"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2023
Já estou em modo "comezainas natalícias"

ceia_de_natal_economica_29163_0_600.webp

Daqui ao Jantar de Consoada e ao Almoço de Natal é um saltinho de pardal... vai daí é melhor começarmos já a habituarmo-nos a estas orgias gastronómicas desta época. Eu cá a partir de amanhã entro em modo "comezainas natalícias". E para não terem problemas de digestão recomendo-vos o seguinte: Macere em 1 litro de vinho do Porto, durante 24 horas, 40 g de casca de canela (cinnamomum zeylanicum) e 20 g de casca de quina (chinchona succiruba); Agite; Filtre; Tome 1 colher de sopa antes do almoço e 2 antes do jantar.

  
Jorge VeigaDavid Ribeiro estragaste o Porto.
David RibeiroJorge Veiga... mas é por uma boa causa.
Jorge VeigaDavid Ribeiro mais 2 ou 3 Kgs no dia 2 de Janeiro é uma boa causa? hehehe
Ana AlyiaDia 2 de janeiro cá estaremos a ver o David a rebolar que nem uma bolinha 🤣 Boas Festas David 🌲
Chico Gouveia
Não vai haver Cholagut nem Gurosan que aguente 
Francisco BismarckPara treinar... 



Publicado por Tovi às 07:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 4 de Março de 2023
Digam lá se tenho ou não razão

Captura de ecrã 2023-02-12 145316.jpg

Quem sou eu para “medir forças” com a incomensurável sabedoria do historiador Germano Silva, mas a verdade é que continuo convencido que a verdade me assiste. Já lá vão uns anitos, durante uma cerimónia de apresentação pública dos festejos desse ano do São João no Porto, tive a rara oportunidade, numa conversa privada, de apresentar ao Mestre Germano Silva a minha teoria pela qual “Vinho do Porto” não se refere a um vinho da Cidade Invicta, mas sim a um “Vinho de Embarque”, ou seja, um vinho que chegava a Inglaterra vindo de um “porto”. E em defesa da minha teoria argumentei que era por isso que o nosso Néctar dos Deuses nunca foi apelidado em terras britânicas com “Oporto Wine” ou mesmo "Porto Wine", mas sim “Port Wine”. Germano Silva disse-me, sem rodeios, que não fazia nenhum sentido a minha teoria... e com todo o respeito que sempre me mereceu este Homem que desde sempre estudou e deu a conhecer a história da nossa Cidade como ninguém, eu, um pobre e simples curioso destas coisas do Vinho do Porto, calei-me... mas continuo na minha: O “porto” de Vinho do Porto, é um “cais de embarque”.


Alfredo Fontinha
David, estamos de acordo. O vinho não é do Porto, é de porto de embarque. É como as contas à moda do porto, não são do Porto, são do porto de desembarque. Abraço.
Tunes Jose
Vinho fino é o nome dele e há quem lhe chame generoso
Nuno MoreiraDiscordo tal como Germano
David RibeiroE pode-se saber porquê, Nuno Moreira?
Nuno MoreiraDavid Ribeiro o nome Port em muitas explicações/informações que por aí se podem ler nasceu por ser original do Porto da cidade do Porto. Dessa ambiguidade lexical e semantica sou dos que acredito que o nome ficou Port mesmo por ser referente à cidade do Porto, Invicta, Gloriosa.e.maravilhosa.
David RibeiroVou dar-te o benefício da dúvida, Nuno Moreira... mas nunca ouvi falar dessas "explicações/informações".
Nuno Moreira
David Ribeiro :- ) refiro-me às pesquisas que faço na net, e conversas informais com pessoas ligadas ao vinho do Porto. Tive alguns clientes de fotografia nesse específico ramo do vinho. Aliás, tendo notícias bem fundamentadas acerca deste pertinente assunto que aqui lançaste, voltarei com essa informação. Abraço e muita saúde.
Joaquim FigueiredoE provavelmente terá razão... faz sentido a sua teoria
Joao Moreira da SilvaO vinho do Porto, segundo sei não só era embarcado a partir da cidade do Porto mas também era aqui que era envelhecido e onde lhe era adicionado a aguardente para o tornar como é conhecido. Na minha modesta opinião
David RibeiroNão, meu querido amigo Joao Moreira da Silva... o benefício (adicionar a aguardente) sempre foi feito no Douro, após a pisa, para se parar a fermentação. O envelhecimento é que era feito nos armazéns em Gaia.
Hipólito Ponce De Leão
David Ribeiro certo
Joao Moreira da SilvaCaro David Ribeiro provavelmente tem toda a razão. Estava convencido que o acto de pôr o benefício, foi introduzido já no Porto, para que o vinho aguentasse a viagem de barco para as ilhas Britânicas. Abraço
Jose RiobomTraduzindo para Português a designação Inglesa "port Wine" dá para as duas opiniões, sendo uma espécie de enigma "qual nasceu primeiro ?? O ovo ou a galinha??" senão vejamos o que nos diz o Cambridge Dictionary. "Translation of port – English–Portuguese dictionary - port - TOWN - a town by the sea or by a river that has a harbour, or the harbour itself. porto - a naval/fishing/container port - We had a good view of all the ships coming into/leaving port. More examples: The pipeline was constructed to transport oil across Alaska to ports on the coast. During the 18th and 19th centuries the village was a bustling river port. This is one of the furthermost ports of northern Europe. The Estonian port of Tallinn was blockaded for a time by Soviet warships. At the port she managed to get a passage on an outward-bound ship. (Translation of port from the Cambridge English-Portuguese Dictionary © Cambridge University Press) Translation of port | GLOBAL English–Portuguese Dictionary. port - an area of water in a coastal city where boats and ships come in from the ocean. porto [masculine] - a fishing port um porto de pesca; the port authorities as autoridades do porto; the historic port of Liverpool o histórico porto de Liverpool; The ship is in port for repairs. O navio está no porto para reparos. vinho do porto [masculine] - a glass of port uma taça de vinho do porto. Como podem verificar a palavra/nome "Port" em Inglês dá para tudo... para ambos os lados... completamente "hermafrodita... Assim quem nasceu primeiro??? Penso que o Porto (cidade) o porto (Ribeira) terão nascido antes do Porto (Vinho) pelo que os primeiros terão dado o nome ao último?? Posso estar errado mas...
Rui Lima
Produzido no Douro zona da Régua. Gaia e não Porto servia de armazém e alguns cascos também envelheciam por aqui. Conhecido no Douro por vinho fino ou generoso mais tarde a designação de Vinho do Porto ou Porto Wine. Mais apreciado no estrangeiro que em Porto ou Portugal... nunca entendi. Posto isto vou beber um Taylor's...
Júlia Moura Lopesé óbvio que concordo consigo!
Serafim Nunes
Nunca tinha pensado no assunto… mas provavelmente tem razão. Essas prima donas raramente têm a humildade de perante uma boa dúvida (e a sua é) pararem para pensar. De facto é estranho que os ingleses não lhe tivessem chamado Oporto wine em vez de Port Wine. O problema é que também chamamos “mestre” a torto e a direito. Temos demasiadas vacas sagradas.
António Conceição
Serafim Nunes, não sei quem tem razão nesta contenda, mas chamar "prima dona" a Germano Silva significa apenas que não faz ideia alguma de quem seja Germano Silva. 
Serafim NunesAntónio Conceição está enganado. Não sei o que conhece dele, mas conheço o suficiente para não me surpreender com a resposta que deu. Eu também acha que o que aqui foi dito é mentira?! 
António ConceiçãoSerafim Nunes, sobre a origem do Port Wine? Não tenho conhecimentos para me pronunciar. Mas presumo que todos os vinhos estrangeiros que chegavam a Inglaterra eram embarcados em algum porto, ficando assim por esclarecer por que razão só o do Porto era referido como sendo embarcado num porto.
Serafim NunesAntónio Conceição não, sobre o Germano e a sua observação. 
Luis BarataTambém. Não fosse o Porto um porto e por aí recebeu o nome. Mas afinal antes de ser do porto ou do Porto como se chamava?! Vinho fino, do Douro, do rio. 
Jorge Saraiva
Todos o vinhos que chegavam a Inglaterra o faziam por mar, idos, portanto, de diversos portos. Só um tipo de vinho era do Porto.
Jorge Veiga
E o vinho com gás, é o Aeroporto.
Da Mota Veiga Suzette
Um vinho tão prestigiado e não se sabe a verdadeira história?
David AlmeidaDavid Ribeiro permita-me discordar da sua teoria! Por essa ordem de ideia, o 'Madeira' designaria o quê? (sendo, muito provavelmente, ainda mais antigo por essa Europa fora)
Joaquim DinizTem toda a lógica vou pelo seu lado
Maria Vilar de Almeida
Concordo com a teoria do Davidzinho... não sei se é a correcta mas, que tem muito mais lógica... lá isso tem! 😎
Raul Vaz Osorio
David, considerando que a Grã Bretanha é uma ilha e que nela, até muito recentemente, nunca tinha crescido uma videira, então ao longo de toda a história britânica, TODO o vinho que ali entrava vinha de barco e de um qualquer porto. Porque haveria então essa designação de ser exclusivamente aplicada ao nosso vinho do Porto e não a todos os outros? Eu vejo-me obrigado a repetir a sentença do Germano: a sua teoria não faz sentido. E já agora, faça-me o favor de não subestimar a sobranceria dos britânicos, que nunca tiveram qualquer dificuldade em tudo alterar para sua conveniência. Essa sim, é uma explicação sólida para a contracção de Oporto para Port wine, muito mais fácil de dizer.
Manuel MatosSerá por isso que em Inglaterra QUALQUER vinho importado e vindo em barco é "Vinho do Porto" seja qual for a sua proveniência? Valha-me Deus...



Publicado por Tovi às 08:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 18 de Fevereiro de 2023
Exportação de Vinho do Porto a granel

Captura de ecrã 2023-02-15 095259.jpg 

"...conduzia um camião-cisterna com 30 mil litros de vinho do Porto." A propósito desta notícia do dia 15 deste mês... estava convencido que ainda vigorava a regulamentação que não permitia exportação de Vinho do Porto a granel. Já perguntei ao IVDP se está ou não em vigor... vou esperar a resposta.

E a resposta foi rápida, simpática e esclarecedora:
transferir.png
Exmo. Senhor,
Por indicação do Senhor Presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP,IP) Professor Doutor Gilberto Igrejas, e em resposta ao email infra informamos que não é permitido o transporte a granel de vinho do Porto para fora da Região Demarcada do Douro, pelo que confirmamos que a proibição de expedição/exportação de vinho do Porto a granel se mantém.
Realçamos, ainda, em face da notícia publicada, que estamos em contacto com as autoridades competentes para apurar a veracidade da informação.
Com os melhores cumprimentos,

 

 

  Não tem nada a ver com o assunto deste post, mas...
A Unidade de Ação Fiscal (UAF) da GNR apreendeu 3730 litros de vinho do Porto, por introdução fraudulenta no consumo de bebidas alcoólicas, no concelho de Peso da Régua, foi esta quarta-feira [15fev2023] anunciado. No âmbito do processo, segundo fonte da GNR, um homem de 57 anos foi constituído arguido. Através do Destacamento de Ação Fiscal (DAF) do Porto, a GNR investigava há dois anos a introdução fraudulenta ao consumo, tendo realizado na terça-feira [14fev2023] uma operação policial que culminou no cumprimento de quatro mandados de busca. As buscas decorreram numa residência, num armazém e em duas viaturas e resultaram na apreensão de 3730 litros de vinho do Porto. De acordo com a GNR, o valor das bebidas alcoólicas apreendidas ascende a 22.380 euros, sendo que a sua comercialização ilícita teria causado um prejuízo ao Estado em sede de Imposto sobre o Álcool e Bebidas Alcoólicas (IABA) num valor de 2909 euros. A Guarda disse que os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Peso da Régua.



Publicado por Tovi às 07:52
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 17 de Janeiro de 2023
Notícias de ontem que me fizeram pensar


Captura de ecrã 2023-01-16 152555.jpg
É obvio que Rui Rio tem toda a razão no que foi hoje reivindicar a Miranda do Douro, mas é triste que só venha a terreiro neste caso lamentável da venda das barragens da EDP à Engie, quando muito vai mal no Terreiro do Paço e o PSD não apresenta uma oposição válida e credível.
  
Jorge Ferreira
Deve achar que são tudo casos e casinhos! Ou então não quer que lhe perguntem sobre o seu amigo de Espinho.
Bernardo Sá Nogueira MergulhãoJorge Ferreira ou... é serio.
Jorge Ferreira
Bernardo Sá Nogueira Mergulhão ver tanto saque ao estado e não dizer nada também não é sério!
Bernardo Sá Nogueira Mergulhão
Jorge Ferreira??? Se há pessoa que fala há anos do estado do país e partidos, é ele... a questão é se lhe dão ouvidos.. ou mais grave, já foram tomados por gente pouco séria. O ataque que sofreu por querer atacar interesses instalados dentro de PSD foi revelador, pelo menos para mim.
Bernardo Sá Nogueira MergulhãoFaz falta a sua seriedade na forma de fazer política... uma das pessoas que mais chamaram a atenção para este caso no parlamento.presente: silêncio... isto devia ser o papel dos políticos, mas está-se a tornar utopia.
David Ribeiro - Oh pá!... Rui Rio nem os social democratas o querem no partido.
Bernardo Sá Nogueira MergulhãoDavid Ribeiro pois... O que diz muito do estado do partido e do país, já agora.
Júlio Gouveia
O PSD não tem ninguém com capacidade suficiente. Se o Rio já era mau este é péssimo. E o PS a rir-se

 


Captura de ecrã 2023-01-16 152740.jpg
Se os artigos furtados fossem pão para matar a fome ou leite para dar a criancinhas pequenas, seguramente não era notícia. E bem, porque os comerciantes pagam impostos, por vezes lutam com dificuldades para poderem pagar salários ao fim-do-mês e tudo que lhes é "gamado" sai do hipotético lucro.

 


Captura de ecrã 2023-01-16 152859.jpg
Sem dúvida que é necessário "mais rapidez na resolução dos problemas dos professores e maior eficácia no PRR". É certo que o PS goza de uma confrangedora falta de oposição séria e credível, mas cuidado que as coisas podem mudar mais depressa que o diabo esfrega um olho.

Fernando Peres
Caro David , não haver oposição é desculpa para um governo? Não existe um programa?
David RibeiroClaro que não é desculpa, Fernando Peres, mas lá temos que nos resignar ao atual Governo de António Costa, por mais que isso nos custe.



Captura de ecrã 2023-01-16 154835.jpg
Como o Município não tem competências no combate ao tráfico, a proposta endereçada ao Governo sugere "que o Ministério da Administração Interna determine este crime de investigação como prioritário, nos termos da lei de política criminal".

 


324938964_483599997278445_3782672837531183259_n.jp
Rua de Alexandre Braga já é pedonal... e está linda, sim senhor.
  
Gilberto Santos
Só faltam as árvores....
Alfredo Solteir
Gilberto Santos, concordo. É uma falha nesta cidade, árvores nas ruas, e não apenas em jardins ou parques. A rua de Sá da bandeira é uma bela exceção.
Joaquim Figueiredo
Ainda ficaria mais bonita se reabilitassem os prédios

 

 
vinho-quente-receita-01.jpgE hoje, terça-feira 17jan2023, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) informou que a precipitação, as baixas temperaturas e a intensidade do vento vão favorecer a formação de gelo e geada e causar um "desconforto térmico elevado", enquanto a agitação marítima sofrerá um agravamento progressivo a partir de hoje. Vai daí eu já me vou prevenir... e preparar um Vinho do Porto Quente.
Ingredientes: ½ litro de Vinho do Porto de boa qualidade; ½ cálice de aguardente velha; 1 colher (sopa) de mel; 1 chávena (café) de passas; 1 chávena (café) de corintos; 1 pau de canela.
Preparação: Deite o Vinho do Porto num tacho; Em seguida, leve-o ao lume e vá adicionando os ingredientes pela ordem indicada na listagem; Mexa muito bem até levantar fervura e sirva.



Publicado por Tovi às 08:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 1 de Janeiro de 2022
Bom Ano 2022

  Entrei bem em 2022... Enquanto todos cá em casa festejavam o Ano Novo com Espumante e Uvas Passas eu fiquei-me pelo VINHO DO PORTO QUENTE, que desde a ceia de ontem me acompanhou até às doze badaladas.

 

vinho-quente-com-vinho-do-porto.jpg
Ingredientes: 0,5 litro de Vinho do Porto (Tawny 10 anos); 1/2 cálice de aguardente velha; 1 colher de sopa de mel; 1 chávena de café de passas; 1 chávena de café de corintos; 1 pau de canela.
Preparação: Deite o vinho do Porto num tacho; Em seguida, leve-o ao lume e vá adicionando os ingredientes pela ordem acima referidos; Mexa muito bem até levantar fervura e sirva.
  
Chico Gouveia - esta receita é melhor: um litro de vinho do Porto, uma garrafa de aguardente, mel, canela, um limão, açúcar mascavado e cominhos. Depois prepara-se assim: junta-se o vinho do Porto à aguardente. Guardam-se todos os restantes ingredientes na despensa. Mexe-se e bebe-se mesmo frio.

 

  Vocês ainda cumprem a tradição da cuequinha azul na Passagem de Ano?... Eu cá usei estas… foi para dar sorte.
transferir.jpg

  Jorge Veiga - Então não são CuEcas. São Euro Ecas!

 

  Faz hoje 154 anos...
jan.jpg



Publicado por Tovi às 07:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 14 de Outubro de 2021
Germano Silva fez ontem 90 anos

Captura de ecrã 2021-10-13 091834.jpg

P a r a b é n s ! . . .
O grande historiador GERMANO SILVA fez ontem 90 anos!... Um portuense - Doutor Honoris Causa pela Universidade do Porto - que dedicou toda a sua vida a estudar o PORTO, desvendando segredos e mistérios da cidade que todos amamos.
 
Há cerca de uma dúzia de anos, numa conversa informal com Germano Silva tive a ousadia de lhe apresentar uma minha teoria sobre a origem da expressão “Port Wine”. De uma forma muito educada deu-me a entender que o que eu defendia não tinha razão de ser. Aceitei… mas ainda hoje tenho dúvidas se não terei razão.
É isto que eu defendo:
Na expressão britânica “Port Wine”, no meu entender, mas com pouca base científica ou histórica em que me possa basear, ‘Port’ não se refere à cidade do Porto, mas sim a ‘porto de embarque’, tendo em consideração que este vinho era considerado enologicamente, até cerca de 1756, um 'vinho de embarque' [in "AEVP – Associação das Empresas de Vinho do Porto / Enologia"].
 
  Rui Lopes A. D'Orey - Concordo nessa tese, até porque a região do “port wine” é extensa.
  Luiz Paiva - Port wine vs Oporto wine... e nem sequer é do Porto... 😎
  Fernando Gomes - David Ribeiro... A sua teoria é partilhada por muitos estudiosos em todo o mundo. Até porque a expressão é utilizada em montes de portos por todo o mundo referindo-se a "vinho de embarque".


Publicado por Tovi às 07:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 10 de Agosto de 2021
Vinho do Porto com novas Categorias

EV_18_-_Porto_de_sonho_(62)_artigo.jpg

O Conselho Interprofissional do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP) decidiu que o Vinho do Porto contará com novas categorias especiais. Serão elas o Vinho do Porto Tawny 50 anos e Vinho do Porto Branco 50 anos, a que se junta, para os vinhos com mais de 80 anos, a categoria Very Very Old Tawny Port. Esta decisão vem assim atualizar o regulamento 242/2010, que estabelece o regime aplicável à proteção e apresentação das denominações de origem Porto e Douro e da indicação geográfica Duriense. A decisão vem ao encontro das tendências mais recentes do mercado de Vinho do Porto, com a crescente valorização e notoriedade dos vinhos mais velhos. Segundo dados do IVDP, nos primeiros seis meses de 2021 foram vendidas cerca de 3,5 milhões de caixas (correspondentes a 31,5 milhões de litros) de Vinho do Porto, no total de 152,7 milhões de euros, o que representa o crescimento de 19,1% em volume e 24,8% em valor face ao período homólogo de 2020. 



Publicado por Tovi às 07:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2020
LBV 2013 da Ramos Pinto

ramos-pinto-lbv-late-bottled-vintage-750ml.jpg

Ena pá!... Está um espanto este Late Bottled Vintage 2013 da Ramos Pinto.

 

   Porto Late Bottled Vintage (LBV)
É um Porto Ruby de um só ano, selecionado pela sua elevada qualidade, engarrafado depois de um período de envelhecimento de entre quatro a seis anos. A maioria está pronta a ser consumida na altura da compra, mas alguns continuam o seu envelhecimento em garrafa. O Porto LBV apresenta cores vermelho rubi intensas, é muito encorpado e rico na boca e tem a particularidade de estilo e personalidade de um vinho de uma só colheita.



Publicado por Tovi às 15:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 3 de Setembro de 2020
Cocktail Caipi Porto

v porto branco.jpg

Sugestão de cocktail com Vinho do Porto Branco

 Ingredientes:
60 ml de Vinho do Porto Branco
4 fatias de lima
2 colheres de açúcar amarelo
gelo moido



Publicado por Tovi às 10:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 21 de Março de 2020
Será que também dá para o COVID-19?...

680_75_1.jpg

VINHO DO PORTO QUINADO – [Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre] - O vinho quinado é uma espécie de vinho (geralmente baseada no Vinho do Porto) prevalente em Portugal e no Brasil, ao qual foi adicionada a quinina, pelo que recebe propriedades terapêuticas relacionadas ao tratamento da febre, da malária e da falta de apetite.

 

  Revista de Vinhos - nov2018

O vinho quinado teve no passado grande prestígio, principalmente o Vinho do Porto Quinado. Este vinho “tem uma gloriosa história que remonta ao século XVII”, refere o historiador Joaquim Gonçalves Guimarães na publicação Douro – Estudos e Documento, vol. VII: a arte de artificiar os vinhos.  
Vinho licoroso ao qual se adiciona uma pequena quantidade de quinina, substância extraída da casca seca das quineiras ou quinquinas, o vinho Quinado, já era usado na América Latina quando os europeus ali chegaram, conta Joaquim Guimarães. Os jesuítas terão percebido a sua eficácia no tratamento da malária, pensando-se que a quinina terá sido trazida do Perú para Portugal e depois Espanha. 
Em meados do século XIX, Portugal tenta cultivar quineiras em várias colónias, mas só tem sucesso em S. Tomé, sendo o quinino aí extraído todo absorvido pelo mercado nacional para a preparação de vinho de quina. Percebe-se, portanto, que as casas do Douro, exportadoras de vinhos para África e Brasil, tenham criado os seus quinados e que este vinho artificializado seja uma memória quase mítica em alguns desses países. 



Publicado por Tovi às 07:06
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 5 de Fevereiro de 2020
Epidemia de Coronavírus

84902817_10216473303012980_504728313059606528_o.jp

Em caso de sintomas que possam indiciar contaminação por CORONAVÍRUS 2019 nCoV deve ligar para a linha SNS 24 – através do número 808 24 24 24.

  Mas como ação preventiva aconselho a seguinte receita:

Para EPIDEMIA (doença que se espalha por contágio) - Macere em 1 litro de vinho do Porto, durante 3 dias, 60 g de raízes e folhas frescas partidas de angélica (angelica archangelica). Agite todos os dias. Filtre. Tome 2 colheres de sopa 3 vezes ao dia. (in “Vinhos Medicinais” de Cunha Simões)



Publicado por Tovi às 08:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 10 de Agosto de 2019
Rodrigues de Pinho... do Vinho do Porto Rainha Santa

Um grande amigo fez-me chegar estes recortes do periódico ovarense "João Semana" de 1 de agosto de 2019.... é para o meu arquivo sobre Vinho do Porto.

Vinho Porto Rainha Santa 1.jpg

Vinho Porto Rainha Santa 2.jpg

Vinho Porto Rainha Santa 3.jpg

 



Publicado por Tovi às 10:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 23 de Dezembro de 2017
Porto Eufemia Rosé

quinta-santa-eufemia-port-rose-wine-.jpg

Há muito que decidi que os meus comentários sobre vinhos só incidiriam sobre os “muito bons” ou sobre os “muito maus”, pois todos os outros, os normais, não cumpriam mais do que a sua obrigação. E isto vem a propósito do Porto Eufemia Rosé (Soc. Vit. Quinta Santa Eufêmia Lda – Parada do Bispo) que se bebeu ontem cá em casa e que só por muito especial favor o consigo incluir no Néctar dos Deuses produzido com fruto das videiras durienses e que mãos sábias sabem transformar no melhor vinho fortificado do Mundo. Há coisas que ainda me custam a engolir… e este “rosé” é uma delas.



Publicado por Tovi às 14:53
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 2 de Julho de 2017
BOPLAAS The Chocolate Cape Vintage Port 2010

BOPLAAS The Chocolate Cape Vintage Port 2010.jpg

Um jovem Amigo meu, sabendo que sou um apaixonado pelo Vinho do Porto, trouxe-me da África do Sul uma garrafa de BOPLAAS The Chocolate Cape Vintage Port 2010, claramente uma “coisa” feita à moda do nosso Néctar dos Deuses e que nem é bom nem é mau… é uma coisa que se bebe, se nunca tivermos provado um verdadeiro Port Wine. Mas só bebendo aquilo que grandes Amigos nos fazem chegar dos mais recônditos lugares do Mundo conseguimos entender a necessidade imperiosa da protecção de marcas e origens protegidas. Já não é a primeira contrafacção de Vinho do Porto que levo aos lábios… e cada vez estou mais convencido da necessidade de fazermos chegar a todo o lado o que é aquilo que se faz com uvas das vinhas do Douro, de uma forma secular e muito nossa e que só nós sabemos envelhecer em cascos de carvalho.

E já agora: A minha mulher não gostou nada… diz ela que nem para temperar um Peru no Forno esta coisa servia.

 

   Comentários no Facebook

«Alexandra Magalhães» - Vi este vinho em Moçambique no supermercado Sul Africano [Emoji smile:)] engraçado agora vê-lo aqui [Emoji smile:)]

«Jorge Veiga» - Tenho conhecimento de vários, mas nunca os provei. É preciso e urgentemente de proteger o nosso Vinho do Porto como os outros protegem o champagne, o whyskey, etc

«Cristina Vasconcelos Porto» - David Ribeiro, porque não mostra esta garrafa na pagina do Instituto do Vinho do Porto? Eles deveriam fazer alguma coisa sobre o assunto...

«David Ribeiro» - Pois é minha querida amiga Cristina Vasconcelos Porto (a minha idade já me permite tratar todas as mulheres por “queridas”)… Mas o compromisso aprovado em finais de 2005 pelo conselho de ministros da Agricultura da União Europeia, com os votos contra de Portugal, Alemanha e Áustria e a abstenção da Grécia, permitiu a utilização das expressões tradicionais exclusivas do Vinho do Porto, podendo passar a ser usadas em todos os vinhos, inclusive os de mesa. Merdices da União Europeia.

«Cristina Vasconcelos Porto» - Esteja à vontade com esse tratamento. A minha idade também já o permite recebê-lo sem problemas [Emoji smile:)]. Desconhecia esse compromisso! Será que também podemos utilizar da mesma forma as denominações Champagne, whisky e brandy?

«David Ribeiro» - Mas nós somos GENTE SÉRIA, Cristina Vasconcelos Porto e não fazemos dessas coisas… mas há quem não mereça a nossa seriedade.

«Cristina Vasconcelos Porto» - Tem toda a razão!

«Jorge Veiga» - e uma campanha a nivel (quase) mundial a dizer que o Porto só é Porto se for de Portugal?

«David Ribeiro» - Tem-se feito, Jorge Veiga… mas AINDA não chegamos a todos os poderosos da produção vinícola mundial. Já vi e provei “Port Wine” feito na Índia com uvas da casta Merlot, embalado – IMAGINEM - em bag-in-box de três litros.

«Manuel Almeida» - Podem dar as voltas que quiserem: O MELHOR VINHO VERDE DO MUNDO É PORTUGUÊS. Assim como o "único" "VINHO DO PORTO" também é Português.

«Jorge Veiga» - Pois, mas é preciso que os outros (os de lá de fora) saibam isso...

«Joao de Faria-lopes» - Mas eh coisa que se faca comparar VINHO DO PORTO com qualquer outra coisa? Soh um insano o faria. Digo eu!

«David Ribeiro» - Sem dúvida, meu caríssimo Amigo. Não se pode comparar o VERDADEIRO com uma cópia, por mais perfeita que seja.



Publicado por Tovi às 14:09
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 27 de Março de 2017
Porto Cálem Special Reserve

PB161478.jpg

Para acompanhar a sobremesa do jantar de ontem, uns simples mas muito saborosos Biscoitos Húngaros, abriu-se cá em casa uma garrafa de Porto Cálem Special Reserve, produzido e engarrafado por Sogevinus Fine Wines SA, um “Vinho Fortificado” de cor castanha-aloirada, com aromas a frutos secos e especiarias, um vinho aveludado e equilibrado, ideal para acompanhar doces.

E que bom é ficar á mesa a bebericar um “Porto” e a conversar com a família.



Publicado por Tovi às 11:26
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim
Descrição
Neste meu blog fica registado “para memória futura” tudo aquilo que escrevo por essa WEB fora.
Links
Pesquisar neste blog
 
Março 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Já estou em modo "comezai...

Digam lá se tenho ou não ...

Exportação de Vinho do Po...

Notícias de ontem que me ...

Bom Ano 2022

Germano Silva fez ontem 9...

Vinho do Porto com novas ...

LBV 2013 da Ramos Pinto

Cocktail Caipi Porto

Será que também dá para o...

Epidemia de Coronavírus

Rodrigues de Pinho... do ...

Porto Eufemia Rosé

BOPLAAS The Chocolate Cap...

Porto Cálem Special Reser...

Um “hostel” nas caves da ...

114.900 pipas de Vinho do...

O Vinho do Porto está na ...

Nunca se exportou vinho t...

Boas notícias para o Dour...

Arquivos
Tags

todas as tags

Os meus troféus