"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Domingo, 25 de Março de 2012
Vinho do Porto Tawny 10 Anos

O Porto Tawny 10 Anos é uma categoria especial de Vinho do Porto que se caracteriza por ter envelhecido em madeira de carvalho, apresentar grande elegância de sabores, numa combinação perfeita entre a fruta da juventude e a maturidade da idade, embora com a garantia de que o vinho possui as características de um vinho com dez anos de idade.

Nestes últimos tempos bebi três soberbos “Tawny 10 Anos”, a saber: Quinta Seara D'Ordens Tawny 10 Anos (garrafa com o selo de garantia do IVP: T-300695-04) da Soc. Agrícola Quinta Seara D'Ordens Lda que comprei em dezembro do ano passado no Centro Comercial Doce Vita Douro, em Vila Real, pelo preço de 17,00€ / 50cl.; Graham's 10 Years Tawny Port (garrafa com o selo do IVP: TJ-475653-04) e Dow's 10 Years Old Tawny Port (garrafa com selo do IVDP: TG-691259-04), ambas da Symington Family Estates e compradas na Loja Gourmet do El Corte Inglés de Gaia neste mês de Março, pelo preço de 17,50€ e 18,50€ a garrafa de 75cl, respectivamente.

Não há dúvida que é neste segmento de vinhos do Porto - Tawny 10 Anos - que se encontra a melhor relação qualidade/preço naquilo que já se pode considerar “vinhos velhos envelhecidos em cascos de carvalho”, vinhos que deixam na boca do provador uns inconfundíveis sabores a mel, canela, chocolate e madeira.



Publicado por Tovi às 18:27
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 6 de Julho de 2011
A Symington está bem e recomenda-se

O grupo Symington Family Estates facturou perto de 85 milhões de euros no ano de 2010, é um dos mais importantes produtores de Vinho do Porto com as marcas Graham’s, Cockburn’s (comprada aos norte-americanos da Beam Global Spirits & Wine no ano passado), Warre’s, Dow’s, Smith Woodhouse, Quinta do Vesuvio, Martinez, Gould Campbell e Quarles Harrise, emprega 400 pessoas, possui 25 quintas no Região Duriense (940 hectares na totalidade) e em plena crise continuam a investir. No Douro vão replantar vinhas, compraram à Real Companhia Velha a Quinta do Corval (a integrar na Quinta do Bonfim) e aí vão criar um centro de visitas e uma nova e moderna adega. Em Vila Nova de Gaia vão investir 2 milhões de euros numa nova sala de provas só para “vintages”, num restaurante, numa loja de vinhos e num museu. Toda a gente diz que os negócios estão difíceis, mas os membros da família Symington que trabalham no grupo, descendentes de Andrew James Symington e Beatrice Atkinson (casados na cidade do Porto em 1891), continuam a apostar no VINHO DO PORTO, o néctar dos deuses.



Publicado por Tovi às 23:04
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 4 de Abril de 2010
Vinho do Porto Dow's Vintage 2007

James Suckling, um dos provadores da revista americana Wine Spectator, atribuiu ao Vinho do Porto Dow’s Vintage 2007 a pontuação máxima (100 pontos) um facto muito raro no mundo dos enófilos.

 [Revista de Vinhos - Fabíola Carlettis] - Espantado com a textura deste vinho, James Suckling afirma que “este é o melhor Dow jamais feito”. Isto levou o provador a atribuir 100 pontos ao Dow’s Vintage 2007, a pontuação máxima. Entre milhares, o único vinho provado nesta revista nos últimos 12 meses com esta mesma pontuação foi um vinho australiano, o Campbells Muscat Rutherglen Merchant Prince Rare. No século XX, apenas 8 Vintages atingiram esta pontuação, sendo que o Dow’s foi o primeiro do século XXI a consegui-la. Outro factor que revela a importância desta atribuição, é o facto de que nenhum Champanhe alguma vez logrou obter o valor de 100 pontos, apenas 4 vinhos da Borgonha e 24 vinhos de Bordéus obtiveram esta classificação dada pela revista Wine Spectator. Charles Symington, enólogo-chefe do grupo Symington falou com a Revista de Vinhos e mostrou a sua satisfação: “esta foi uma grande surpresa por ser algo tão invulgar. Trabalhamos muito para produzir vinhos de alta qualidade, por isso ver o Dow’s Vintage 2007 ser reconhecido com 100 pontos na Wine Spectator, é um enorme prazer”. Esta alta pontuação levará certamente a uma corrida ao vinho, o que nos levou a questionar Charles Symington sobre a possibilidade de terem problemas nas encomendas e fornecimento: “Ainda é cedo para notar alguma diferença nas encomendas, visto que tivemos a notícia ontem à noite. Visto que este não é um vinho produzido em grandes quantidades, pode acontecer". A notícia saiu na newsletter Advance, para assinantes da Wine Spectator. Outra entrada foi a do Graham’s Vintage 2007, que levou 96 pontos. A versão impressa sairá na próxima edição da revista, num painel dedicado aos Vintage 2007. Por isso é bem provável que existam mais vinhos com altas pontuações.



Publicado por Tovi às 08:03
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 28 de Maio de 2009
Família Symington adquire Quinta de Roriz

A notícia caiu que nem uma bomba: João van Zeller cedeu à Família Symington 100% das acções da Quinta de Roriz Vinhos, sociedade cujo principal activo é a Quinta de Roriz. ( http://www.revistadevinhos.iol.pt/artig ... a_de_roriz)

«joão geirinhas» / RevistaDeVinhos ► Vamos a ver o que a famiília Symington vai fazer pela Quinta de Roriz agora que detem o controlo a 100%. Sempre gostei dos vinhos do Douro e Porto desta bela quinta mas sempre me fez confusão a sua pouca notoriedade no mercado português, talvez fruto de problemas com a distribuição. Os vinhos merecem mais do que têm tido.

«Joel Carvalho» / RevistaDeVinhos ► Penso que além de ter sido uma cedência de acções, melhor, uma "granda" cedência (desculpem a expressão), foi fechado um capitulo (Van Zeller) da história da Quinta de Roriz, visto a família "mãe" desta empresa a ter deixado e que há tanto tempo a tinham, quase dois séculos, passando de geração em geração o "fruto" desta empresa tão emblemática na Região do Douro. Mas vamos ver o que vem por aí...As colheitas o dirão...Esperamos novas surpresas.

Já não há quintas emblemáticas no Douro… O que há é empresas de sucesso e outras que não o são.

«xarax» / RevistaDeVinhos ► Não é verdade! As empresas passam e as quintas ficam.

Mas poderão deixar de ser emblemáticas... Depende das empresas que as gerirem.

«xarax» / RevistaDeVinhos ► vê o Noval, passou anos maus e recuperou. os vinhos são um negócio muito lento. e os bons terroirs não desaparecem. penso eu de que

Está a dar-me razão… Se não tivesse mudado de mãos onde estaria hoje a Noval após o grande incêndio de 1981 que destruiu as caves, o sector de engarrafamento e os escritórios, em Vila Nova de Gaia.

«Luis Sousa» / RevistaDeVinhos ► As quintas ficam. As empresas também ficam, se forem bem geridas. No Douro só há espaço para empresas com gestão topo de gama, não há espaço para curiosos. Nos dias de hoje, se não tivermos uma visão global do negócio, é muito dificil, que não se acabe por descer de divisão.

 «Joel Carvalho» / RevistaDeVinhos ► Só espero é que com estas mudanças todas, não sejamos afectados com a subida de preço dos vinhos... Com mudança de "gerência na loja", quem poderá sair prejudicado somos nós.

«nuno oliveira garcia» / RevistaDeVinhos ► Esta é uma mudança de controlo que não foi pacífica. Quem conhece o João Vz sabe do que amor que ele tinha pela quinta. E quem conhece a quinta sabe dos custos que esta anualmente provocava. Os tempos não estão fáceis e podem acontecer outros negócios como este, sobretudo dado a enorme dificuldade de crédito (quanto menor é o crédito, menor é o preço). Os meus votos de que a família Symington continue a fazer bons vinhos em Roriz e que procure receber os seus convivas da forma tão generosa como o JVz fazia! Já agora, o que vai acontecer à consultadoria de Cristano Vz e Sandra TS?

«luis ramos lopes» / RevistaDeVinhos ► Essa consultoria era não apenas enológica mas também comercial, já que o Cristiano fazia todo o mercado externo, por exemplo. Com esta venda, estão ambos fora. Os vinhos passarão a ser da responsabilidade técnica de Charles Symington (Porto) e Pedro Correia (Douro), repondo, no fundo, a situação existente há 3 anos atrás.

«joão geirinhas» / RevistaDeVinhos ► ... sendo que o trabalho comercial virá agora para a nova distribuidora Portfólio do mesmo grupo.



Publicado por Tovi às 18:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 1 de Abril de 2009
Porto Vintage 2006

Na Essência do Vinho 2009 provei dois Vintage que estavam um estrondo (como se diz cá pela Cidade Inbicta): Quinta do Vesúvio Vintage 2006 e Quinta Nova N. S. Carmo Vintage 2006. Parece que a Revista de Vinhos vai apresentar na edição de Maio as provas feitas aos Vintage de 2006 e até estou curioso em saber se estes dois vinhos que provei e adorei serão ou não bem classificados.

Notas de prova:
Quinta do Vesúvio Porto Vintage 2006 / Symington Family - O vinho apresenta o clássico poder do Vesúvio, com um elegante e acentuado nariz de violetas e pimentas e deliciosas camadas de opulenta groselha preta. Um excelente Quinta do Vesúvio Porto Vintage. (in www.quintadovesuvio.com/pt)
Quinta Nova de N. Sª. do Carmo Vintage 2006 / Família Amorim - Cor ruby retinto. Muito fino e elegante no aroma, com intenso floral e arbustos silvestres a dominar, complexados com baunilha, ervas secas e especiarias. Boa estrutura na boca, cheio de sabores maduros e belas notas florais. Taninos finos e bem desenvolvidos, com frescura e extrema elegância no seu longo final. (in www.quintanova.com/)



Publicado por Tovi às 18:27
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 31 de Março de 2009
2007 Ano de Vintage Clássico para a Symington

Segundo li no site da Revista de Vinhos o Grupo Symington (Symington Family Estates) declarou os três vintages de 2007 das marcas Warre, Dow’s e Graham’s como Vinho do Porto Vintage Clássico, o que normalmente não acontece mais do que três vezes por década (1991, 1994, 1997, 2000 e 2003).  E segundo diz João Paulo Martins (redactor da Revista de Vinhos) também vão declarar o Quinta do Vesúvio e as marcas de segunda linha que não são vendidas em Portugal: Gould Campbell, Smith Woodhouse e Quarles Harris.

Estou mortinho por provar estas jóias da coroa dos vinhos do Porto…

 



Publicado por Tovi às 14:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Posts recentes

Vinho do Porto Tawny 10 A...

A Symington está bem e re...

Vinho do Porto Dow's Vint...

Família Symington adquire...

Porto Vintage 2006

2007 Ano de Vintage Cláss...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus