"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2015
Um bom dia de Natal para todos

Natal2015 aa.jpg

Mais umas horitas e começa o almoço do Dia de Natal, que é também o dia de aniversário da minha filha Joana. Agora já somos sete à mesa… e não vai faltar a Canja de Galinha (a Bilé fá-la como ninguém), o Peru Assado (com Vinho do Porto) e mais todas aquelas doçarias típicas deste dia. Os vinhos ainda não sei quais serão… o “escanção” de serviço este ano não sou eu. Um bom dia de Natal para todos.

E foram estes os soberbos vinhos que se beberam cá por casa neste Natal:

Maritávora Nº 4 Reserva Tinto 2011 – Um tinto DOC Douro feito pelo enólogo Jorge Serôdio Borges na “Maritávora Investimentos Lda” com uvas das castas Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e outras.

Quinta do Vallado Touriga Nacional Douro 2009 – Outro tinto DOC Douro, este feito na mítica Quinta do Vallado (pertenceu à lendária Dona Antónia Adelaide Ferreira e mantém-se até hoje na posse dos seus descendentes) com uvas exclusivamente da casta Touriga Nacional.



Publicado por Tovi às 09:37
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 8 de Setembro de 2012
Adega de Pegões Touriga Nacional 2008

Ena pá!... Grande vinho este - Adega de Pegões Touriga Nacional 2008 – que abri hoje ao almoço para acompanhar uma picanha trazida do take-away Papagaio, um simpático restaurante localizado na viela em frente da porta de armas do Quartel do Carmo da GNR, no Porto. Um vinho que no nariz não enganava ninguém quanto à casta, mesmo a ver-se a léguas que era um Touriga Nacional, e que na boca estava correcto quanto a acidez e corpo, taninos suaves e um final de boca a fazer inveja a muitos “top ten” da enologia nacional.


«António Henrique Teixeira» in Facebook >> Ora vamos lá experimentar. E já agora uma sugestão para estes dias quentes (duvido que não conheças): o Branco de Palmela da Ermelinda Freitas. Quanto a brancos, este e o Grande reserva da Adega de Vila Real, estão mesmo no topo. Uma agradável confirmação: o branco  Tons de Duorum.

«David Ribeiro» in Facebook >> Sem dúvida que os brancos da Ermelinda Freitas, especialmente os feitos com uvas das castas Chardonay, Arinto e Fernão Pires, são magníficos, seja para os dias quentes seja para qualquer dia do ano. Sobre os "Tons de Duorum" ainda não tenho uma opinião feita... vamos fazer mais umas provas e depois diremos o que nos pareceu.



Publicado por Tovi às 16:37
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Posts recentes

Um bom dia de Natal para ...

Adega de Pegões Touriga N...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus