 2012, após ter sido nomeado Director de Segurança Social do Centro Distrital do Porto. Manteve-se em funções na Segurança Social até voltar à autarquia, no fim de 2013, na sequência da vitória da lista independente de Moreira nas eleições de Setembro. Em Agosto desse ano, Rui Moreira disse que Sampaio Pimentel era “uma escolha individual” e uma “garantia” relativamente ao primeiro pilar da candidatura, a coesão social. Licenciado em Direito pela Universidade Católica, Pimentel fez duas pós-graduações, em Fiscalidade e em Ciências Jurídico-Empresariais. Em 1997, Sampaio Pimentel foi director de campanha de Carlos Azeredo, o general que a coligação PSD/CDS escolheu para defrontar o socialista Fernando Gomes, que acabaria eleito para o terceiro mandato na Câmara do Porto. Com Rui Rio, Pimentel foi eleito duas vezes, em 2005 e 2009. Assumiu a tutela da Protecção Civil, dos Recursos Humanos e das Actividades Económicas, e foi um dos responsáveis políticos pelo processo de reabilitação do Mercado do Bom Sucesso, situado na zona da Boavista. Quando saiu da Câmara, em 2012, Pimentel destacou a missão de “dar nova vida” ao Bom Sucesso e aquilo que designou como “o último grande desafio” que lhe foi lançado por Rui Rio: criar de raiz uma estrutura municipal que congregasse a fiscalização municipal. “E é assim que surge, o Departamento Municipal de Fiscalização, com duas divisões: uma direccionada para a fiscalização geral - que trata da afixação de publicidade comercial e propaganda política na via pública, mas não só - e outra, cujo objectivo é fiscalizar as obras particulares”, descreveu, num comunicado de “despedida” da autarquia. “É, hoje, mais um serviço camarário respeitado e a chegar à velocidade de cruzeiro, sabendo todos nós que muito há a fazer, com a vantagem de hoje sabermos por onde ir”, acrescentou. Quanto à área dos Recursos Humanos, Pimentel assinalou a instalação do sistema biométrico de controlo da assiduidade, a redução do efectivo de 3.300 para 2.800 funcionários municipais e a redução de horas extraordinárias que, em cerca de quatro anos, baixou de “cerca de mais de 3,3 milhões de euros para 800 mil euros”.

 

  Comentários no Facebook

«David Ribeiro» >> No dia em que Manuel Sampaio Pimentel nos deixou recordo os “comentários” ignóbeis de alguns cidadãos da Cidade Invicta que diziam ser a sua saída do executivo camarário do Porto um pronúncio da morte do movimento «Rui Moreira – Porto, o nosso partido», recusando que se tivesse afastado por motivos de doença. Há gente que não merece ser chamado PORTUENSE.

«João Greno Brògueira» >> Integralmente de acordo contigo. Ele há homens que não se medem pelas cores políticas mas sim pela paixão e honradez com que desempenham os seus cargos. DEP



Publicado por Tovi às 12:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2016
Cheia no Rio Douro

Cheias no Douro 11Jan2016 ad.jpg

O perigo já passou, felizmente… mas estava tudo pronto para acorrer a uma eventual grande cheia.

 

  Informação de "Porto.pt" actualizada às 4h00 de hoje

Água invadiu cidade em Miragaia e na Ribeira

Desde 2006 que a água não ultrapassava as margens do Douro, no Porto. Esta noite, cerca da uma hora da manhã, Miragaia começou a ser invadida e, pouco depois, era a Ribeira que se transformava em rio.

As águas, provenientes sobretudo dos afluentes do Douro, cujo caudal aumentou devido às chuvas persistentes dos últimos dias, entraram em algumas casas e estabelecimentos comerciais, mas não houve alarme, graças à informação prestada às populações e ao serviço de proteção civil, que auxiliou na retirada de bens e de viaturas.

No Centro de Previsão e Prevenção de Cheias, no Porto, desde cedo se começou a preparar a noite, com a presença dos presidentes das Câmaras de Porto, Gaia e Gondomar e a Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, além das autoridades marítimas e terrestres. As previsões então traçadas e a gestão cuidada das descargas feitas pelas várias barragens no Douro permitiram minimizar os impactos. A noite, apesar de molhada, foi serena e sem incidentes de maior, no Porto.

O viaduto de Massarelos encontra-se encerrado por prevenção.

Há hora em que esta notícia foi escrita (4 horas da manhã), no mar, a maré já baixava e o rio começava a ter outra capacidade de escoar os mais de seis mil metros cúbicos que a barragem de Crestuma/Lever chegou a debitar.

O Porto, que recorda catástrofes de outrora, quando as previsões eram ainda insípidas e os instrumentos de controlo do caudal não existiam, viveu uma noite de cheia, como não vivia há anos, mas ultrapassou-a com serenidade e, até, naturalidade e boa disposição.

Rui Moreira, o presidente da Câmara; o seu vereador da Proteção Civil, Sampaio Pimentel; os comandantes dos Bombeiros Sapadores e da Polícia Municipal e todos os funcionários municipais envolvidos na operação, não largaram as margens do Douro enquanto não perceberam que o rio, embora indomável, estava a conviver bem e transitoriamente, com o seu novo leito. Nem se foram embora sem deixar um gesto de carinho a quem mais sofre com os humores da natureza.

 

  JN online - 13h00 de 11Jan

Um helicóptero da Força Aérea e meios da Marinha estão a realizar, esta segunda-feira, buscas próximo da foz do rio Douro, no Porto, para encontrar três possíveis desaparecidos após o alerta de um alegado naufrágio de uma embarcação de recreio.

 

  CM online 21h55 de 11Jan

Polícia Marítima suspende buscas na foz do Douro - Autoridades alegam falta de indícios de naufrágio - A Polícia Marítima suspendeu esta segunda-feira as buscas para encontrar três possíveis desaparecidos na zona da foz do rio Douro, no Porto, depois de ter recebido um alerta de naufrágio que não foi confirmado, disse à Lusa fonte daquele organismo. (…) Já à tarde, o capitão do Porto do Douro e Leixões, Teixeira Pereira, referiu haver indícios de que se tratasse de um "falso alarme". (…) Segundo o capitão Teixeira Pereira, o nome do navio "Odivelas" não foi encontrado na lista de registos, não havendo sequer um nome parecido, e também não se recebeu sinal da embarcação a emitir pedido de socorro. "São vários indicadores que levam a pensar em falso alarme", acrescentou.



Publicado por Tovi às 10:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 24 de Agosto de 2014
Ultimato de Rui Moreira ao CDS

Nestes últimos dias veio a público um certo mal-estar entre Rui Moreira e o CDS ao que parece porque os centristas consideram que o PS tem demasiado protagonismo na Câmara do Porto. Também se ficou a conhecer que o PSD já pensa numa candidatura conjunta com o CDS nas próximas autárquicas, que, como todos sabemos, estão para acontecer lá para finais de 2017. O Presidente da autarquia portuense parece já ter dado um ultimato ao CDS para substituir Sampaio Pimentel, vereador com o pelouro da Fiscalização e da Protecção Civil, ficando assim a “batata quente” nas mãos dos líderes da distrital e concelhia do Porto dos centristas. Há males que vêm por bem e esta é a altura certa para Rui Moreira demonstrar que não deve favores nenhuns ao CDS. Aguardemos…


«Albertino Amaral» no Facebook >> Um Presidente que não brinca em serviço...

«Isa Veloso» no Facebook >> Força, Presidente!

«António Alves» no Facebook >> [26Ago2014] - Parece que quem paga continua a mandar - Rui Moreira recua e mantém vereador do CDS na maioria - JN

«David Ribeiro» no Facebook >> Em comunicado datado de hoje, 26 de Agosto de 2014, Rui Moreira, Presidente da Câmara Municipal do Porto, diz e muito bem, que o CDS-PP não concorreu às eleições autárquicas no Porto em 2013 e como tal, não possui qualquer vereador no executivo camarário. Manuel Sampaio Pimentel, apesar de ser militante do CDS-PP, não é, por isso, vereador do CDS-PP mas sim vereador eleito na lista independente “Rui Moreira: Porto, o Nosso Partido”, de que foi apoiante de primeira hora, muito antes do CDS-PP ter declarado o seu apoio.

«António Alves» no Facebook >> Os gregos antigos tinham um nome para a linha de raciocínio exposta nesse comunicado: sofismo. ;-)



Publicado por Tovi às 09:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 30 de Novembro de 2013
Linda a Árvore de Natal da Cidade Invicta

{#emotions_dlg.star} Uma Árvore de Natal, "plantada" na Praça General Humberto Delgado, iluminou-se ontem, ao final da tarde, dando início ao programa natalício na cidade. O Presidente da Câmara, Rui Moreira, acompanhado de alguns vereadores, esteve presente na cerimónia.



Publicado por Tovi às 08:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Posts recentes

Morreu Sampaio Pimentel

Cheia no Rio Douro

Ultimato de Rui Moreira a...

Linda a Árvore de Natal d...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus